Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2008

Funcionário de empresa terceirizada da Petrobras e amigo de vítima desabafa

O funcionário sustenta que o helicóptero Super Puma L2 não realizou pouso forçado no acidente.

Segundo J., houve falha no rotor da cauda da aeronave.



Reportagens de Diogo Dantas e André Zahar

Rio - Um funcionário terceirizado da Petrobras, amigo e companheiro de plataforma de Marcelo Manhães dos Santos, afirmou em entrevista exclusiva ao O Dia Online que vai se desligar de sua empresa com medo de perder outros colegas e para preservar a própria vida. Marcelo Manhães foi a primeira vítima fatal a ser identificada após a queda de um helicóptero nesta terça-feira, quando decolava da plataforma P-18, na Bacia de Campos, com destino ao aeroporto de Macaé.

J., que falou sob a condição de não ter a identidade revelada, denunciou diversas irregularidades nos procedimentos de vôo entre aeroporto e plataforma, e contou que precisou perder um amigo para ter força para tornar públicos os erros que passam em frente aos seus olhos.

"Não quero ver nenhum amigo passando por isso. Muito menos eu. Já e…

Pane em rotor pode ter causado tragédia

Helicóptero com funcionários da Petrobras rodou sobre seu eixo e caiu um minuto após decolagem da plataforma P18



Francisco Edson Alves e Diogo Dantas

Rio - Pane no rotor do helicóptero Super Puma prefixo PP-MUM, da empresa Brazilian Helicopter Service (BHS), pode ter sido a causa de sua queda, que matou pelo menos três pessoas na Bacia de Campos, Norte Fluminense, terça-feira. Ainda há dois desaparecidos.

Um minuto após partir da plataforma P18 rumo a Macaé, a aeronave começou a soltar fumaça na cauda e a girar em torno de seu próprio eixo, segundo relato de funcionário que viu o acidente. A queda foi a 280 m dali. Já foram reconhecidos os corpos de Marcelo Manhães dos Santos, 27, técnico de segurança da Sparrows BSM Engenharia, e de Durval Barros da Silva, da De Nadai Serviços de Alimentação. A Petrobras crê em falha mecânica. A BHS espera laudo para definir o motivo da tragédia.

“Logo após decolar, o helicóptero começou a dar piruetas, caiu na água e se destroçou. Ficamos abraçados, boi…

Piloto evitou tragégia ao acionar flutuadores de helicóptero

MACAÉ (RJ) - A queda do helicóptero Super Puma da empresa BHS, que prestava serviço às plataformas da Petrobras, terça-feira à tarde, não se tornou uma tragédia maior por causa da habilidade do piloto Paulo Roberto Veloso Calmon - 30 anos de brevê e há 20 servindo na Bacia de Campos. Foi Calmon quem conseguiu amenizar a queda da aeronave acionando, em menos de um minuto após ter levantado vôo, os flutuadores.

Apesar disso, ao chocar-se com o mar a 280 metros da Plataforma P-18 - localizada a 109 quilômetros de Macaé -, o aparelho partiu-se em pelo menos duas partes, o que possibilitou a 15 dos passageiros escaparem da cabine e serem resgatados em alto-mar. Já o comandante Calmon não teve a mesma sorte: até ontem à tarde permanecia desaparecido.

Oficialmente, no acidente morreram três pessoas. O primeiro a ser identificado foi o técnico em segurança do trabalho da empresa Sparrows BSM Engenharia, Marcelo Manhães dos Santos, resgatado em alto-mar já morto. Ele foi enterrado no fim da tard…

Quedas em alto mar

Da Redação

O acidente de ontem é o terceiro com helicópteros da empresa BHS a serviço da Petrobras. Em 5 de julho de 2003, um Sikorsky S-76A, prefixo YVM, caiu enquanto fazia o transporte de passageiros entre plataformas na Bacia de Campos. O desastre ocorreu quando o helicóptero se aproximava do navio de apoio Toisa Mariner, onde deveria pousar. A hélice do aparelho bateu no mastro, fazendo com que o comandante perdesse o controle. O helicóptero caiu na água, próximo à plataforma P-33. Cinco pessoas morreram.

Um ano depois, em 22 de julho de 2004, outro acidente. Novamente um modelo Sikorsky S-76A, prefixo MYM, da BHS, decolou do farol de São Tomé, no litoral de Campos, rumo à plataforma P-31. Após escala no campo de Roncador, o aparelho sofreu uma pane e explodiu. Dos 11 tripulantes, seis morreram. A BHS é a segunda maior empresa de táxi-aéreo no país e presta serviços à Petrobras há 12 anos.

Acidentes de menores proporções, com outras companhias, marcaram o ano de 2002 na Petrobras. N…

Anac amplia desconto em vôos na América do Sul

Redução permitida nos preços sobe de 30% para 50% dia 1º e, em junho, vai a 80%. Em setembro, restrição acaba



Mônica Tavares

BRASÍLIA. Os descontos nos preços das passagens aéreas para 12 países da América do Sul - Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela, Guiana, Guiana Francesa e Suriname - poderão ser maiores a partir de março. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou que o desconto suba de 30% para 50%, no sábado, e para 80% em 1º de junho. O objetivo é que não haja qualquer tipo de restrição a partir de 1º de setembro. A Anac espera que a medida beneficie o consumidor brasileiro com a queda das tarifas aéreas na região.

Segundo o diretor da Anac Ronaldo Seroa Motta, o próximo passo será a liberdade tarifária nos vôos para a Europa.

Até o fim deste ano, explicou, a agência publicará uma resolução com os critérios para que a medida se concretize.

Bilhete para Buenos Aires chegará a US$75,80

- O segundo mercado mais importante, e onde já…

Pedido de pilotos do Legacy de responderem a processo nos EUA tem novo relator

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) designou uma nova relatora para o pedido dos pilotos do jato Legacy de responder à Justiça brasileira nos EUA. Jean Lepore e Jan Paul Paladino, os dois pilotos do jato Legacy que se chocou com um Boeing da Gol em setembro de 2006, pedem no habeas corpus que um juiz brasileiro vá aos Estados Unidos para ouvir os depoimentos deles. Os pilotos alegam que não têm dinheiro para arcar com os custos da viagem ao Brasil. O choque entre o avião e o Legacy, em 29 de setembro de 2006, causou a morte de 154 pessoas -- 148 passageiros e seis tripulantes do Boeing --, na maior tragédia da aviação brasileira até então. Todos os ocupantes do jato escaparam ilesos depois que o Legacy pousou em uma base da Aeronáutica. A justificativa do STJ para sortear um novo relator é a de que o pedido havia sido remetido de forma direta ao ministro Paulo Gallotti, sem distribuição. Gallotti já aprecia um conflito de competência -- dois juízos se declarando competentes para jul…

Petrobras mantém buscas a 4 desaparecidos em acidente no Rio

A Petrobras mantém na madrugada desta quarta-feira as buscas do helicóptero que transportava funcionários da empresa e fez um pouso forçado no mar, na tarde desta terça (26). Ao menos uma pessoa morreu e quatro continuam desaparecidas. O acidente ocorreu por volta das 16h15 desta terça-feira (26), a 109 km da costa, logo após decolar da P-18 -- no campo de Marlim, bacia de Campos -- com destino a Macaé, no Rio de Janeiro. Segundo a estatal, os trabalhos de resgate estão em andamento com 13 embarcações desde ontem. Três helicópteros de prontidão na área. A Marinha também participa da operação. Vinte pessoas (três tripulantes e 17 passageiros) estavam na aeronave (um Super Puma prefixo PP-MUM) no momento do acidente. Quinze ocupantes foram resgatados com vida. De acordo com o Corpo de Bombeiros de Macaé, um corpo foi levado para o Hospital Público de Macaé. As 15 pessoas resgatadas retornaram à plataforma.
Os bombeiros, que foram acionados pela empresa para ficar de prontidão na cidad…

Petrobras confirma morte em acidente com helicóptero; 4 são procurados

A Petrobras confirmou na noite desta terça-feira a morte de um ocupante do helicóptero que transportava funcionários da empresa e fez um pouso forçado no mar, na tarde de hoje. O nome da vítima não foi divulgado, nem sua função -- se era funcionário da empresa ou tripulante. O acidente ocorreu por volta das 16h15 de hoje, a 109 km da costa, logo após decolar da P-18 -- no campo de Marlim, bacia de Campos -- com destino a Macaé (RJ).
Vinte pessoas (três tripulantes e 17 passageiros) estavam na aeronave (um Super Puma prefixo PP-MUM). Quinze foram resgatadas vivas e quatro permanecem desaparecidas. Os bombeiros foram acionados pela empresa para ficar de prontidão na cidade, à espera das vítimas do acidente. Segundo a estatal, os trabalhos de resgate estão em andamento com 13 embarcações e três helicópteros de prontidão na área. A Marinha também participa da operação. Segundo a FAB (Força Aérea Brasileira) o tempo era ruim no local na hora do acidente. A Petrobras afirma, em nota, que …

Viracopos será o maior aeroporto do hemisfério sul, anuncia Infraero

O presidente da estatal afirmou em Campinas que o aeroporto é a opção mais viável para o tráfego de São Paulo



O presidente da Infraero, Sérgio Gaudenzi, afirmou nesta quinta-feira (21/02) que Viracopos será o maior aeroporto do hemisfério sul daqui a 30 anos. Gaudenzi esteve na prefeitura da Campinas para assinar com o município um termo de cooperação mútua que permitirá a desapropriação de uma área de 11,93 km² onde será construída a segunda pista de pousos e decolagens, principal obra prevista no desenvolvimento do aeroporto. “Nos próximos 30 anos Viracopos poderá receber de 85 a 90 milhões de passageiros por ano”, disse Gaudenzi.

Em 2007, passaram pelo aeroporto cerca de 955 mil pessoas. Ainda de acordo com ele, a Infraero concentrará esforços na ampliação do aeroporto já que o considera tecnicamente a opção mais viável para absorver o futuro tráfego da área terminal de São Paulo. “O próprio presidente Lula nos pediu para desenvolver Viracopos, que no futuro deverá operar com até qua…

Secretaria ataca proposta da Anac para desafogar SP

Medidas envolveriam alta de tarifas em aeroportos de SPMAELI PRADO DA REPORTAGEM LOCAL As medidas propostas pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) para resolver o congestionamento dos aeroportos de São Paulo foram criticadas em parecer emitido pela Seae (Secretaria de Acompanhamento Econômico), órgão do Ministério da Fazenda.As medidas sugeridas pela agência reguladora envolvem aumentar as tarifasa aeroportuárias que as companhias aéreas pagam para permanecer nos aeroportos de Cumbica e Congonhas, em São Paulo, e reduzir as tarifas do aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro.Essa seria uma forma de criar um estímulo para as empresas utilizarem mais o aeroporto carioca, que é subutilizado.Em um documento de 20 páginas, a Seae afirma que as medidas "possivelmente" contribuirão para desviar o tráfego aéreo dos aeroportos de São Paulo, mais congestionados, para o Rio. Mas critica o fato de a agência não ter feito, na proposta, considerações sobre as conseqüências das medid…

OceanAir lidera reclamações no Carnaval

EM RECIFEA empresa aérea OceanAir foi responsável pelo maior índice de atrasos e reclamações de passageiros nos aeroportos brasileiros no Carnaval. Segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), 27% dos vôos da companhia atrasaram mais de uma hora no período. A Gol ficou em segundo lugar, com média de 7%, seguida pela Varig, com 6%, e pela TAM, com 5%.Detentora de 7% do mercado, a OceanAir ainda foi citada em 41% das 164 reclamações recebidas nos aeroportos de Congonhas (SP), Guarulhos (SP), Brasília (DF) e Galeão (RJ), nos três dias que antecederam o início do Carnaval.As informações fazem parte do primeiro balanço da Operação Carnaval da Anac, divulgado ontem em Recife (PE) pela diretora-presidente do órgão, Solange Vieira. Segundo ela, o percentual médio de atrasos foi de 8% no período carnavalesco -considerado "alto", mas melhor que os 11% registrados no final de 2007.A diretora-presidente da Anac, Solange Vieira, diz que punir as empresas aéreas por atrasos é difíc…

Pilotos do Legacy depõem nos EUA e negam ter desligado transponder

Lepore e Paladino ouviram dados da caixa-preta e responderam a questionário do CenipaOs pilotos norte-americanos Joseph Lepore e Jan Paul Paladino prestaram depoimento a agentes do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) nos Estados Unidos entre os dias 29 e 31 de janeiro. Eles negaram ter desligado o transponder (equipamento que alimenta o sistema anticolisão). Em 29 de setembro de 2006, eles comandavam o jato executivo Legacy que colidiu no ar com um Boeing da Gol. A queda do avião, em Mato Grosso, matou as 154 pessoas a bordo. Os pilotos foram ouvidos na sede do NTSB (National Transportation Safety Board), em Washington. Três representantes do órgão de investigação americano participaram do depoimento. Até então, eles haviam prestado informações ao Cenipa só por meio do NTSB. De acordo com nota da FAB (Força Aérea Brasileira), Lepore e Paladino ouviram as duas horas de gravação do áudio registrado pela caixa-preta da aeronave e responderam a um longo …

Acidente envolvendo avião e helicóptero mata duas pessoas na Austrália

em Sydney O piloto e o passageiro de um pequeno avião morreram no oeste da Austrália quando o aparelho se chocou no ar contra um helicóptero, cujos dois ocupantes sobreviveram, informou a imprensa local. A colisão ocorreu em uma zona remota do Parque Nacional de Kennedy, na Austrália Ocidental. Após o choque, as equipes de resgate conseguiram localizar as duas pessoas que viajavam no helicóptero. As duas sofreram apenas ferimentos leves. Os dois aparelhos participavam de um programa para reduzir a população de mais de 2,6 milhões de cabras selvagens, que causam problemas graves à agricultura e ao meio ambiente, segundo o Departamento de Agricultura e Pesca.

Avião com 46 pessoas some na Venezuela; buscas se intensificam

Um avião da companhia Santa Bárbara Airlines, com 43 passageiros e três tripulantes a bordo, desapareceu no final da tarde desta quinta-feira pelo Serviço de Resgate Aéreo (SAR) venezuelano no sudoeste do país. A operação de busca e resgate se intensificou na manhã desta sexta-feira."Recebemos um telefonema dos habitantes da região de Coyado del Cóndor, nos Andes venezuelanos, informando que o avião caiu na área", disse à agência de notícias France Presse o diretor da Proteção Civil (PC) de Mérida, Noel Márquez. "Os grupos de resgate estão a caminho para confirmar a informação", acrescentou Márquez, antes de informar que o local fica 4.750 metros acima do nível do mar, próximo ao lago La Pernada. O primeiro grupo de resgate partiu na noite de quinta-feira (21) de Mucuchíes, a uma hora da cidade de Mérida, 500 km ao sudoeste de Caracas. O alerta de desaparecimento foi emitido depois que o avião da Santa Bárbara Airlines não respondeu aos sinais dos controladores de…

Avião cai e deixa quatro mortos em Belo Horizonte

Um avião de pequeno porte caiu por volta das 9h deste sábado próximo ao parque das Mangabeiras, na zona sul de Belo Horizonte. Segundo informações preliminares do Corpo de Bombeiros, quatro pessoas morreram. O avião teria batido em uma montanha da serra do Curral. De acordo com testemunhas, o tempo estava muito nublado na hora do acidente. Seis equipes da corporação estão no local, incluindo um helicóptero, fazendo buscas e procurando focos de incêndio. As vítimas dos acidente ainda não foram identificadas. Ainda de acordo com os bombeiros, não há indícios de sobreviventes no local.

Governo russo dá OK à Alenia para aquisição de parte da SCAC

Através de decreto assinado por Vladmir Putin, o governo russo deu o OK à aquisição pela Alenia Aeronáutica, da Itália, de 25%, mais uma ação, da SCAC-Sukhoi Civil Aircraft Company, responsável pelo desenvolvimento e produção do jato regional russo Sukhoi Superjet 100 e por sua promoção e vendas na Rússia, países da Comunidade dos Estados Independentes, China, Índia, Oriente Medo e Sudeste da Ásia. Essa participação acionária é suficiente para que a Alenia Aeronautica indique cidadãos não-russos para a diretoria da empresa. O decreto presidencial vem em prosseguimento ao acordo assinado entre a Sukhoi e a Alenia no Salão Aeronáutico de Paris em 2007. A Alenia Aeronautica e a Sukhoi criaram também uma “joint venture” (51% da Alenia e 49% da Sukhoi) denominada Superjet International, sediada em Veneza, para a comercialização, vendas e entregas do Superjet 100 em todos os mercados ocidentais, bem como no apoio pós-venda em todo o mundo. A Superjet International é também responsável pelo …

Criador da JetBlue de olho no Brasil

Nascido no Brasil, David Neeleman chegou a conversar com a BRA para montar uma companhia aérea no PaísMariana Barbosa O empresário David Neeleman, fundador da companhia aérea americana JetBlue, está de olho no mercado brasileiro. A informação, que corre à boca pequena, está provocando alvoroço no setor – não faltam pretendentes querendo agendar encontros com Neeleman. Ainda que nenhuma consulta formal da parte de Neeleman tenha chegado à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), sua eventual entrada no mercado é vista com bons olhos pelo governo federal.Do ponto de vista brasileiro, não poderia haver investidor melhor. Neeleman tem tempo – deixou a presidência-executiva da JetBlue em maio de 2007 -, dinheiro - de lá para cá vendeu 23% de uma participação de 6% que tinha na empresa, embolsando quase US$ 30 milhões - e cidadania brasileira.Pode, portanto, dispensar laranjas e ser dono de 100% de uma empresa aérea no País. Hoje, a participação estrangeira é limitada a 20% do capital tota…

Varig muda plano para operação em rotas internacionais

Roberta Campassi Depois de retomar diversas rotas internacionais às pressas para conseguir manter o direito às rotas, no ano passado, a Varig inverteu a estratégia. Agora, a empresa vai suspender três importantes rotas internacionais e concentrar suas energias no Brasil e na América do Sul.A Varig anunciou na noite de terça-feira que suspenderá os vôos para Londres, a partir de 1º de março, e para Frankfurt e Roma, a partir do dia 29 do mesmo mês. São três das cinco rotas européias que a companhia retomou ou criou no segundo semestre do ano passado. A Varig, que foi comprada pela Gol em março de 2007, informou que vai continuar voando para Madri e Paris, na Europa, e para a Cidade do México, na América do Norte.A partir das suspensões, os maiores esforços da companhia aérea deverão ser no sentido de aumentar as taxas de ocupação nos vôos domésticos e sul-americanos. Durante o ano de 2007, os aviões da Varig decolaram com cerca de 53% dos assentos ocupados, enquanto a média das outras …

Vôo canadense é desviado após co-piloto ter "crise nervosa"

TORONTO - Um vôo da empresa Air Canada de Toronto para Londres desviou de rota e fez pouso de emergência em Shanon, na República da Irlanda, depois que o co-piloto se sentiu mal. Um passageiro relatou que ele gritava que queria falar com Deus."O co-piloto se sentiu mal durante o vôo e o capitão preferiu desviar", disse Peter Fitzpatrick, porta-voz da Air Canadá. "A aeronave aterrissou sem acidentes e em momento nenhum a segurança dos passageiros foi colocada em risco. Uma equipe médica esperava o avião e o co-piloto está sendo tratado", acrescentou.O porta-voz não confirmou uma matéria do jornal "Irish Independent" dando conta que o co-piloto sofreu uma crise nervosa e teve de ser removido à força do avião. Ele disse que a empresa não comenta assuntos pessoais e não quis informar se o piloto estava sob tratamento psiquiátrico.Sean Finucane, um passageiro, disse para rede de televisão CBC que 15 minutos antes da aterrissagem ele viu o co-piloto sendo carre…

Infraero adere ao telemarketing

SÃO PAULO - A Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) recorreu ao telemarketing para alertar os passageiros do transporte aéreo para o grande movimento nos aeroportos no carnaval. Desde anteontem, moradores de São Paulo, Rio, Belo Horizonte e Brasília recebem ligações com mensagens gravadas orientando a procurar os balcões de informações da Infraero em caso de dúvidas para que tenham o encaminhamento adequado.Segundo informações da Superintendência de Marketing e Comunicação da estatal, serão realizadas, diariamente, cerca de 1 milhão de ligações. A meta é atingir mais de 4,5 milhões de pessoas.E não estranhe se receber um desses telefonemas mesmo sem estar com viagem marcada. De acordo com a Infraero, as ligações são dirigidas a pessoas que viajam de avião mais de oito vezes por ano, os heavy users. E as quatro capitais foram selecionadas por serem origem da maior parte dos turistas que viajam nesse período.Todas as ligações devem custar aproximadamente R$ 2,6 …

Secretaria confirma multas para três companhias aéreas

BRASÍLIA - A secretária de Direito Econômico (SDE), Mariana Tavares de Araújo, confirmou ontem as multas aplicadas em outubro do ano passado a três companhias aéreas, TAM, Ocean Air e BRA. As empresas foram punidas pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), ligado à SDE, por falta de assistência aos passageiros de vôos com atrasos superiores a quatro horas.Em decisão publicada ontem no "Diário Oficial" da União, a secretária rejeitou os recursos apresentados pelas empresas contra as multas. De acordo com a determinação, as empresas terão prazo de 30 dias para pagar as multas, sob pena de inscrição do débito em dívida ativa da União.A BRA Transportes Aéreos foi multada em R$ 140,66 mil, a Ocean Air em R$ 39,15 mil e a TAM em R$ 3,37 milhões. As irregularidades que deram origem às punições foram flagradas pela fiscalização conjunta do DPDC, Procons de São Paulo e do Distrito Federal e Polícia Federal realizada nos dias 26, 27, 28 e 29 de julho do ano passado …

Embraer pesquisa o uso de combustível 'verde' nos aviões

Em parceria com a pioneira Tecbio, a empresa estuda várias tecnologias de bioqueroseneMariana Barbosa A Embraer está investindo no desenvolvimento de diferentes tecnologias de bioquerosene de aviação. Um dos projetos envolve a Tecbio, empresa de pesquisa do Ceará pioneira no desenvolvimento de biodiesel.A Tecbio vem desenvolvendo uma pesquisa sobre bioquerosene desde 2006, em parceria com a Boeing. A Embraer entrou no mesmo projeto, mas colaborando em diferentes etapas da pesquisa. “As duas parcerias são complementares”, diz o coordenador do programa de desenvolvimento tecnológico de bioquerosene da Tecbio, Ayres Correia de Sousa Filho. “A linha de pesquisa é uma só, mas, diante da complexidade do assunto, foi necessário envolver mais do que uma empresa.”O bioquerosene tem com base uma mistura de óleos vegetais. Ayres não revela o nome das matérias-primas vegetais que estão sendo usadas.Os engenheiros da Tecbio foram responsáveis por um projeto de bioquerosene de aviação financiado p…

Varig suspende vôos para Londres, Roma e Frankfurt

DA REDAÇÃOA Varig anunciou ontem que cancelará os vôos diretos para três destinos na Europa. A partir de 1º de março, a companhia aérea deixa de voar para Londres e, após o dia 29 de março, ficam suspensas as partidas para Roma e Frankfurt.Os passageiros que já compraram passagem podem ser reacomodados em vôos de outras empresas ou receberão de volta o valor pago, segundo a empresa. O endereço eletrônico para obter informações é o reembolso.central@varig.com e o telefone é o 0800-7287787.Com a mudança, a Varig passa a vender passagens aéreas para a Europa somente para as cidades de Paris e Madri.

Criança fica incomunicável em aeroporto

Da Redação Entre a noite de segunda-feira e a manhã de ontem, uma mãe e uma filha passaram horas de desespero em aeroportos do país. A jornalista Juliana Maria Coelho Costa Calil, 28 anos, está em Florianópolis (SC) desde a última quinta-feira e aguardava a chegada da filha Raphaella, 10, na noite de segunda. Mas as duas só se encontraram na manhã de ontem.Com três horas de atraso, a criança deixou Brasília às 22h de segunda-feira, em um vôo da Ocean Air. Ela faria conexão em Guarulhos (SP) e pegaria outro vôo da mesma empresa para Florianópolis. Quando o vôo decolou, a mãe já a aguardava no aeroporto catarinense, mas Raphaella só chegou em Guarulhos à meia-noite. Juliana entrou em pânico à 1h de ontem, quando o avião pousou e a criança não estava a bordo. Ninguém na empresa sabia o paradeiro da menina.“Eu passei mal, vomitei e chorei de desespero. Só à 1hh30 conseguiram localizar minha filha”, contou Juliana. A funcionária que ficou responsável por Raphaella teria se confundido. “Min…

Gol segue tendência e decide adquirir ações no mercado

Graziella Valenti e Roberta Campassi A Gol Linhas Aéreas seguiu a tendência das empresas que, com folga de caixa, resolveram socorrer suas ações em meio à crise global. Ontem, a empresa aérea anunciou um programa de recompra da ordem de R$ 170 milhões. Apesar da medida ser positiva para os acionistas, não ajudou a esclarecer as dúvidas que pairam sobre o futuro da Gol como companhia aberta na Bovespa, desde que os controladores admitiram ter estudado o fechamento de capital.A companhia informou que pode recomprar até 8,8% das ações preferenciais em circulação, num prazo de 12 meses. Nesse programa, os papéis ficam na tesouraria da empresa e podem ser cancelados ou revendidos em até 90 dias.Em momentos de turbulências nos mercados, a recompra é uma forma de a empresa sinalizar aos investidores que os ativos estão excessivamente baratos. Só neste mês, as preferenciais da Gol acumulam perda de 18,30%.O momento de baixa nas cotações é propício para esses programas. Conforme reportagem pub…

Cai para 10% taxa de acordos nos juizados de aeroportos

Felipe Recondo Levantamento feito pelos juizados especiais montados no auge da crise aérea em cinco aeroportos de três Estados - Rio, São Paulo e Brasília - mostra que as empresas de aviação estão apostando na lentidão da Justiça e desistindo de fazer acordos com os passageiros insatisfeitos. Quando foram instalados, em outubro do ano passado, os juizados especiais registravam que, do total de reclamações, 35% a 40% terminavam em acordo entre empresas e passageiros. Agora, esse número varia de 10% a 15%.“Pode ser que as empresas estejam apostando na demora”, reconheceu o coordenador dos juizados especiais e ministro do Superior Tribunal de Justiça, Gilson Dipp. “E olha que as demandas não são as mais complexas.” No Aeroporto Tom Jobim, no Rio, por exemplo, quase metade das reclamações (47,12%) são por atrasos.Com os acordos em baixa, o ministro fez ontem, em reunião no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), um apelo para que as empresas voltem a dar ênfase nos acordos, evitando que os ca…

Fokker gera disputa entre TAM e OceanAir

TAM decide não renovar contrato de manutençãoJULIO WIZIACKDA REPORTAGEM LOCAL A OceanAir, do empresário German Efromovich, está em pé de guerra com a TAM, que decidiu não renovar os contratos de manutenção dos Fokker 100 de sua empresa.Em nota oficial, a TAM informa que não prestará serviços de manutenção para outras companhias, porque necessita de toda a capacidade de seu Centro Tecnológico, em São Carlos, no interior de São Paulo, para fazer a manutenção de seus próprios aviões Fokker. Motivo: ela devolverá todos eles aos lessores - companhias de quem adquiriu os aparelhos -, e eles precisam de uma revisão completa.Mas Efromovich acusa a TAM de concorrência desleal. "A não-renovação de um contrato faz parte do negócio", disse ele à Folha. "O problema é que decidiram vazar essa informação no mercado numa tentativa de arranhar a imagem de nossa empresa."Efromovich diz que passou essa mensagem ao presidente da TAM, David Barioni, por telefone, na semana passada. B…

Sistema aéreo continua sem planejamento de longo prazo

Dois acidentes aéreos com mais de 350 mortes em um ano e o colapso da infra-estrutura aérea levaram o governo a trocar o ministro da Defesa, substituir quase que toda a incompetente diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil e traçar um plano de emergência para deter o apagão aéreo. Na semana passada, porém, como se temia, nada do que parecia ser uma solução para os problemas, ou o caminho para ela, sobreviveu.Medidas urgentes deixaram de ser urgentes. Congonhas, um dos pivôs da crise, voltou a ser um ponto de distribuição de rotas e a pressa de se construir um terceiro aeroporto em São Paulo foi diluída no tempo. A situação dos controladores e o déficit de profissionais saíram dos radares, por serem pontos de atrito com os militares. Sob a imagem do planejamento, volta-se à improvisação.As mudanças das mudanças anunciadas pelo ministro Nelson Jobim padecem de ilusões burocráticas. Na verdade, todos os diagnósticos apresentados durante o auge do apagão aéreo mostravam uma infra-es…

Infraero: movimento em aeroportos cresceu 8,24% em 2007

Brasília - A Infraero anunciou nesta segunda-feira um aumento de 8,24% no movimento de passageiros nos 67 aeroportos administrados pela empresa. Em 2007, foram 110,6 milhões de embarques e desembarques, número superior aos dados de 2006, quando foram registrados 102,1 milhões de passageiros. O maior crescimento ocorreu no movimento de vôos domésticos, que subiu 8,87% no último ano, passando de 90 milhões em 2006 para 97,9 milhões em 2007. Também foi expressivo o aumento de 3,59% no número de passageiros em vôos internacionais, que passou de 12,1 milhões para 12,6 milhões de passageiros ao ano. O Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, foi o mais movimentado da rede, com 18,7 milhões de passageiros. Em seguida, estão o Aeroporto de Congonhas, com 15,2 milhões, Brasília, com 11,1 milhões, e, em quarto lugar, o Galeão, no Rio de Janeiro, que movimentou 10,3 milhões de passageiros. O mês de dezembro foi o mais movimentado nos aeroportos. Cerca de 10 milhões de passageiros util…

Alemanha terá primeiro vôo nudista em julho

Georgina Prodhan
De FrankfurtNudistas alemães poderão começar as férias do meio de ano tirando as roupas em um avião se aceitarem uma nova proposta de uma empresa de viagens.

A agência de viagens OssiUrlaub.de disse que começaria a aceitar reservas a partir de sexta-feira para uma viagem nudista experimental da cidade alemã de Erfurt, no leste do país, até o popular resort báltico de Usedom. A viagem está planejada para 5 de julho e custa 499 euros (735 dólares).

"É caro, eu sei", disse à Reuters o diretor administrativo, Enrico Hess, por telefone. "É porque o avião é muito pequeno. Não existe nenhuma razão real para que um vôo em que se voa nu seja mais caro do que qualquer outro."

Os 55 passageiros terão de ficar vestidos até entrarem na aeronave, e colocar as roupas novamente antes de desembarcar. A equipe de bordo seguirá vestida ao longo do vôo por razões de segurança.

"Eu gostaria de poder dizer que tivemos a idéia, mas ela veio de um cliente", disse Hes…