Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2007

Brasil ignora medidas de segurança aérea

Sete meses após acidente do Boeing da Gol, Aeronáutica ainda não aplicou recomendações feitas por seus próprios órgãos

Em reunião de órgão internacional de aviação, realizada neste mês, país sustentou ter tomado precauções de imediato

LEILA SUWWAN
DA SUCURSAL DE BRASÍLIA - FOLHA DE SÃO PAULO

Sete meses depois do pior acidente aéreo da história do país, com 154 mortos, a Aeronáutica ainda não implementou as medidas de segurança previstas internamente para corrigir falhas no sistema de controle de tráfego aéreo e evitar acidentes. A FAB (Força Aérea Brasileira) diz que as medidas, elaboradas depois do acidente, estão "em análise".

Em meios internacionais, contudo, o Brasil sustenta que tomou as precauções neces- sárias "imediatamente". Em reunião da OACI (Organização da Aviação Civil Internacional) neste mês na Costa Rica, onde o país enfrenta pressões devido à crise aérea, o Brasil disse que as medidas já foram efetuadas.

"Todas as ações que podiam ser implementadas …

Presidente da OAB diz que CPI deve investigar denúncias contra Infraero

da Folha Online

O presidente nacional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Cezar Britto, disse hoje que as denúncias de supostas irregularidades nos contratos da Infraero (estatal que administra os aeroportos) devem ser investigadas. Essas denúncias devem ser alvo da CPI do Apagão Aéreo, que deve ser instalada na Câmara dos Deputados.

"A CPI é o melhor instrumento para se apurar as denúncias de corrupção na Infraero, e apresentar soluções para a moralização do sistema aeroviário brasileiro", disse Britto.

Ontem, os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) mandaram a Câmara instalar imediatamente a CPI do Apagão Aéreo. "Denúncias de corrupção não podem mais ficar planando no ar da impunidade. O Brasil precisa conviver, sem medo, com os instrumentos adequados de apuração e combate à corrupção", disse Britto.

Britto disse que a CPI "sempre será um constitucional instrumento de investigação e de defesa dos interesses da cidadania". "Uma CPI, qualquer …

STF determina imediata instalação da CPI do Apagão Aéreo

GABRIELA GUERREIRO
da Folha Online, em Brasília

Por unanimidade, os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) votaram hoje pela imediata instalação da CPI do Apagão na Câmara dos Deputados. O primeiro a recomendar a instalação foi o ministro Celso de Mello, relator do mandado de segurança ajuizado pela oposição que pede a criação da CPI na Câmara.

"Tinha razão o presidente da Câmara [Arlindo Chinaglia (PT-SP] quando comunicou a formal criação da CPI. Esse ato da presidência, que veio a ser invalidado, deve ser restaurado para permitir a imediata instalação da CPI em questão", disse Mello.

No final de março, Mello determinou o desarquivamento do pedido de criação da CPI. No entanto, ele deixou para o plenário STF decidir sobre a instalação da comissão.

Segundo ele, o requerimento de instalação da CPI cumpriu todos os requisitos constitucionais para que a comissão fosse instalada, como fato determinado, número suficiente de assinaturas e prazo para funcionamento da comissão.

Mel…

"Buraco negro" continua após acidente da Gol

Documentos de controladores do Cindacta-4 revelam que o espaço aéreo da região amazônica tem cobertura ineficaz de radares

Relatórios encaminhados ao órgão da Aeronáutica que auxilia na investigação de acidentes mostram que falhas ainda ocorrem na região

KÁTIA BRASIL
DA AGÊNCIA FOLHA, EM MANAUS

O espaço aéreo da Amazônia, onde há seis meses ocorreu a colisão do vôo 1907 da Gol e o jato Legacy, continua dentro de um "buraco negro", com cobertura de radares ineficaz à segurança dos aviões. É isso o que revelam documentos obtidos pela Folha com relatos de controladores do Cindacta-4 (Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle do Tráfego Aéreo), com sede em Manaus (AM).

O "buraco negro", segundo os controladores, é localizado no setor 6, área que compreende o sul do Amazonas, os municípios de Alta Floresta e Sinop, no Mato Grosso, a Serra do Cachimbo e Jacareacanga, no Pará. A área é de transição do controle do espaço aéreo entre os Cindactas-4 e 1, de Brasília.

Na região, …

Tragédia com boeing da Gol: Advogados culpam controladores

O Dia Rio - A “causa exclusiva” para o choque entre o Boeing da Gol e o jato Legacy no dia 29 de setembro, que deixou 154 mortos, foi “a falha do sistema de controle do tráfego aéreo” em garantir que as aeronaves voassem em níveis de altitude diferentes. Essa é a tese defendida em relatório de 134 páginas elaborado pelos advogados José Carlos Dias e Theo Dias, que representam os pilotos do Legacy, Joe Lepore e Jan Paul Paladino. O documento foi entregue dia 10 ao delegado da Polícia Federal Renato Sayão, que preside o inquérito. Com base em informações do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), os advogados apontam que o centro de controle de Brasília “alterou erroneamente” o nível de vôo em sua faixa de dados de 37 mil para 36 mil pés, sem que houvesse autorizado os pilotos americanos a mudar para essa altitude. Já o centro de controle de Manaus teria registrado a alteração sem ter confirmação. O Legacy e o Boeing chocaram-se a 37 mil pés, …

Choque de ultraleve mata empresário

DA AGÊNCIA FOLHAO empresário Maurocélio Rocha Pontes, 42, morreu na manhã de sábado quando o ultraleve que ele pilotava bateu em um armazém da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) em Sobral, a 245 km de Fortaleza (CE). Sua mulher ficou ferida.Em meio a forte chuva, ele tentou pouso forçado no centro da cidade, mas o equipamento se chocou contra o armazém. Sua mulher, Alvênia Pontes, foi resgatada pelos bombeiros e levada para um hospital de Fortaleza.

Para o governo, aéreas têm de indenizar vítima do apagão

Morishita, do departamento de proteção ao consumidor, diz que companhias, ao receberem concessão, sabem que precisam seguir regras

Diretor do Ministério da Justiça diz que, não importa a causa, empresas têm dever da assistênciaELIANE CANTANHÊDE
COLUNISTA DA FOLHA

Aviso aos passageiros prejudicados ao longo do apagão aéreo: além de entrarem na Justiça por danos patrimoniais ou morais, podem também exigir ressarcimento das empresas aéreas por tratamento inadequado nos aeroportos.
O aviso é do diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça, Ricardo Mo rishita, 37, lembrando que o "dever de assistência" previsto pelo Código Brasileiro de Aeronáutica é claro: a responsabilidade pelo transporte, alimentação e hospedagem quando há mais de quatro horas de atraso é das companhias, independentemente das causas.
Abaixo, os principais trechos da entrevista à Folha:
FOLHA - O apagão aéreo se repetiu várias vezes, com pane em rádio e no sistema…

Crise aérea e chuvas impactaram resultado da GOL

Da Agência O Globo

A crise dos controladores de vôo, aliada às obras na pista do aeroporto de Congonhas e às chuvas de fevereiro e março, teve um impacto de R$ 110 milhões na receita da Gol Linhas Aéreas no primeiro trimestre deste ano.

A estimativa é do presidente da empresa, Constantino de Oliveira Jr, que conversa com analistas de mercado e jornalistas em uma conferência pelo telefone. Ainda assim, a receita líquida da companhia subiu 20,7% no período, de R$ 863 milhões para R$ 1,041 bilhão no período. Mas a empresa teve uma queda de 43% em seu lucro líquido no primeiro trimestre deste ano, para R$ 91,5 milhões.

De acordo com Constantino, uma das medidas adotadas para contornar a crise foi a redução de tarifas, que ficaram 21,8% mais baratas na média, no confronto com o mesmo trimestre de 2006. Já o Yield (retorno sobre o investimento) recuou 26,4%.

"Os problemas acabaram comprimindo a demanda e permitiram que apenas pessoas mais sensíveis à questão do preço buscassem as aeronaves…

Piauí terá R$ 8 mi para conclusão de aeroporto

Da Agência O Globo

A ministra do Turismo, Marta Suplicy, anunciou, na quinta-feira, durante audiência com o governador do Piauí, Wellington Dias, a liberação de R$ 8 milhões para a conclusão das obras do Aeroporto de São Raimundo Nonato, no município do mesmo nome. Ela informou também que, atendendo a solicitação dos governadores do Nordeste, com os quais se reuniu na semana passada, em João Pessoa (PB), o Ministério do Turismo vai “desburocratizar” procedimentos para a concessão de recursos do Programa de Desenvolvimento do Turismo no Nordeste (Prodetur).

Na conversa com Wellington Dias, a ministra explicou que uma das medidas é acabar com a duplicidade de ações entre o Banco do Nordeste (BNB) e o Ministério do Turismo. O BNB fará a análise dos financiamentos oriundos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), enquanto o Ministério ficará responsável pela análise dos projetos a serem contemplados com recursos do Orçamento da União.

"Tivemos notícias excelentes. A ministra co…

Aviões da Air Race tomam o céu neste sábado

Agência O Globo

RIO - Os cariocas não vão desgrudar os olhos do céu na tarde deste sábado. A partir das 13h, doze pilotos estarão disputando, na Praia de Botafogo, o Red Bull Air Race, o circuito mundial de corridas aéreas.

A bordo de pequenas e potentes aeronaves, com pouco menos de sete metros de comprimento e 500kg de peso, mas que atingem até 400km/h, o grupo de experientes competidores - formado em sua maioria por instrutores de vôo e pilotos comerciais - voa contra o tempo precisando seguir um percurso pré-determinado, passando por entre os "air gates", portões infláveis.

O circuito, montado na Praia de Botafogo, tem cerca de 1,4km de comprimento, com seis obstáculos infláveis, os "air gates". Os pilotos precisam passar na horizontal entre os obstáculos azuis, e na vertical, com uma asa apontando para a água e outra para o céu, entre os vermelhos.

A competição tem uma fase eliminatória (leia: Britânico foi o mais rápido nos treinos) e os oito melhores se enfrenta…

Avião da Gol derrapa ao pousar em Fortaleza; terminal tem atrasos

da Folha Online

Um avião da Gol derrapou ao pousar no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza (CE), às 5h55 deste sábado. O incidente assustou os 118 passageiros que estavam a bordo, mas ninguém ficou ferido. De acordo com a Infraero (estatal que administra os aeroportos), chovia forte no momento em que a aeronave pousou.

O vôo 1824 da Gol havia saído de Juazeiro (CE) com destino ao Rio de Janeiro e escala em Fortaleza. Com a derrapagem, parte do avião saiu da pista, e o aeroporto teve que ser imediatamente fechado para pousos e decolagens.

O fechamento total do terminal durou quase quatro horas. Conforme a Infraero, às 9h50, ele foi liberado para decolagens. Naquele horário, não havia previsão para reabertura total.

O aeroporto tinha dois pousos e quatro decolagens atrasados em aproximadamente uma hora, ainda às 9h50 deste sábado. Entre as decolagens havia dois vôos internacionais --um da TAP com destino a Lisboa (Portugal) e um da TAM para Miami (Estados Unidos).

Outros aerop…

ExcelAire acusa Embraer por falha em jato

da Folha Online

Reportagem (só para assinantes) da colunista Eliane Cantanhêde publicada na edição deste sábado da Folha de S.Paulo revela que a empresa norte-americana ExcelAire, dona do Legacy que bateu em um Boeing da Gol em 2006, culpa a brasileira Embraer, fabricante da aeronave, e a norte-americana Honeywell, fabricante do transponder, além do controle de tráfego aéreo brasileiro, pelo acidente.

Depois da colisão no ar, o Boeing da Gol caiu em uma região de mata fechada de Mato Grosso e seus 154 ocupantes morreram. O Legacy conseguiu pousar.

"É a primeira vez que os fabricantes são acusados por um dos grandes mistérios do acidente: por que o transponder, equipamento que transmite dados do avião para outras aeronaves e para os centros em terra, parou de funcionar antes do choque", afirma o texto. "Um dos sistemas que não funcionou devido à desativação do transponder foi o TCAS, o dispositivo anticolisão que poderia ter evitado o acidente."

Segundo a reportagem, em…

Caracas usará zepelins para policiar as ruas

A prefeitura da capital da Venezuela, Caracas, encontrou uma nova forma de policiar as ruas da cidade: os zepelins.

BBC Brasil

A prefeitura comprou três aeronaves dirigíveis de 15 metros de comprimento que são guiadas por controle remoto.

Cada zepelim tem uma câmera acoplada que envia imagens para uma sala de controle.

Os dirigíveis trazem ainda slogans do governo, como “Nós estamos vigiando você para a sua segurança”.

Alguns críticos temem que os zepelins sejam intrusivos e possam ser usados pelo governo para espionar determinadas pessoas.

Mas o responsável pela segurança de Caracas, Ramon Morales Rossi, negou que isso vá acontecer.

“Nossa intenção é reduzir a atividade criminosa na cidade, que é um grande problema. É parte de um plano, trabalhar com as pessoas, melhorar a educação, melhorar a polícia e os equipamentos”, disse Rossi.

Violência

A falta de segurança é um dos grandes problemas de Caracas, uma das cidades mais violentas da América Latina.

O governo venezuelano parou de divulgar es…

Transponder do Legacy funcionava normalmente, diz Embraer

Agência Estado

O presidente da Embraer, Maurício Botelho, manifestou-se hoje, pela primeira vez, sobre o acidente aéreo ocorrido em setembro de 2006, envolvendo um jato Legacy da companhia e um Boeing 737 da Gol, causando a morte de 154 pessoas. "O transponder (aparelho que aponta a posição da aeronave no radar) estava funcionando normalmente, antes e depois (do acidente).

Agora, o que aconteceu lá em cima, eu não sei", disse, durante almoço com jornalistas realizado hoje.

O executivo não quis avançar no assunto e destacou que os pronunciamentos oficiais sobre o caso cabem ao comando da Aeronáutica e à Força Aérea Brasileira (FAB). Segundo ele, não houve prejuízo para a imagem da Embraer junto aos clientes.

O encontro de hoje com a imprensa marcou a despedida de Botelho do comando da Embraer, o que será oficializado no dia 23 de abril, quando o atual vice-presidente executivo para o Mercado de Aviação Comercial, Frederico Fleury Curado, assumirá o cargo.

Em entrevista recente, o …

Oposição protocola instalação de CPI do Apagão Aéreo

Murilo Murça - Último Segundo

Os senadores Agripino Maia (Democratas-RN) e Arthur Virgílio (PSDB-AM) protocolaram na tarde desta quarta-feira o pedido de instalação da CPI do Apagão Aéreo.

Agripino confirmou a adesão de 45% dos senadores, com 34 votos (o número mínimo é de 27), que será efetivada na próxima terça-feira com os votos de Jefferson Peres e Osmar Dias, ambos do PDT, embora o partido seja da coalizão do governo.

Dos partidos da base aliada ao governo, quatro senadores considerados independentes assinaram o pedido: Mão Santa (PI), Pedro Simon (RS) e Jarbas Vasconcellos (PE), todos do PMDB, e Christovam Buarque (DF), do PDT. Outro senador peemedebista que assinou o documento foi o governista Geraldo Mesquita (AC). Outros dois senadores do PDT considerados independentes, Osmar Dias (PR) e Jefferson Péres (AM), prometeram a Agripino que assinarão o requerimento no início da próxima semana, para reforçar o pedido de CPI. O senador do PT Eduardo Suplicy (SP), que em 2004 assinou o p…

Para presidente de associação de controladores, motim foi "erro estratégico"

LEILA SUWWAN
Enviada especial da Folha de S.Paulo a Istambul

Herói para uns, traidor para outros, Wellington Rodrigues, presidente da ABCTA (Associação Brasileira de Controladores de Tráfego Aéreo) avalia que a rebelião que paralisou os aeroportos do país no dia 30 foi um "erro estratégico" porque deixou os controladores num impasse e no "fundo do poço".

O resultado são controladores desiludidos e desconcentrados, o que significa um risco à segurança aérea. Apesar disso, afirma que voar é seguro.

Apesar da posição de liderança durante toda a crise aérea, Rodrigues revela que a categoria é fracionada e sua capacidade de "segurar" o grupo se esgotou. Conta os bastidores do motim --que ele chama de insurgência-- no qual foram os controladores "exaltados" que induziram a paralisação total, contando com a insatisfação latente em todo o país.

Rodrigues considera agora que o recuo do governo é reflexo da falta de confiança de ambos os lados. Porém, afirma q…

Ryanair terá baixo custo transatlântico

DA BLOOMBERG

O principal executivo da Ryanair Holdings Plc, Michael O'Leary, pretende lançar uma companhia aérea transatlântica de baixas tarifas e oferecer passagens a preços a partir de US$ 12, após a implementação do acordo de "céus abertos" entre os EUA e a União Européia.

A nova empresa deve voar a partir das bases existentes da Ryanair, entre as quais estão o aeroporto de Stansted, em Londres, além das cidades de Dublin e Frankfurt, segundo informou O'Leary.

Os vôos da companhia aérea pousarão em aeroportos norte-americanos secundários, englobando destinos como Nova York, São Francisco, San Diego, Boston, Dallas e Flórida.

Os recursos para a nova companhia, que segundo O'Leary começará a operar dentro de três ou quatro anos, virão de um "investimento privado", e não da Ryanair. O'Leary estima que o custo para lançar a companhia aérea varia de 100 milhões (US$ 135 milhões) a 200 milhões. O recente acordo para a abertura do mercado de vôos transatlâ…

Helicóptero da PM bate em pedra e explode

Três policiais e três paramédicos estavam na aeronave, no Norte do Espírito Santo. Segundo as primeiras informações, os seis ocupantes morreram.

Do G1, em São Paulo, com informações da TV Gazeta, de Vitória

Um helicóptero da Polícia Militar do Espírito Santo caiu, por volta das 3h30 desta segunda-feira (16), no Norte do estado. Seis pessoas estavam dentro da aeronave - três policiais e três paramédicos. De acordo com a polícia, todos os tripulantes morreram.

O helicóptero saiu de Vitória para buscar órgãos no município de Colatina (ES), bateu em uma pedra e explodiu na região do distrito de Barbados, em Colatina.

Lula manda PF investigar Infraero e tenta esvaziar CPI

Governo vê como inevitável a instalação de comissão para apurar o caos aéreo

Serviço de inteligência da Polícia Federal vai analisar contratos da estatal que administra aeroportos do país e é alvo da oposição

VALDO CRUZ
DA SUCURSAL DE BRASÍLIA - FOLHA DE SÃO PAULO

Numa tentativa de se antecipar aos trabalhos de uma CPI do Apagão Aéreo, a primeira do segundo mandato, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva determinou ao ministro da Justiça, Tarso Genro, que a Polícia Federal inicie uma investigação na Infraero (estatal que administra os aeroportos no país).

A estratégia do governo é tentar esvaziar uma futura CPI, cuja instalação é vista pelo Palácio do Planalto como inevitável, com um trabalho preventivo de investigação da PF que poderia ser encaminhado para a própria comissão -como aconteceu com a CPI dos Sanguessugas.

A decisão, tomada na semana passada, já foi transmitida ao diretor da PF, Paulo Lacerda, que vai colocar o serviço de inteligência do órgão para analisar as operações da esta…

Ryanair quer PRIMEIRA low cost Europa-EUA

Dentro de três a quatro anos, com preços a partir de US$ 12

Brasilturis

O CEO da Ryanair, Michael O'Leary, confirmou a intenção de ter uma companhia low-cost entre Europa e Estados Unidos no prazo de três a quatro anos, com bilhetes a partir de US$ 12 dólaresO executivo considera um passo natural saltar para além do tráfego de média distância ponto-a-ponto e que tem sido um dos pontos principais do modelo low cost.

A Ryanair projeta chegar ao ano de 2009 transportando mais de 70 milhões de passageiros dentro de suas 23 bases na Europa e avançar para rotas com aeroportos secundários nos Estados Unidos.

A operação transatlântica tem investimentos previstos entre US$ 150 a US$ 200 milhões, com ações que incluiriam investidores interessados.

O‘Leary também antecipou que a nova companhia deverá contar com uma frota de até 50 aviões dos modelos B787 da Boeing ou A350 da Airbus .

O executivo, já anunciou sua intenção de deixar as funções de CEO da Ryanair no prazo de dois a três anos, mas tamb…

Relatórios apontam falhas no sistema de tráfego aéreo de Brasília

O G1 teve acesso aos "relatórios de perigo" do Cindacta-1. Sistema mostra altitude incorreta de vôos e até multiplicação de aviões no radar.

Leandro Colon
Do G1, em Brasília
Aviões somem, multiplicam-se ou mudam inesperadamente de altitude no sistema de controle de tráfego aéreo de Brasília, apontam documentos deste ano do Centro de Controle Aéreo de Brasília (Cindacta-1), obtidos com exclusividade pelo G1.

Em um deles, o controlador relata que, no dia 13 de março deste ano, às 22h42, todos os aviões sumiram da tela do computador. "Todas as aeronaves dos setores mudaram o símbolo de bola para asterisco durante alguns segundos. Tal símbolo (asterisco) representa que o sistema deixou de receber o (s) alvo (s)." O relatório acrescenta que a mesma falha ocorrera uma semana antes, durante o turno da tarde. A Aeronáutica informou que as situações relatadas, caso façam parte de relatórios que tenham tramitado pelos canais competentes, terão o tratamento adequado de…

PSDB adere e fortalece CPI do Apagão Aéreo no Senado

Oposição começa a recolher assinaturas no requerimento para criar comissão

Embora diga não haver clima para comissão, Renan diz que vai instalá-la caso pedido seja feito de acordo com o regimento da Casa


FERNANDA KRAKOVICS
DA SUCURSAL DE BRASÍLIA - FOLHA DE SÃO PAULO

Depois de receber ontem o aval das bancadas do PSDB e do DEM, ex-PFL, a oposição começou ontem à noite a colher assinaturas para criar uma CPI do Apagão Aéreo no Senado. O objetivo é investigar denúncias de corrupção na Infraero, o acidente com o avião da Gol, paralisações feitas por controladores de tráfego aéreo e panes em equipamentos nos aeroportos.

A oposição resolveu se antecipar à decisão do Supremo Tribunal Federal e, se a deliberação do Judiciário for pela instalação da CPI na Câmara, a intenção é que as duas comissões parlamentares de inquérito funcionem ao mesmo tempo.

O plenário da Câmara arquivou no mês passado o requerimento que criava a CPI por 308 votos a 141. A oposição recorreu ao STF e o ministro…

Em oito dias, Aeronáutica aplicou R$ 15,9 milhões na melhoria do sistema aéreo

Mariana Braga e Caroline Bellaguarda
Do Contas Abertas

Depois do “clima de terror” instalado nos aeroportos e do mal-estar entre o presidente Lula e os militares, a Aeronáutica pisou no acelerador e fez liberações a jato, no intuito de conter a crise durante o feriado prolongado. Em pouco mais de uma semana, as reservas orçamentárias para os quatro principais programas relacionados ao setor aéreo aumentaram em R$ 16,8 milhões, o que equivale a um crescimento médio de mais de R$ 2 milhões por dia. O mesmo ocorreu com a quantia paga. Do início deste mês até a última terça-feira (10), R$ 15,9 milhões saíram dos cofres para a melhoria do sistema aéreo brasileiro. Isso significa que, dos R$ 201,5 milhões pagos pelo governo este ano, 7,9% foram liberados em oito dias.

As reservas orçamentárias feitas entre os dias dois e dez deste mês equivalem a quase 10% dos R$ 179,1 milhões empenhados pela Aeronáutica de janeiro para cá. Desse dinheiro a maior parte foi para o programa de Proteçã…

Ministro minimiza crise aérea e afirma que governo busca solução

GABRIELA GUERREIRO
da Folha Online, em Brasília

O ministro da Defesa, Waldir Pires, minimizou nesta quarta-feira a crise no controle do tráfego aéreo do país. Ele atribuiu os problemas recentes no setor às falhas nos equipamentos e aos recursos humanos, numa referência indireta aos controladores de tráfego aéreo. O ministro considerou a crise como normal.

"Em países em desenvolvimento, essa é a rotina", afirmou, ao participar de audiência pública na Câmara dos Deputados para discutir o caos aéreo.

Pires disse que o governo vai solucionar crise e que está aprimorando os diagnósticos para impedir novos atrasos nos vôos. "Os fatores são definidos ao meu juízo em procedimento de gestão que determinaram ocorrências. Não há por que deixarem de serem reordenadas e postas a serviço do povo brasileiro."

O ministro saiu em defesa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que há duas semanas desautorizou o comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, a dar ordem de prisão para os contr…

Negócios com ações da Gol são reabertos após suspensão da Bovespa

Os negócios com ações da companhia aérea Gol na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) foram reabertos às 11h30 desta terça-feira após serem suspensos. As autoridades do mercado aguardavam mais esclarecimentos sobre aumento de capital de R$ 518 milhões aprovado pelo conselho de administração da empresa na véspera. O aumento aprovado acontecerá mediante emissão de cerca de 8,52 milhões de ações preferenciais ao preço de R$ 60,81 por papel. A operação é parte da compra da Nova Varig pelo grupo.

Segundo a assessoria da Bovespa, a suspensão foi feita, pois a empresa deveria informar ao mercado sobre o aumento de capital até as 18h30 de segunda-feira, mas fez após esse horário. Os negócios foram retomados hoje do anúncio oficial da companhia.

Compra da Varig

A Gol anunciou, no dia 28 de março, a compra da Varig, após meses de especulação, por cerca de US$ 275 milhões. A empresa vai assumir também R$ 100 milhões (cerca de US$ 45 milhões) em debêntures da Varig, o que pode elevar o valor da co…

Controladores ameaçam deixar cargo

Cinqüenta profissionais de Brasília poderiam pedir baixa coletiva

O Dia Online

Rio - Em meio à trégua na queda-de-braço com o governo federal, controladores de tráfego aéreo militares ameaçam pedir baixa coletiva. De acordo com o presidente da Associação Brasileira dos Controladores de Tráfego Aéreo (ABCTA), Wellington Rodrigues, 50 profissionais do Centro de Controle de Brasília (Cindacta-I) estariam dispostos a deixar seus cargos, atitude com a qual o sindicato não concorda.

A ameaça de desligamento surge no momento em que a crise aérea parece contornada, e trabalhadores e União começam a se entender, embora nenhuma das reivindicações da categoria tenha sido atendida. Eleita pelos trabalhadores como a mudança mais urgente, a desmilitarização continua distante. O ministro da Defesa, Waldir Pires, foi quem tratou de frear a esperança por alterações imediatas: “Nós não podemos atropelar (a lei). Não darei um passo que não seja dentro das instituições democráticas, porque é com elas que, a…

"Velha" Varig volta a voar em setembro com até 6 aviões

Portal Terra

RIO - A "velha" Varig deve voltar a voar em setembro, como afirmou Miguel Dau, gestor judicial da companhia. A empresa não terá mais o nome Varig, pois a marca foi vendida em leilão em julho do ano passado. O novo nome, ainda não divulgado, foi escolhido com base em uma pesquisa de mercado realizada pelo Ibope.

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, inicialmente, a idéia era operar sob a marca Nordeste, mas a pesquisa revelou que o nome estava associado aos problemas que a companhia aérea enfrentou.

A empresa apresentou os planos de voltar a voar ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, onde corre o processo de recuperação judicial da aérea. Segundo Dau, a "velha" Varig precisará de 600 funcionários para operar de quatro a seis aviões. Será dada prioridade para a contratação de antigos empregados.

As rotas, que não competirão com a Gol e Tam, serão voltadas para turistas e executivos. Para que se torne realidade, será preciso uma injeção de R$ 40 milhõe…

Infraero afasta quatro funcionários acusados de irregularidades

Eles são suspeitos de envolvimento na renovação indevida de contratos. A decisão foi tomada pelo conselho, em reunião no ministério da Defesa.

do G1, em Brasília, com informações do Jornal Nacional

O conselho de administração da Infraero decidiu nesta segunda-feira (9) afastar temporariamente quatro funcionários da estatal por suspeita de envolvimento em irregularidades.

A decisão foi tomada pelo conselho, em reunião no ministério da Defesa. Os quatro funcionários afastados são um diretor, um superintendente, um advogado e uma assessora da presidência da Infraero. Eles ficarão afastados dos cargos enquanto durar a sindicância da Controladoria Geral da União (CGU). De acordo com a CGU, os funcionários são suspeitos de envolvimento na renovação indevida de um contrato de concessão de área pública para exploração de comércio de combustível, próxima ao Aeroporto de Brasília.

Segundo a investigação, a renovação foi feita em agosto de 2005 na gestão do ex-presidente da Infraero Carlos Wilson. A…

Gaúcha recebe indenização por crise aérea

Viagem de Brasília a Porto Alegre demorou mais de 30 horas, às vésperas do Natal. Engenheira reclamou de overbooking e desrespeito aos passageiros.

Do G1, em São Paulo, com informações da RBS TV

Uma gaúcha foi indenizada em R$ 4.000 pelos transtornos sofridos durante a crise aérea no final do ano passado. A engenheira civil Caroline Trindade de Angelis, de 29 anos, chegou no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre (RS), vinda de Brasília, 30 horas depois da previsão de desembarque, às vésperas do Natal. A viagem normal levaria cerca de quatro horas.

Caroline ganhou uma ação de reparação por danos patrimoniais e extrapatrimoniais (morais) no 4º Juizado Especial Cível, na capital gaúcha. O acordo ocorreu em segunda audiência, realizada em 23 de março. O calvário da passageira começou às 18h30 de 22 de dezembro. Ao chegar ao aeroporto de Brasília, ela deparou-se com uma fila gigantesca no check-in da TAM. Esperou 10 horas e trinta minutos para ser atendida. Às 5h, foi informada no guichê q…

Salário baixo já preocupa futuro controlador de vôo

Começa hoje, no Decea em São José dos Campos (interior de São Paulo), curso preparatório com 8 meses de duração

Alguns dos 64 selecionados entre 16 mil concorrentes reclamam da indefinição sobre as condições de trabalho que enfrentarão

VINICIUS ABBATE
DA SUCURSAL DE BRASÍLIA - FOLHA DE SÃO PAULO

Antes mesmo do início do curso do qual sairão os próximos 64 controladores de vôo brasileiros, os civis que conseguiram as vagas já demonstram insatisfação com problemas relativos à profissão.

Ouvidos pela Folha, eles reclamam do salário que vão receber e da indefinição sobre as condições de trabalho.

Essas reivindicações são apontadas como as principais causas que motivaram a insurgência dos controladores de vôo há dez dias.

O salário inicial dessa equipe será de R$ 3.158, e o curso preparatório começa hoje, na sede do Decea (Departamento de Controle do Espaço Aéreo), órgão submetido à Aeronáutica, em São José dos Campos (SP).

O técnico em comunicação Danilo Leal Raul, 23, conseguiu uma das vagas, m…