Pular para o conteúdo principal

Latam suspende voos para a Venezuela por razões econômicas

Voos de São Paulo, Santiago e Lima para Venezuela foram suspensos.
No fim de semana, a companhia alemã Lufthansa também cancelou voos.


Do G1, em São Paulo


A companhia aérea chilena e brasileira Latam não fará mais voos de Santiago, São Paulo e Lima com destino à Venezuela, conforme informou nesta segunda-feira (30). A suspensão é por prazo indeterminado. 




"Devido ao complexo cenário macroeconômico atual que enfrenta a região, o Grupo Latam Airlines, a Latam Airlines Peru e a Latam Airlines Brasil anunciaram ajustes em suas malhas aéreas domésticas e internacionais. Nesse contexto, as companhias informam que suspenderão temporariamente e por tempo indeterminado suas operações no Aeroporto Internacional Simón Bolívar, em Caracas (Venezuela)", disse a empresa em nota.

Segundo a empresa, "as suspensões, que serão feitas de forma gradual" e concluídas no dia 1º de agosto. "Desde 28 de maio, a Latam Airlines Brasil suspendeu temporariamente seus voos entre Caracas e São Paulo/Guarulhos, enquanto que, no final de julho, a Latam Airlines Peru suspenderá temporariamente seus voos entre Lima e Caracas, e a Latam Airlines, seus voos na rota Santiago - Guayaquil - Caracas."

A Latam informou ainda que os passageiros que já têm reservas de passagens para as rotas que serão suspensas poderão remarcar as suas viagens ou solicitar o reembolso, sem a cobrança de taxas.

"As empresas do Grupo Latam consideram a Venezuela um mercado relevante e, por isso, trabalharão para a retomada dessas operações brevemente e assim que as condições globais a permitam", finalizou a empresa em nota.

A Latam nasceu em 2012 da fusão da companhia chilena LAN com a brasileira TAM.

Outras companhias

 
Esta não é a primeira companhia aérea que suspende seus voos para o país, mergulhado em grave crise econômica e com um rígido controle cambial. No domingo (29), a companhia alemã Lufthansa também informou que irá interromper os voos com destino ao país, alegando razões econômicas.

Em fevereiro, a empresa brasileira Gol também informou a suspensão de voos para a Venezuela, em caráter temporário, "até que a questão da remessa dos recursos da companhia no país seja resolvida". Os voos ainda estão suspensos, informou a empresa ao G1.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia investiga acidente com helicóptero em Itupeva

A polícia começou a ouvir os funcionários da fazenda que prestaram socorro às vítimas no interior paulista. Câmeras de segurança mostram o momento do acidente. O helicóptero vinha de Paraty.


Destroços de avião desaparecido há uma semana são localizados

Em Valença, no estado do Rio de Janeiro, foram encontrados os destroços do avião que estava desaparecido desde o dia 30 de janeiro. Os corpos de um empresário e de sua família também foram vistos.


Vento pode ter causado queda de avião no Japão

Segunda-feira, 23/03/2009Um avião de carga, que estava aterrisava no Aeroporto de Narita, sofreu uma queda e explodiu. O piloto e o co-piloto, únicos ocupantes morreram no hospital. A causa do acidente pode ser o vento.