Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2015

Após ameaças de bombas, aviões são desviados nos EUA

Ameaças eram contra voos da Delta e da Southwest, neste sábado (24).
Aeronaves foram vistoriadas e nada foi encontrado, dizem autoridades.
Do G1, em São Paulo

Dois aviões de passageiros foram desviados e precisaram aterrissar em Atlanta, nos Estados Unidos, neste sábado (24), após ameaças de bomba consideradas "verossímeis" pelas autoridades norte-americanas. As aeronaves pousaram no Aeroporto Internacional Hartsfield-Jackson em segurança. Foram realizadas buscas dentro das aeronaves e nada foi encontrado.


"Ambos os aviões foram inspecionados e não foram encontrados explosivos", disse à EFE Stephen Emmett, agente especial do FBI em Atlanta, que indicou que há uma investigação aberta.

Os voos afetados foram o 1156 da Delta Air Lines procedente de Portland (Oregon) e o 2462 da Southwest Airlines procedente de Milwaukee. Após a ameaça de bombas, os voos chegaram a ser escoltados por dois F-16 do Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte (Norad), como medida de pre…

Sindicato dos Aeronautas repudia críticas de consumidor à aparência de comissárias

Cliente da Aerolíneas Argentinas reclamou, em rede social, que aeromoças da empresa são todas ‘baixas e gordas’. Em resposta, companhia rebateu: ‘preconceito deixamos em terra’
O Globo

RIO - O Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) no Brasil classificou como “preconceituosa” a crítica feita por um passageiro da companhia aérea Aerolíneas Argentinas, que usou a página da empresa no Facebook para criticar a aparência de suas comissárias de bordo. Ele escreveu: “O que mais me chama a atenção é o baixo nível das comissárias da empresa. Antigamente eram altas, esbeltas e impunham respeito. Hoje são todas baixas e gordas e deixam muito a desejar a respeito do voo”. Em resposta, a empresa rebateu os argumentos do consumidor, com um post feito abaixo da publicação, explicando os critérios de contratação e finalizando em grande estilo: “Os preconceitos não saem para voar. Nós os deixamos em terra. Saudações”.

Portal de notícias argentino reproduziu publicação - DIVULGAÇÃO / REPRODUÇÃO/FACEBOOK

O …

Trabalhadores do setor aéreo fazem protesto e atrasam voos

Manifestação ocorre nesta manhã em SP, RJ, PR, GO, MG e DF.
Trabalhadores reivindicam, entre outros pedidos, reajuste salarial.
Do G1, em São Paulo

Por aumento de salários, os trabalhadores do setor aéreo fizeram protesto na manhã desta quinta-feira (22) em aeroportos brasileiros, causando atraso em voos. Às 17h, dos 1665 voos domésticos programados, 291 (17,5% do total) estavam atrasados e 138 (8,3%) foram cancelados, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).
Aeronautas e aeroviários reunidos em frente ao embarque doméstico do Aeroporto JK (Foto: G1/Reprodução)

As manifestações ocorreram nos aeroportos de Congonhas, em São Paulo, Guarulhos, na Grande São Paulo, além dos aeroportos de Santos Dumont e Antonio Carlos Jobim, ambos no Rio de Janeiro.

A paralisação também atingiu o Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, Paraná, o Aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília, o Aeroporto Internacional Hercíl…

Parte principal da fuselagem do avião da AirAsia é localizada, diz ministro

Destroços foram localizados pela Marinha de Cingapura, segundo ministro.
Avião com 162 a bordo caiu em 28 de dezembro no Mar de Java.
Do G1, em São Paulo

A principal parte da fuselagem do avião da AirAsia que caiu com 162 pessoas no dia 28 de dezmebro foi encontrada por um navio da Marinha de Cingapura nesta quarta-feira (14), informou o mninistro da Defesa de Cingapura, segundo a emissora de TV "Channel NewsAsia".
Imagem feita por veículo submarino mostra a principal parte da fuselagem do avião de AirAsia desaparecido no fundo do mar, encontrada nesta quarta pela Marinha de Cingapura (Foto: Reprodução/Facebook/ Ng Eng Hen - Defence Minister )

Ele disse acreditar que a localização da principal parte da aeronave ajude a dar alguma forma de encerramento para as famílias das vítimas.

"Imagens feitas por um veículo operado remotamente mostram parte de uma asa e palavras escritas na fuselagem. Nós informamos a Basarnas [agência de buscas e resgates da Indonésia], que pode agora co…

Avião da AirAsia pode ter sofrido explosão antes de cair na água

Informação foi dada pela agência nacional de buscas da Indonésia.
Caixa-preta da aeronave foi retirada do mar nesta segunda.
Do G1, em São Paulo

O avião da AirAsia que caiu no Mar de Java no dia 28 de dezembro provavelmente sofreu uma explosão antes de atingir a água, disse a Agência Nacional de Busca e Resgate da Indonésia nesta segunda-feira (12), após uma das duas caixas-pretas da aeronave ser retirada da água. As informações são da agência Reuters.

Segundo S.B Supriyadi, diretor da agência, os destroços encontrados indicam que houve uma mudança de pressão na aeronave antes de ela atingir a água, cuja causa provável é uma explosão.

“Minha análise é, baseada nos destroços encontrados e em outras informações, que o avião sofreu uma explosão antes de cair na água”, disse Supriyadi a repórteres.

De acordo com ele, o lado esquerdo do avião parece ter se desintegrado, apontando para uma mudança de pressão que pode ter sido causada por uma explosão.

A informação, entretanto, foi questionada pelo…

Indonésia não encontra caixas-pretas em cauda de avião acidentado

Parte da aeronave que deveria abrigar gravação é retirada do mar.
Avião com 162 pessoas caiu no Mar de Java há duas semana.
BBC

Equipes de busca conseguiram trazer a cauda do avião acidentado da AirAsia para a superfície do Mar de Java, na Indonésia.
Parte da cauda do avião da AirAsia flutua no Mar de Java. Equipes buscam as caixas-pretas do Airbus, que geralmente ficam localizadas nesse ponto (Foto: Adek Berry/Pool/AFP)

Elas amarraram aos destroços da aeronave aparelhos que se inflam no fundo do oceano e funcionam como boias.

Mas a alegria das autoridades da Indonésia com o sucesso da operação durou pouco.

Especialistas em aviação constataram ainda no mar que as caixas-pretas, que deveriam estar na cauda do avião e poderiam esclarecer as causas do acidente com suas gravações, não estavam lá.

Acredita-se que o mau tempo colaborou para que o voo QZ8501 tenha caído com 162 pessoas a bordo há duas semanas.

Indonésia diz ter detectado sinais das caixas-pretas do avião da AirAsia

Segundo a Reuters, informação é de investigador do Comitê de Transportes.
Equipes trabalham para retirar cauda da aeronave do fundo do Mar de Java.
Do G1, em São Paulo

As equipes de resgate que procuram pelos corpos de vítimas e pelos destroços do avião da AirAsia que caiu no Mar de Java, na Indonésia, informaram que detectaram sinais que seriam das caixas-pretas do avião. Na quarta-feira (7), foi localizada a cauda do avião, que é o local onde normalmente ficam os equipamentos, que guardam diálogos do piloto e dados do voo. 
Mergulhadores em botes infláveis ajudam em operações de busca no Mar de Java (Foto: REUTERS/Adek Berry/Pool )

"Um barco detectou os sons. Os mergulhadores tentam recuperar" as caixas-pretas, declarou à AFP S.B. Supriyadi, um dos responsáveis pelas operações no mar de Java. "A localização dos sons se situa perto da região onde a cauda do avião foi encontrada" na quarta-feira, acrescentou.

As caixas-pretas emitem sinais acústicos que, em geral, podem …

Parte de hangar desaba em Congonhas e danifica quatro aeronaves

Local é usado pela empresa Target Táxi Aéreo. Espaço da TAM também teve avaria
Veja São Paulo

Parte de um hangar usado pela Target Táxi Aéreo desabou hoje, por volta das 19h, no aeroporto de Congonhas, devido às fortes chuvas.


De acordo com o Corpo de Bombeiros, ninguém se feriu. A Infraero diz que ao menos quatro aeronaves foram danificadas.

Um Hangar usado pela TAM também foi danificado, mas não chegou a desabar.

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) afirma que o Aeroporto de Congonhas teve rajadas de vento de 85 quilômetros por hora às 18h30. Por isso, fechou para pousos e decolagens. Com a melhora do tempo, as operações foram reiniciadas.

O temporal, com ocorrência de granizo, deixou diversas vias da cidade intransitáveis.

Mais de 3 milhões de viagens foram realizadas no AM em 2014, diz Infraero

Número representa aumento de quase 8% em relação a 2013.
Apesar da Copa, janeiro foi mês com maior número de passageiros.
Camila Henriques Do G1 AM
O amazonense viajou mais em 2014 do que no ano anterior. Em levantamento, a Empresa de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) apontou um aumento de 7,87% no número de viagens entre janeiro de novembro deste ano, totalizando 3.043.665 passageiros contra os 2.821.640 de 2013.


Segundo dados divulgados pela Infraero, o mês de janeiro registrou o maior número de passagens de 2014, com 309.204, enquanto fevereiro teve a menor quantidade, com 257.222. Janeiro também teve o maior índice de viagens ao exterior, com 23.036. Já abril teve o menor número, com 15.693. O número total de embarques e desembarques internacionais chegou a 215.783, o que representa um crescimento de 0,31% em relação a 2013.

Em entrevista ao G1, a superintendente do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, Socorro Pinheiro, apontou a Copa do Mundo e a inclusão dos trechos Manaus-Ven…

Relatório traz 10 companhias aéreas mais seguras; 2014 teve 21 acidentes fatais

Critérios incluem histórico operacional das empresas e parâmetros de segurança adotados.
BBC Brasil

A companhia aérea australiana Qantas foi considerada a mais segura em um ranking do site AirlineRatings.com, que avaliou 449 empresas de aviação segundo critérios de segurança.


O levantamento leva em conta se a companhia aérea é certificada pelo sistema de avaliação de segurança da Associação Internacional de Transportes Aéreos, se está na lista de empresas banidas dos espaços aéreos da União Europeia e dos Estados Unidos (que vetam empresas de histórico negativo de manutenção ou de países com baixa regulação do setor), se a empresa teve algum acidente fatal nos últimos dez anos e se o seu país de origem segue parâmetros de segurança aérea, entre outros critérios.

Ao lado da Qantas, que nunca registrou um acidente fatal na atual era de aviões a jato, ficaram no topo do ranking do AirlineRatings.com as empresas (em ordem alfabética) Air New Zealand, Cathay Pacific Airways, British Airways, E…

Defeito no sistema da TAM provoca atrasos em 11 voos no Aeroporto Internacional Tom Jobim

Devido ao problema, as filas são longas nos guichês da empresa no Terminal 2
Taís Mendes | O Globo

RIO - Problemas no check-in da TAM provocaram atrasos em 11 voos e longas filas no Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador, na manhã desta segunda-feira. De acordo com a concessionária Rio Galeão, o problema ocorreu no sistema da empresa em todo o Brasil e começou por volta da 4h.



Às 7h22m, o sistema já funcionava normalmente e dos 11 voos atrasados, três já haviam decolado. As filas, no entanto, ainda são longas nos guichês da empresa no Terminal 2 do Galeão. Mesmo na fila preferencial, passageiros estão levando mais de uma hora.

Devido ao problema, houve um princípio de tumulto, quando algumas pessoas tentavam furar a fila.


Piloto morre após queda de monomotor em área rural do PR

Vítima tinha 19 anos e morreu na hora, segundo os Bombeiros.

Acidente aconteceu na noite de domingo (4), em Toledo, no oeste do PR.
Do G1 PR
Aeronave caiu em uma área rural da região (Foto: Raquel Moraes / RPC)

Um jovem morreu após a queda de um avião monomotor em uma área rural de Toledo, no oeste do Paraná, por volta das 20h30 de domingo (4). Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima tinha 19 anos e era o piloto da aeronave. Não havia passageiros. O monomotor tinha saído de um aeroporto da cidade, ficou sem controle e caiu.

Ainda conforme os Bombeiros, a aeronave passará por uma perícia nesta segunda-feira (5). Na propriedade rural, ninguém ficou ferido.

Criança de 7 anos sobrevive a queda de bimotor nos EUA; 4 morrem

Acidente aéreo ocorreu no Estado de Kentucky nesta sexta-feira (2).
Menina foi até casa de morador que acionou o Serviço de Emergência.
Do G1, em São Paulo

Uma menina de 7 anos sobreviveu a queda de um avião bimotor em Eddyville, no sudoeste do estado de Kentucky nesta sexta-feira (2), em um acidente que deixou quatro pessoas mortas, indicaram as autoridades locais. De acordo com rede CNN, a polícia informou que a criança foi levada para um hospital da região com ferimentos leves e não corre risco de morrer.

Ainda de acordo com a polícia, entre os mortos estão o piloto do avião e três passageiros, ainda não identificados. Os controladores aéreos que cuidavam da área afirmaram que receberam um contato do piloto do Piper PA-34 reportando falhas no motor antes de perder a comunicação. Por enquanto, não se sabe a rota que a aeronave seguia.

O Serviço de Emergência foi acionado por um morador da região depois que a criança foi até a casa dele e relatou que tinha se envolvido em um acidente. O c…

Gelo nos motores do avião pode ser a causa do acidente da Air Asia

Informação é da agência de meteorologia da Indonésia.
Já foram encontrados e resgatados 31 corpos de vítimas.
France Presse

O clima foi o "fator desencadeante" do acidente de avião da Air Asia, prejudicando os motores pela formação de gelo, afirmou a agência de meteorologia indonésia, enquanto as equipes de buscas continuavam os trabalhos neste domingo.


As equipes de resgate continuam tentando recuperar os corpos de mais vítimas e outros destroços da aeronave, sobretudo as caixas pretas do Airbus A320-200.

A aeronave transportava 162 pessoas a bordo e caiu no mar de Java no dia 28 de dezembro, depois de enfrentar muitas nuvens depois da decolagem na cidade indonésia de Surabaya, em direção a Cingapura.

"Com base nos dados de que dispomos, juntamente com localização e o último contato com a aeronave, o clima foi o fator desencadeante do acidente", afirmou a agência em seu site na internet.

"O fenômeno meteorológico mais provável é a formação de gelo, que pode danifica…

Experts apresentam nova versão do acidente do avião da AirAsia

O avião de passageiros da AirAsia que desapareceu perto da costa indonésia poderia ter conseguido pousar no mar, mas em breve se afundou por causa das grandes ondas, informa esta quinta-feira a mídia ocidental.
Voz da Rússia

"Se o avião tivesse embatido na água, terra ou algum monte, o detentor ELT deveria ter transmitido o sinal de catástrofe. Mas neste caso não houve esse sinal, e eu acho que isso aconteceu porque não houve grande impacto durante o pouso", acredita o expert em aviação Dudi Sudibyo que acompanha a investigação do voo QZ8501.



Foto: AP/Trisnadi Marjan

Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2015_01_01/Experts-apresentam-nova-vers-o-do-acidente-do-avi-o-AirAsia-0707/
A mesma hipótesa foi expressa pelo ex-comandante da Força Aérea da Indonésia Chappy Hakim. "Cheguei à conclusão que o avião não explodiu no ar. Além disso, o avião não poderia bater fortemente na água. Caso contrário os corpos de vítimas não estariam intactos", disse ele a jornalistas.

Os ex…