Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2011

Passagem aérea sobe 56% e lidera ranking inflacionário

Por Arícia Martins | ValorDe São PauloOs itens que figuram como vilões da inflação em 2011 não trazem grande surpresa. De janeiro a novembro, as maiores pressões sobre os preços vêm de refeição, empregado doméstico, ônibus urbano, aluguel residencial e gasolina, quando se considera o peso de cada um no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Levando-se em conta apenas as variações absolutas, sem ponderações, o ranking da inflação fica muito mais curioso. A liderança fica com as passagens aéreas, que acumulam avanço de 56,1% no período.Após longo período de forte competição entre companhias aéreas - que pressionou a redução nos preços das passagens -, os bilhetes estão retornando a seu patamar, já que o ajuste para baixo não era sustentável, diz o economista Thiago Curado, da Tendências Consultoria."A competição bastante intensa começou a causar problemas financeiros para essas empresas, que neste ano estão recuperando seus preços", diz o analista, para quem os …

'A percepção é de que o serviço está ruim'

Segundo presidente da Anac, em 2012, haverá um incentivo para o acesso de novas companhias aos aeroportos saturadosGLAUBER GONÇALVES / RIO - O Estado de S.PauloHá cinco meses à frente da Agência Nacional de aviação Civil (Anac), Marcelo Guaranys, 34 anos, conduz a autarquia num dos momentos de maior transformação do setor aéreo no Brasil. Com um crescimento do número de passageiros que chegou a superar o da China este ano, o País entregou pela primeira vez um aeroporto à iniciativa privada e vê o desafio de manter a concorrência num cenário de concentração crescente, com a proliferação de operações de fusão e aquisições entre companhias aéreas.Para isso, uma das primeiras medidas da Anac no ano que vem será rever as regras de redistribuição de slots (permissões para pousos e decolagens nos aeroportos) para privilegiar o acesso de novas companhias em aeroportos saturados. As concessões, porém, ainda devem exigir por mais um tempo a atenção de Guaranys e dos servidores da Anac, que têm …

Fator Infraero

O GloboDe 9h até pelo menos meio dia de ontem, nenhum avião pode decolar ou pousar no Aeroporto de Jacarepaguá, no Rio, porque o caminhão de água operado pelos bombeiros, pertencente à Infraero, não... pegava. O pesadão velho de guerra tem 30 anos de uso. Muitos Vips não puderam pousar com seus jatinhos na volta do feriadão.

Voo Air France Paris-Nova York retorna por problemas em anticongelante

AFPPARIS, 26 dez 2011 (AFP) -Um avião da Air France que cobria a rota Paris-Nova York no domingo regressou pouco depois de decolar ao aeroporto parisiense Charles de Gaulle (CDG) devido a um problema em um dos sistemas anticongelantes, informou a companhia.

"O voo AF08 de 25 de dezembro regressou ao CDG como medida de precaução devido a um pequeno incidente em uma das comportas anticongelantes, em um contexto hibernal", explicou à AFP uma porta-voz da Air France.

"Fora deste contexto, o voo poderia ter sido realizado", acrescentou a fonte, que informou que a aeronave, um Airbus A330, tem "múltiplos dispositivos que permitem enfrentar o gelo".

Encontravam-se a bordo do avião 187 passageiros e 12 membros da tripulação, e a aeronave decolou pela primeira vez às 19H04 (16H04 de Brasília) e retornou às 21H54 (18H54 de Brasília).

"O avião voltou a decolar às 23H52 (20H52 de Brasília) depois de consertar a comporta e enchê-la de querosene", explicou a …

Subcomissão vai propor nova lei para a aviação

Colegiado, cuja criação foi aprovada ontem, terá 12 meses para realizar clico de debates e apresentar proposta de nova legislação sobre tudo que envolve o setor, inclusive jornada de trabalhoJornal do SenadoCom 13 mil aeronaves, Brasil tem o segundo maior mercado de aviação do mundo, segundo Vicentinho Alves subcomissão temporária com cinco senadores vai discutir a aviação civil durante 12 meses, realizando ciclo de debates sobre a situação de todos os segmentos da aviação nacional. Ao final, o colegiado apresentará proposta para -atualizar a legislação sobre a área. A criação da subcomissão, que funcionará no âmbito da Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI), foi aprovada ontem devido a requerimento de Vicentinho Alves (PR-TO). Apesar do prazo de um ano, ele acredita que a subcomissão deverá concluir os trabalhos em seis meses. Na avaliação do senador, há necessidade de atualizar as leis que regem a aviação civil, uma vez que a legislação é anterior à promulgação da Constituição.…

Agência prevê mais eficiência com concessões ao setor privado

Daniel Rittner | ValorDe BrasíliaA decisão de conceder três Aeroportos de grande porte à iniciativa privada não foi tomada somente para acelerar obras de infraestrutura, mas para aplicar uma espécie de "choque de gestão", segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). "Com esse modelo, estamos esperando técnicas de operação mais eficientes e como tornar o fluxo de passageiros melhor", afirma o diretor-presidente da agência, Marcelo Guaranys.Ele justifica a decisão de manter a Infraero, contrariando as recomendações do Tribunal de Contas da União (TCU), com 49% de participação nos consórcios que vão administrar os terminais de Guarulhos, Viracopos e Brasília. Depois do leilão, 4% das ações podem ficar com os empregados da estatal, via FGTS. "A ideia de incluir a Infraero no modelo é permitir que ela continue recebendo recursos pela administração desses Aeroportos e possa absorver as inovações introduzidas pelos novos concessionários", diz.Guaranys adm…

Anac aperta cerco sobre as companhias aéreas

Daniel Rittner | ValorDe BrasíliaEmpresas aéreas que tiverem índices elevados de atrasos e cancelamentos vão perder parte de seus voos em horários disputados de Aeroportos como Guarulhos, Brasília, Confins e Santos Dumont.Embora ainda preservem "janelas" livres em períodos de menor demanda, esses quatro Aeroportos têm faixas de horários completamente lotadas, como o início da manhã e o fim da tarde, dificultando a entrada de novos concorrentes que queiram voar nos períodos de pico.Hoje, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) já pode redistribuir os "slots" (autorizações de pousos e decolagens) de empresas que não cumprem índices trimestrais de 80% de regularidade e pontualidade, mas a regra só vale para Aeroportos congestionados durante todo o dia, o que na prática limita sua aplicação a um único caso: o Aeroporto de Congonhas.No primeiro trimestre de 2012, essa norma mudará e será aplicada por faixas de horário, segundo o diretor-presidente da Anac, Marcelo Gu…

Aeronautas aceitam proposta e desistem de greve; aeroviários mantêm paralisação

Guilherme Balza
Do UOL Notícias*, em São PauloEm assembleias realizadas na tarde desta quinta-feira (22), os aeronautas (funcionários que trabalham em voo) aceitaram a proposta das empresas aéreas e decidiram desistir da greve anunciada para começar hoje, às 23h. As assembleias foram realizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belém. A decisão vale para todos os Estados.Já os aeroviários (que trabalham em solo) decidiram, em assembleias realizadas ontem (21), manter a paralisação, segundo Selma Balbino, presidente do Sindicato Nacional dos Aeroviários. A sindicalista afirmou que a greve deve atingir os aeroportos do Galeão (Rio de Janeiro), Cofins (Belo Horizonte), Brasília e Fortaleza a partir de 23h.No aeroporto de Congonhas, em São Paulo, onde parte dos aeroviários paralisaram nesta quinta, uma assembleia na segunda-feira (26) decidirá se haverá greve ou não. A assembleia seria realizada nesta quinta-feira, mas foi adiada após reunião no Tribunal Regional do Trabalho hoje…

Greve em 5 aeroportos deixa 12% de voos com atrasos

Imagem
Em São PauloCom a paralisação dos aeroviários, funcionários dos aeroportos que trabalham em terra, deflagrada na tarde de ontem, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) registrava, às 7 horas desta sexta-feira (23), atrasos em cerca de 12% dos voos programados para o período em todo o País. Entre os 458 voos domésticos previstos para decolar até as 7 horas de hoje, 54 (11.8%) partiram com atrasos de mais de meia hora. Outros 11 (2.4 %) voos estavam atrasados no horário entre 6 e 7 horas e 17 (3.7 %) foram cancelados.Nos aeroportos Tom Jobim, no Rio, Confins, em Belo Horizonte, de Fortaleza, Brasília e Salvador, onde os aeroviários estão em greve desde a tarde de ontem, o movimento ainda estava normal no começo da manhã.Em Brasília, o movimento de passageiros estava normal para o período, sem grandes filas no saguão. Entre os 11 voos programados, cinco registraram atrasos e nenhum foi cancelado.Em Belo Horizonte, entre os 15 voos previstos, dois estavam atrasado…

Ameaça de greve no ar

Patrões e empregados não chegam a acordo sobre reajuste e categoria promete parar dia 22Mônica Tavares – O GloboTerminou sem acordo entre patrões e empregados do setor aéreo a reunião de conciliação ontem no Tribunal Superior do Trabalho (TST). Os trabalhadores comunicaram à Justiça que vão parar as atividades em todo o país a partir das 23h da próxima quinta-feira, dia 22. Eles se comprometeram apenas a manter 20% do efetivo trabalhando. As empresas não cederam em sua proposta, de reajuste de 6,17% referente ao INPC dos últimos 12 meses. Aeronautas e aeroviários continuaram recusando a oferta, defendendo aumento mínimo de 7%. A reivindicação inicial era de reajuste entre 10% e 14%.A Advocacia-Geral da União (AGU), que acompanha as negociações, vai pedir ao Ministério Público do Trabalho (MPT) que entre com um pedido de arbitragem no TST para impor limites à greve no setor aéreo, a fim de evitar "uma situação caótica nesse momento de festividades, em que o transporte aéreo é usad…

Avião que não voa desaparece de museu na Holanda

Do UOL Notícias*, em São PauloUm modelo de caça americano desapareceu misteriosamente de um pequeno museu na Holanda. Os donos do local esperam que tudo não passe de uma "pegadinha" dos ladrões.
O Museu Vliegbasis Deelen, em Arnhem, sentiu a falta de um modelo que não funciona de um Lockheed Starfighter na manhã do último domingo (18).Edwin van Brakel, diretor do museu, disse na segunda-feira (19) que é um mistério como os ladrões conseguiram retirar uma aeronave com 10 metros de comprimento e com cerca de 500 kg. "Ele não caberia atrás de um carro", disse.
Van Brakel disse que o roubo parece ser um trote porque os ladrões deixaram um bilhete no local com a frase: "voe longe. Vejo vocês no próximo ano".*Com informações da Associated Press

Demora na privatização dos aeroportos preocupa

Por Gleise de Castro | Para o Valor, de São PauloO aeroporto de São Gonçalo do Amarante, a 28 quilômetros de Natal (RN), começou a ser construído há 14 anos, mas até hoje só tem a pista de pouso, embora esta seja uma das melhores do Brasil, segundo a presidente Dilma Roussef. Sua escolha para inaugurar a entrada da iniciativa privada na construção e exploração dos aeroportos não poderia ser mais simbólica da situação precária do setor no país. Com a Copa se aproximando e a expectativa de um movimento três vezes maior nos aeroportos, a privatização é a melhor maneira, no entender do governo, de apressar as obras espalhadas pelo país. Muitos acreditam, porém, que mesmo com as concessões não há mais tempo hábil para concluir as obras dos principais aeroportos até a Copa.O aeroporto do Rio Grande do Norte, previsto para ficar pronto até 2014, será construído e explorado pelo consórcio Inframérica, formado pelas empresas Engevix e Corporación América, que venceu o leilão de 28 de novembro.…

Novo terminal de Guarulhos não será entregue antes do Natal

Portal TerraA entrega do terminal remoto de passageiros do Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, que pretende ampliar a capacidade de atendimento no local, será entregue somente em janeiro, mas dentro do prazo inicial, informou a Infraero neste domingo. A entrega do terminal havia sido antecipada para o dia 20 de dezembro para aliviar a movimentação de fim de ano, mas a queda de uma estrutura metálica no começo de dezembro atrasou as obras.Segundo a Infraero, mesmo com o desabamento da estrutura, a obra será entregue dentro do prazo oficial, até 21 de janeiro. O órgão disse que para dar maior agilidade e atender a demanda do grande número de passageiros do aeroporto no final do ano, todas as folgas dos funcionários foram suspensas.A queda da estrutura aconteceu em 2 de dezembro e deixou dois operários feridos. A obra do terminal remoto está orçada em R$ 85,7 milhões e a empresa Delta foi contratada sem licitação. Por isso, a obra chegou a ser suspensa pela Justiça…

Caos superfaturado

Polícia Federal encontra desvios de R$ 1,2 bilhão em obras da Infraero nos aeroportos de Brasília, Goiânia, Guarulhos, Vitória e Congonhas (SP)Vinicius Sassine – Correio BrazilienseA revisão pela Polícia Federal (PF) de um dos casos mais rumorosos nas gestões petistas revelou a amplitude dos desvios do dinheiro público e a persistência dos riscos nos aeroportos brasileiros. Depois de deflagrar a Operação Caixa Preta, em janeiro de 2010, a PF continuou a investigar os contratos assinados pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) para execução de obras em dez aeroportos. Um novo laudo foi produzido por peritos do Instituto Nacional de Criminalística, da PF, em fevereiro deste ano. O valor do superfaturamento nas obras, a cargo de diferentes empreiteiras, foi revisado de R$ 991 milhões para R$ 1,2 bilhão, valor efetivamente pago de forma indevida, segundo os peritos. O Aeroporto Internacional de Brasília – Presidente Juscelino Kubitschek foi o segundo com maior v…

Em meio a críticas, OHL Brasil se prepara para mais concessões

Por Fábio Pupo e Carlos Prieto | ValorDe São PauloNo setor de infraestrutura, poucas empresas são tão criticadas em relação a seus investimentos quanto a OHL Brasil. Os ataques começaram quando a companhia de origem espanhola, então novata em território nacional, provocou a ira de empreiteiras brasileiras ao arrematar a concessão de cinco das sete rodovias federais leiloadas no governo Lula, em 2007. Por ter sido o grande vencedor do leilão, o grupo também está até hoje no centro dos ataques ao modelo petista de concessões. Até então resguardada e com pouco contato com a imprensa, a OHL Brasil agora rompe o silêncio. Além de se preparar para disputar a nova rodada de concessões federais em estradas e o visado leilão de aeroportos, anuncia a possível entrada no mercado portuário. "Os incomodados que continuem incomodados", avisa o presidente da OHL Brasil, José Carlos Ferreira de Oliveira Filho.Em entrevista ao Valor, Oliveira Filho admite que todos os principais investimento…

"Já tem gente nervosa", diz presidente sobre aeroportos

Por Fábio Pupo e Carlos Prieto | ValorDe São PauloEm entrevista, o presidente da OHL Brasil, José Carlos Ferreira de Oliveira Filho, fala sobre a complexidade do requerimento para licenças ambientais, diz que não falta dinheiro para as obras e credita as críticas a articulações da política e ação dos concorrentes.Valor: A reação dos grupos concorrentes logo após sua vitória no leilão das rodovias em 2007 surpreendeu? Sua oferta foi agressiva.José Carlos Ferreira de Oliveira Filho: Mas bem calculada. Porque acreditamos no crescimento do Brasil e do tráfego das estradas. Tanto que nossas expectativas estão se cumprindo.Valor: Falou-se na época que ou a OHL não conseguiria bancar o investimento ou não teria rentabilidade para o acionista. Que balanço se faz passados esses quatro anos?Oliveira Filho: O acionista está satisfeito. Queria entrar em concessões e criar mercado. As ações estão valorizadas, os acionistas respeitam a gente e a empresa tem bom desempenho. E todos aguardam a entrad…

DPDC no encalço das aéreas

SÍLVIO RIBAS – Correio BrazilienseO Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça, está cobrando esclarecimentos das principais companhias aéreas do país sobre as suas práticas de cancelamento e alteração de voos.Na segunda-feira, o órgão notificou formalmente TAM, Gol, Azul, Avianca e Webjet. O órgão solicitou das empresas informações detalhadas sobre as regras de cada uma envolvendo desistências da compra do bilhete aéreo feita pela internet e a aplicação de multas nas alterações de passagens. As reclamações dos clientes dispararam nos últimos dias e devem aumentar ainda mais na próxima semana, com a proximidade do período de viagens de fim de ano. Um balanço do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mostrou ainda que o Aeroporto de Brasília é o campeão de reclamações registradas em seis juizados especiais instalados em aeroportos. De julho de 2010 a julho de 2011 foram 8.458, de um total de 18.522."Há muitas dúvidas nas remarcações e cancelament…

Greve por salários pode parar voos às vésperas do Natal

Aeronautas e aeroviários ameaçam paralisar as atividades se não houver avanço nas negociações com as companhias aéreasGLAUBER GONÇALVES / RIO - O Estado de S.PauloAeronautas e aeroviários ameaçam entrar em greve no dia 22 de dezembro, depois do fracasso de reuniões com representantes das companhias aéreas para negociar o reajuste das categorias. Os sindicatos que representam pilotos, comissários e equipes de solo pedem 10% de aumento salarial e 14% sobre os pisos, porém as aéreas mantêm a oferta de 3% sobre os salários e aumento igual à inflação acumulada em 12 meses sobre os pisos (cerca de 6%).Com a expectativa de que o número de passageiros embarcando em dezembro atinja 16 milhões, 13,6% superior ao de igual mês do ano passado, de acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), uma paralisação às vésperas do Natal e do Ano-Novo pode conturbar o sistema aeroportuário, que já opera no limite.Os representantes dos trabalhadores classificam a proposta das empresas de "provo…

Governo pressiona aéreas para evitar problemas de cancelamento de

A pouco mais de dez dias do Natal, governo cobra informações das empresas e se prepara para uma greve de pilotos e equipes de soloIURI DANTAS / BRASÍLIA - O Estado de S.PauloA pouco mais de dez dias para o Natal, o Ministério da Justiça pressiona as empresas aéreas a adotar maior transparência e melhor atendimento aos consumidores na compra, cancelamento ou remarcação de bilhetes. O cenário pode ficar ainda mais complicado com a ameaça de greve de pilotos, comissários e equipes de solo, segundo o diretor substituto do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) do Ministério da Justiça, Amaury Oliva.A Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (Fentac) ameaçou ontem cruzar os braços no dia 22 se a pauta de reajuste salarial da categoria não for atendida. Ligada à Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Fentac defende aumento de 10% nos salários e 14% nos pisos salariais. As empresas oferecem vencimentos 3% maiores e aumento de 6% nos pisos, em linha com a variaç…

Alerj quer vetar voos comerciais no Aeroporto de Jacarepaguá

Deputado diz que Infraero atua sem licença, e órgão diz que está regularNatanael Damasceno – O GloboA Comissão de Defesa do Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Rio vai pedir à Agência Nacional de Aviação Civil e ao Ministério Público a paralisação dos voos comerciais no Aeroporto de Jacarepaguá, que é administrado pela Infraero. O pedido vem depois de uma audiência pública, realizada ontem na Assembleia, onde foi discutido o barulho causado pelo tráfego de helicópteros.- A superintendente do aeroporto, Maria Lúcia Araújo Rocco, da Infraero, admitiu que o aeroporto está funcionando sem licença de funcionamento. Ela me disse que que o documento venceu e que o processo de renovação de licença ainda está em andamento. Por isso, vamos ao Ministério Público à Anac pedindo a imediata paralisação dos voos comerciais do aeroporto - afirmou o deputado Átila Nunes (PSL), presidente da comissão.A Infraero, no entanto, negou que o aeroporto esteja funcionando de forma irregular. O órgão afi…

Voos procedentes do Chile são afetados por falta de combustível

Imagem
Antonio De La Jara e Moises AvilaVoos procedentes do aeroporto internacional de Santiago, no Chile, eram afetados por uma falta de combustível que poderá durar 10 dias, disseram à Reuters fontes com conhecimento da situação nesta quarta-feira. Uma fonte do fornecedor de combustível chileno Copec disse, sob condição de anonimato, que o problema vai durar 10 dias, quando uma entrega de combustível é esperada. Separadamente, uma fonte no aeroporto internacional Arturo Merino Benítez, que também pediu para não ser identificada, afirmou que pelo menos oito voos - de passageiros e cargas - foram afetados até a tarde desta quarta-feira. A American Airlines estava entre as companhias afetadas, afirmou a fonte. A LAN informou mais cedo que estava enfrentando problemas para conseguir combustível suficiente, o que forçou a companhia a fazer "escala técnica" de dois voos internacionais em Iquique, no norte do Chile.  De acordo com o site da Infraero, todos os voos da Gol, da TAM e da L…

Cade aprova com restrições fusão entre TAM e LAN

Maurício SavareseDo UOL Economia, em BrasíliaO relator do caso da fusão da TAM com a chilena Lan no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Olavo Chinaglia, aprovou nesta quarta-feira (14) a união das duas empresas aéreas, sob a condição de que uma delas deixe sua aliança global de milhagem e que abram mão de vagas para voos entre os aeroportos de Guarulhos (SP) e Santiago, no Chile.A união entre as duas empresas cria a maior companhia aérea da América Latina, com 300 aviões e avaliada em mais de US$ 12 bilhões.O negócio já foi aprovado pelo órgão antitruste do Chile com restrições semelhantes. “Parece inviável que a nova companhia pertença a duas alianças globais mesmo que elas continuem a operar sob as mesmas marcas”, disse Chinaglia. A TAM pertence à StarAlliance, enquanto a Lan integra a Oneworld.O relator rejeitou a ideia de adversários da fusão que cogitam diminuição da concorrência por conta da entrada de uma empresa aérea estrangeira já poderosa. “No Brasil, nota-s…

Fusão TAM-LAN é boa no início, mas preços podem subir depois, dizem especialistas

Aiana FreitasEspecial para o UOL Economia, em São PauloA fusão da companhia aérea brasileira TAM com a chilena LAN traz benefícios para os passageiros no curto prazo, segundo especialistas no setor. Eles afirmam, no entanto, que o aumento da concentração pode resultar em aumento dos bilhetes no futuro.A fusão foi aprovada nesta quarta-feira (14) pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e cria a maior companhia aérea da América Latina, com 300 aviões e avaliada em mais de US$ 12 bilhões."Num primeiro momento, o consumidor pode ser beneficiado porque a rede de uma será atrelada à da outra", diz Respício Espírito Santo, presidente do Instituto Brasileiro de Estudos Estratégicos e de Políticas Públicas em Transporte Aéreo.Assim, voos nacionais da TAM devem passar a ter horários atrelados aos de voos internacionais da LAN, por exemplo. Isso fará com que o passageiro que vai viajar ao exterior passe menos tempo à espera do voo internacional.Respício Espírito Santo v…