Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2007

TAM: "Nós erramos"

Com a imagem abalada pelo caos aéreo, a TAM vai adotar um conjunto de medidas para evitar novos tumultos nos aeroportos. Será suficiente?

Por Daniella Camargos - EXAME

Nas primeiras semanas de dezembro, o engenheiro Marco Antonio Bologna, presidente da TAM, maior companhia aérea do país, experimentava a sensação de tarefa cumprida. No decorrer do ano passado, a empresa abocanhou metade do mercado doméstico, tornou-se líder de vôos internacionais e melhorou substancialmente todos os seus resultados. Com os planos da companhia para 2007 já traçados, o executivo preparava-se para tirar duas semanas de férias com a mulher e os dois filhos na Disneyworld, na Flórida. No dia 20 de dezembro, três dias antes de embarcar, Bologna teve de suspender a viagem e, desde então, acrescentou uma série de novas prioridades à estratégia anteriormente elaborada pela companhia. A primeira e mais urgente delas é reabilitar a imagem da empresa, destroçada por uma crise que se estendeu por quatro dias em meio …

Em chamas, avião de passageiros faz pouso de emergência em Moscou

da Efe, em Moscou

Um avião de passageiros russo Tupolev-154 com um motor em chamas fez hoje um pouso de emergência em um dos aeroportos internacionais de Moscou.

As autoridades aeronáuticas informaram que o avião, que voava entre a capital russa e a cidade de Orenburg, teve que retornar a seu aeroporto de origem, Domodedovo, pouco após a decolagem devido a um incêndio em uma de suas turbinas.

Segundo a agência Interfax, os pilotos avisaram sobre a emergência à torre de controle quando o aparelho, com capacidade para até 180 passageiros, estava a 1.700 metros de altitude.

A aterrissagem de emergência aconteceu sem problemas, 11 minutos após a identificação do incêndio na aeronave.

Brasileiros de Boeing que fez pouso forçado na Venezuela chegam a São Paulo

da Folha Online

O avião trazendo os brasileiros que estavam no Boeing-777 da American Airlines que fez um pouso de emergência ontem em Caracas, na Venezuela, aterrissou às 11h43 deste sábado no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, segundo a companhia aérea. Ainda não há informações exatas sobre quantos são os passageiros que estão desembarcando em Cumbica.

O vôo 995 da American Airlines deixou o aeroporto de Miami, nos Estados Unidos, às 23h30 locais (3h30 em Brasília) de quinta-feira, e a previsão era que aterrissasse em Cumbica às 10h30 de ontem.

No entanto, o avião --que transportava 14 tripulantes e 225 passageiros, grande parte dos quais brasileiros-- apresentou problemas na parte elétrica, por isso ele precisou fazer um pouso no aeroporto mais próximo, na capital venezuelana, na manhã de sexta-feira. Ninguém ficou ferido.

De acordo com as agências internacionais de notícias, o incidente ocorreu devido a um curto-circuito no painel de controle da aeronave.

Todos …

EADS e Dassault Aviation saem da Embraer

Nelson Düring

Em 24 de janeiro, a Dassault Aviation, a European Aeronautic Defense and Space - EADS e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES, através de sua subsidiária BNDES Participações, anunciaram a intenção de vender ações de sua propriedade da Embraer, juntando-se aos fundos de pensão Previ, do Banco do Brasil, e Sistel, das empresas de telefonia, que em 19 de dezembro de 2006 já haviam informado ao mercado a intenção de alienar parte das ações de sua titularidade.

A grande novidade da atualização da oferta foi a decisão da Dassault Aviation e da EADS em vender a totalidade das ações que detêm da companhia brasileira, conforme informado na página 139 do prospecto preliminar da oferta protocolado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) em 24 de janeiro (documento com 671 páginas). De acordo com o prospecto, documento que contém informações das companhias vendedoras, da Embraer e da oferta, em 16 de janeiro de 2007, a EADS e a Dassault Aviation detinham cada…

Greve da British Airways causa o cancelamento de 700 vôos

FOLHA DE SÃO PAULO - DE LONDRES

Uma greve dos funcionários de cabine por questões salariais fez com que a British Airways, principal empresa aérea do Reino Unido, cancelasse preventivamente 700 vôos marcados para os dias 30 e 31 de janeiro.

A decisão, anunciada ontem, abrange todos os vôos com saída do aeroporto de Heathrow, o principal do país, em Londres -afetando, entre outros, os que tinham como destino o Brasil.

Já as chegadas de vôos de longa distância em Heathrow foram apenas parcialmente canceladas -no site da empresa (www.ba.com) ainda estavam a venda, até ontem, passagens de SP para Londres nos dias 30 e 31.

A assessoria de imprensa da companhia no Brasil informou que os bilhetes de passageiros brasileiros para vôos afetados pela greve serão transferidos para vôos em outras datas. Em alguns casos, os embarques serão feitos em companhias aéreas parceiras da British.

De acordo com a BA, mais de 140 mil passageiros serão atingidos caso a greve se confirme - a cúpula da empresa se re…

Justiça do Rio determina que a Anac devolva rotas de Congonhas à Varig

O juiz Paulo Roberto Campos Fragoso, em exercício na 1ª Vara Empresarial do Rio, determinou nesta sexta-feira (26/1) que a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) inclua imediatamente na malha oficial da Nova Varig 22 slots (espaços e horários para pousos e decolagens) cancelados pela agência no Aeroporto de Congonhas.

De acordo com o Judiciário do Rio, os vôos foram retirados da Varig pela Anac no dia 22 de janeiro. A Nova Varig alegou em seu pedido que a Anac vem descumprindo decisões proferidas pela 1ª Vara Empresarial, cancelando slots que integram a UPV (Unidade Produtiva Varig) adjudicada em 15 de dezembro passado.

A agência, por sua vez, argumentou que o prazo para utilização de tais slots teve início no mesmo dia 15, e que a VRG não se utilizou de 119 deles, 23 do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Anac havia anunciado que retiraria 119 rotas da Nova Varig.

De acordo com o juiz, o prazo de 30 dias estabelecidos por norma administrativa do DAC (Departamento de Aviação Civil), …

Anac quer rever fechamento de Congonhas em dia de chuva

Agência Estado

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) estuda rever os critérios para o fechamento das pistas do Aeroporto de Congonhas em dias de chuva. Por orientação do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), desde 29 de dezembro as operações têm sido suspensas para que técnicos da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) possam medir a lâmina d'água no asfalto. O problema é que a medida, adotada mesmo em caso de chuva fraca, tem afetado a pontualidade dos vôos.

Pela sexta vez neste mês, a pista principal do aeroporto da zona sul ficou fechada ontem entre 6h15 e 6h45, causando um efeito cascata em pelo menos 11 aeroportos brasileiros. Até o meio-dia, dos 469 vôos que decolaram dos principais terminais do País, 34% registraram atrasos, principalmente pelo fechamento de Congonhas. Até aquele horário, só em Congonhas houve 34 atrasos, número que até o começo da tarde já tinha chegado a 60. No Aeroporto Salgado Filho, em Porto A…

Acidente com bimotor deixa dois mortos em Minas Gerais

Acidente teria acontecido entre os municípios de Bocaiúva e Engenheiro Navarro

Solange Spigliatti, O Estado de São Paulo, com EFE

SÃO PAULO - A queda de um avião bimotor na manhã desta quinta-feira, numa fazenda em Minas Gerais, causou a morte de duas pessoas por carbonização. Uma das vítimas foi identificada como sendo o piloto Tomaz Alencar Duraes, de 26 anos. O avião saiu de Belo Horizonte com destino a Montes claros e, de acordo com testemunhas, teria caído entre os municípios de Bocaiúva e Engenheiro Navarro.

A polícia aguardava a chegada de equipes da Aeronáutica para realizar a perícia. Dentro da aeronave, que pertence a uma empresa particular de táxi aéreo, foram encontrados malotes bancários. Ainda não há informações sobre outros ocupantes do avião, mas sabe-se que o bimotor teria caído por volta das 6h30.

Acidente com monomotor deixa dois mortos em Londrina

Duas pessoas morreram carbonizadas após a queda do monomotor Bonanza, prefixo PRJCR B36 na região do Limoeiro, próximo ao aeroporto (Zona Leste de Londrina). O acidente ocorreu por volta das 9 horas desta sexta-feira (19), a oito quilômetros da pista do aeroporto.

Morreram no acidente o piloto Valter Torres, de São José do Rio Preto, e João Carlos Ribeiro, presidente da Vetnil Group, empresa que vende vacinas para o mercado pet e equinos. Segundo o site da empresa, em junho do ano passado a Vetnil Group fundiu-se a empresa Vencofarma de Londrina, especializada em soros antiofídico e antitetânico.

Apenas a cauda e uma das asas do monomotor não pegaram fogo. O motor da aeronave está intacto.

Segundo informações prestadas pelo Corpo de Bombeiro a Rádio Paiquerê AM, a aeronave caiu em um matagal de difícil acesso. O monomotor teria decolado às 7h20 do aeroporto de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo.

IML, Siate e Polícias Civil e Militar já se encontram no local.

De acordo com a Pa…

Buscas por avião em MT entram no terceiro dia

Imagem
As buscas pelo avião monomotor PT-NTR, modelo 710 da Embraer, desaparecido desde o último domingo em Mato Grosso entraram hoje no terceiro dia. A aeronave sumiu quando decolou em Tangará da Serra com destino a Sinop. Uma aeronave e um helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB) participam das buscas. Eles sobrevoam toda a região, que foi dividida em setores.

Até o momento, não há nenhuma informação sobre o paradeiro do avião e outras hipóteses, além da queda, já são cogitadas. Ontem, o proprietário do monomotor, o empresário Josemar Petroski registrou um boletim de ocorrência na delegacia de Sinop. Segundo o Só Notícias, o delegado Richard Damaceno disse que as investigações devem ser conduzidas pela polícia de Tangará da Serra, de onde a aeronave decolou, e não descartou roubo ou seqüestro do monomotor. Ainda não está confirmado se somente o piloto, Cleverson dos Santos, que pilotava há cerca de um ano, estava a bordo. O proprietário disse à polícia que não teve nenhum contato do pilo…

Emissoras ilegais ameaçam aeronaves

Operando na mesma freqüência, rádios e telefones colocam vôos em risco

GIOVANI GRIZOTTI - ZERO HORA

Rádios piratas e telefones sem fio de longo alcance estão interferindo na comunicação entre pilotos e torres de controle de aeroportos brasileiros. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), essas transmissões invadem a freqüência do Serviço Móvel Aeronáutico, entre 108 megahertz e 137 megahertz.

Gravações divulgadas ontem à noite pelo programa Fantástico, da Rede Globo, e pela Rádio Gaúcha mostram que até músicas são ouvidas durante os procedimentos de pouso e decolagem, comprometendo a compreensão das orientações recebidas na cabine dos aviões.

Relatórios oficiais do Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta II), que controla o tráfego nos Estados do Sul, de Mato Grosso do Sul e de parte de São Paulo, mostram que um mesmo tipo de telefone chegou a provocar quatro interferências em oito dias no território gaúcho.

O sinal foi captado por ae…

FAB propõe desmilitarizar os controladores

LEILA SUWWAN
DA SUCURSAL DE BRASÍLIA - FOLHA DE SÃO PAULO

Em reunião hoje com controladores de tráfego aéreo de todo o país, a Aeronáutica irá oferecer à categoria uma saída para encerrar a crise de mais de dois meses sem de fato desmilitarizar o setor: os controladores militares poderão migrar para cargos civis, mas permanecerão subordinados ao Comando da Aeronáutica.

A "solução" atende às principais reivindicações apresentadas pela categoria -reestruturação da carreira e aumento de salário- sem que o controle do tráfego aéreo civil seja repassado a um novo órgão do Ministério da Defesa, conforme a desmilitarização sugerida pelo grupo de trabalho do governo, no dia 20 de dezembro.

"Vamos ouvir os anseios dos controladores, mas nós já temos uma idéia. O salário deles teve uma grande defasagem, mas o trabalho é de alta responsabilidade e estresse", afirmou o brigadeiro Paulo Hortênsio Albuquerque Silva, comandante do Decea (Departamento de Controle do Espaço aéreo).

&quo…

Obras do Pan permitirão ampliação do uso do terminal de Jacarepaguá

Pan terá aeroporto seguro e moderno
Rio (O Dia) - Reforma à vista no Aeroporto de Jacarepaguá, base de apoio aos Jogos Pan-Americanos. A fim de atrair aeronaves que hoje não voam no local por falta de segurança, a pista será ampliada e ganhará iluminação, o terminal de passageiros passará por reforma, e a torre receberá novo equipamento de rádio. O dinheiro virá de R$ 8,3 milhões que a União liberou para adequar os aeroportos do Rio à segurança do Pan. Detalhes serão discutidos semana que vem, em reunião da Infraero no Rio. O aeroporto é considerado ponto-chave para os Jogos, já que, no evento, será base da PM, Polícia Civil e Bombeiros. "Por isso queremos investir no local, a fim de garantir a segurança nas operações", afirmou o presidente da Infraero, brigadeiro José Carlos Pereira.A pista atual não tem iluminação, e vôos à noite acontecem sem segurança. "Empresas não voam ali por causa dos riscos. Uma reforma poderia atraí-las", acredita Fernando Alberto dos San…

Aeronáutica cria Serviços Regionais de Prevenção de Acidentes Aéreos

Brasília - Para prevenir os acidentes aéreos, o Comando da Aeronáutica criou os Serviços Regionais de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa). Eles funcionarão nos estados onde já existem os Comandos Aéreos Regionais (Comar).A portaria que cria o Seripa foi publicada hoje (9) no Diário Oficial da União. Os serviços têm como objetivo planejar e controlar as atividades relacionadas com a investigação e prevenção dos acidentes aeronáuticos, no âmbito da aviação civil.O primeiro Seripa funcionará em Belém (PA).Após o acidente com um avião da Gol, em 29 de setembro, o país passou por uma crise nos aeroportos brasileiros. Em outubro, oito controladores saíram de operação e controladores militares foram convocados para trabalhar em regime de emergência. No dia 5 de outubro, uma pane no sistema de comunicação do Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle do Tráfego Aéreo (Cindacta) de Brasília provocou a paralisação dos principais aeroportos do país.Nas vésperas de Nata…

Pista auxiliar do aeroporto de Congonhas vai ficar interditada por 75 dias

São Paulo - Uma obra de manutenção vai interditar, por 75 dias, a pista auxiliar do aeroporto de Congonhas, em São Paulo. De acordo com a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), o início está previsto para 1º de fevereiro e o custo deve ser de R$ 15 milhões.Para não afetar as operações, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) estuda ampliar o funcionamento do aeroporto em duas horas (iniciando às 5h30 e terminando à meia-noite e meia) e diminuir de 48 para 37 o número de pousos e decolagens por hora.A Associação de Moradores de Moema, bairro próximo ao aeroporto, reclama que o aumento do horário vai prejudicar a vida noturna dos moradores por causa do barulho provocado pelos aviões.Em comunicado, a Infraero afirma que “durante o período de intervenção, a pista principal estará funcionando normalmente”.Em audiência pública realizada hoje (10), em São Paulo, representantes de sindicatos ligados à área de aviação sugeriram que a obra fosse adiada para o dia 27 …

TAM indeniza por desembarcar criança a 1,5 mil km de destino

Porto Alegre - O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul condenou a TAM a pagar uma indenização de R$ 10,5 mil por danos morais por desembarcar na cidade errada, a 1.558 km de distância do destino, um garoto que viajava desacompanhado dos pais.Os autores da ação, mãe e filho, afirmaram que o menino embarcou sozinho no avião da empresa na cidade de Fortaleza, com devida autorização da companhia aérea, com destino a Porto Alegre, onde sua mãe o aguardava.No entanto, foi desembarcado por engano na cidade do Rio de Janeiro, onde permaneceu por um dia, acompanhado de funcionário da aérea.Para a relatora do recurso, desembargadora Naele Ochoa Piazzeta, "deve ser levado em consideração que as vítimas se tratam de mãe e filho, esse com sete anos de idade na época dos fatos, e foram submetidos a intensa angústia pelo erro na prestação de serviço por parte da companhia aérea".Percebendo o erro, a TAM providenciou hospedagem do menor em companhia de funcionário e o embarcou no dia seg…

Alergia Aeronáutica

O recente início do atual Ciclo de Apagão Aéreo, que iniciou no Brasil, é a parte visível de uma característica do Governo Luiz Inácio, a alergia aos assuntos aeronáuticos.

Sua primeira ação como presidente em 2 de janeiro de 2003 foi cancelar na prática o programa F-X. Porém não muito conhecida foi a preterição do Brigadeiro da reserva Renato Cláudio Costa Pereira, que desde 1997 era segundo nome da Organização de Aviação Civil Internacional (ICAO-OACI), com sede em Montreal (Canadá). Criada em 1944, é a mais antiga agência das Nações Unidas. Costa Pereira seria indicado o secretário-geral e o Brasil ocuparia pela terceira vez o importante ó…

AUTORIDADES DIZEM QUE SINAL DE SOCORRO DE AVIÃO FOI DETECTADO

Avião indonésio está desaparecido desde segunda-feira. Sinal teria sido detectado na própria segunda, segundo autoridades.

MAJENE, Indonésia - As operações de busca do Boeing 737 com 102 pessoas a bordo que desapareceu na segunda-feira (1) na Indonésia concentravam-se nesta sexta-feira (5) numa zona do noroeste da Ilha de Célebes, após a detecção, há três dias, de um sinal emitido pela baliza de socorro. O sinal foi detectado na segunda-feira pelo aeroporto Sam Ratulangi, em Manado (norte de Célebes), perto do povoado costeiro de Nuangan (110 km a sudoeste de Manado), no distrito de Bolaang Mongondow, mas a notícia só foi divulgada nesta quinta-feira (4)."Recebemos um novo sinal da baliza de socorro, que foi detectado pela torre de controle do aeroporto de Sam Ratulangi", declarou Eddy Suyanto, comandante da base aérea de Macassar, citado pelo jornal Republika.Eddy Suyanto afirmou que o sinal foi detectado quando o Boeing desapareceu do radar na segunda-feira, sem explicar p…

ANAC VAI EXIGIR PLANO DE CONTINGENCIAMENTO DE EMPRESAS

Agência quer que empresas tenham plano de reserva de aeronaves. TAM passará por auditoria formal para detalhar atrasos do Natal.

Mirella D'Elia, do G1, em Brasília
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) pretende baixar ainda este mês uma portaria exigindo das empresas aéreas um plano de contingência para evitar que transtornos nos aeroportos, como o que ocorreu no Natal, se repitam. Segundo o presidente da Anac, Milton Zuanazzi, uma das principais exigências é que as empresas elaborem um plano de reserva de aeronaves. “O sistema foi muito perto do limite. A equação tem que fechar”, disse Zuanazzi.A Anac deve repetir no carnaval o plano emergencial que foi posto em prática no ano novo, com o monitoramento online de reservas de passagens. O esquema tem como objetivo evitar o overbooking (venda de passagens acima da capacidade das aeronaves), o cancelamento de vôos e mudanças de rotas programadas. Zuanazzi negou que a medida seja uma intervenção da agência reguladora. “Preocupação …

Viúva de passageiro morto em acidente da Gol tem pedido de informações negado

Brasília (O Dia) - A viúva de Francisco Augusto Marques Garcia Júnior, passageiro morto no acidente aéreo com o Boeing da Gol, em setembro de 2006, teve negado o pedido de informações sobre a investigação para apuração das responsabilidades pelo acidente. O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Raphael de Barros Monteiro Filho, rejeitou o pedido de liminar feito por Patrícia Abrahim Barbosa Garcia e os dois filhos menores. Patrícia impetrou o mandado de segurança com pedido liminar contra um ato do ministro da Defesa Waldir Pires, que, por meio de ofício, indeferiu o pedido de informações e extração de fotocópias de todos os documentos e peças dos autos de investigação sobre o acidente aéreo ocorrido com o Boeing 737-800, da empresa aérea Gol, e a aeronave Legacy em 30 de setembro. Eles alegavam que o texto da Constituição Federal que lhes garante o direito de receber dos órgãos públicos informações de seu interesse teria sido desrespeitado. Barros Monteiro consi…

UE adota quotas de CO2 para linhas aéreas

Fonte: Terra

A Comissão Européia adotou formalmente hoje a proposta de incluir a aviação em seu sistema de comércio de licenças de emissão de gases de efeito estufa, dando aos vôos internacionais que chegam ou saem do bloco um prazo de um ano para aderir ao regime. Os vôos internos na União Européia integrarão o esquema, que visa à redução da poluição global do ar, em 2011, e os aviões que chegam ou saem da UE devem fazer o mesmo no ano seguinte, informou a Comissão.

O regime de comércio de licenças de emissão da UE - o EU Emission Trade Scheme, ferramenta-chave na luta contra o aquecimento global na redução da emissão de poluentes conforme o Protocolo de Kyoto - põe um limite na quantidade de dióxido de carbono (CO2) que pode ser emitida por grandes poluidores como fábricas e refinarias de petróleo. Mas até então, a aviação internacional não havia sido incluída neste sistema, mas ela é considerada uma das principais fontes de poluição devido ao crescimento do tráfego aéreo.

As companhia…