Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2009

DCA-BR busca diversificar clientela

Virgínia Silveira, para o Valor, de São José dos CamposA DCA-BR, única organização brasileira com expertise em certificação Aeronáutica, está investindo no desenvolvimento de novos negócios nas áreas de qualidade, segurança de voo, manutenção e proteção ambiental no setor aeroespacial, para diversificar a sua carteira de clientes.Nesse sentido, acaba de fechar um contrato com a Gol, para prestar consultoria sobre os procedimentos exigidos na aprovação do uso de equipamentos eletrônicos portáteis (celulares e computadores) a bordo de aeronaves.Outra área em que a DCA-BR vem intensificando as suas ações é a de certificação militar. A organização fechou um termo de parceria com o Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI), vinculado ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) da Aeronáutica, para prestar consultoria na área de certificação espacial e de defesa. Segundo o diretor geral da DCA-BR, Jolan Eduardo Berquó, o processo de certificação da aeronave Super T…

Alemão está há 11 dias acampado em Viracopos

Heinz teria vindo ao País atrás de mulher que conheceu pela internetTatiana Favaro e Marici Capitelli - O Estado de S.Paulo"Josiane, eu te amo e quero morar com você em Campinas." A frase é, segundo o alemão Heinz Müller, de 46 anos, a declaração de amor que gostaria de fazer chegar até a mulher pela qual ele faz do Aeroporto Internacional de Viracopos sua morada nos últimos 11 dias. O homem que sofre de Mal de Parkinson e dorme nas poltronas do aeroporto desembarcou no Brasil no dia 1º deste mês para conhecer Josiane Alves, moradora de Indaiatuba. "Nos conhecemos pela internet, em março", conta. Segundo registrou em seu laptop, eles se encontraram no dia 3. "No dia seguinte, fomos comer pizza com os filhos dela", conta o alemão. Heinz passou cinco dias em um hotel em Indaiatuba e o resto da estada na cidade em duas pensões, até ser encaminhado ao setor de imigração em Viracopos por uma assistente social, no dia 16. Josiane não foi encontrada pelo Estado,…

Para PF, pilotos foram os únicos culpados

Inquérito criminal conclui que uso incorreto de manetes levou às 199 mortes em Congonhas; investigação não afeta processo de indenizaçõesBruno Tavares e Fausto Macedo - O Estado de S.PauloO relatório da Polícia Federal sobre a tragédia com o voo 3054 da TAM atribui taxativamente aos pilotos Kleyber Lima e Henrique Stefanini di Sacco as responsabilidades sobre o acidente que deixou 199 mortos, em 17 de julho de 2007. "Não vislumbrou essa autoridade policial responsabilidade outra que não da tripulação na ocorrência do sinistro. Isso porque o acidente não teria ocorrido se não tivessem os manetes sido operados de forma incorreta", diz o documento, de 70 páginas, subscrito pelo delegado Ricardo Sancovich, da Delegacia de Defesa Institucional (Drex).Sancovich foi escalado para a missão pelo superintendente regional da PF em São Paulo, delegado Leandro Daiello Coimbra, que o orientou a evitar interferências externas no inquérito. Daiello recomendou a seu delegado que mirasse aten…

França retomará busca de caixa-preta em 2010

O Estado de S.Paulo As buscas pela caixa-preta do Airbus A330 da Air France, que fazia a rota Rio-Paris em 31 de maio e caiu no Oceano Atlântico, matando 228 pessoas de 32 nacionalidades, serão retomadas em 2010. A informação foi dada ontem, em Brasília, pelo representante da Agência de Investigações e Análises de Acidentes da França (BEA), Paul-Louis Arslanian. Ele participou de audiência pública na Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados, e destacou que as autoridades francesas ainda não conseguiram definir as causas da tragédia. De acordo com Arslanian, um relatório deve ser publicado neste ano com informações preliminares.Ainda segundo Arslanian, o acidente e a dificuldade de recuperar a caixa-preta levaram as autoridades francesas a discutir a possibilidade de o aparelho passar a transmitir as informações de voo em tempo real - e não somente registrá-las.Na audiência, Yannick Malinge, da Airbus, expôs algumas das providências adotadas após a tragédia, como a substi…

Aeronáutica aponta que 8 fatores contribuíram para acidente da TAM

Simulações indicam posição errada de manetes durante a aterrissagem e revelam falhas no sistema de alertaBruno Tavares e Fausto Macedo - O Estado de S.PauloO Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) concluiu que oito fatores contribuíram de maneira decisiva para a tragédia com o voo 3054 da TAM, que deixou 199 mortos, em 17 de julho de 2007. O relatório final sobre o maior acidente aéreo do País, a que o Estado teve acesso, diz que os peritos não encontraram evidências de falha nas engrenagens dos manetes (aceleradores). Como o equipamento se encontrava muito destruído pelo fogo e pelo impacto da queda, não foi possível determinar com 100% de certeza em que posição as alavancas de potência estavam no momento em que o Airbus A320 varou a pista do Aeroporto de Congonhas.O relatório ainda não foi oficialmente divulgado. O Setor de Comunicação Social da Aeronáutica informou que o texto está em fase final de elaboração e deve ser concluído este ano. Ocorre hoje…

Investigação da FAB sobre caso TAM não conclui quem errou

Relatório aponta que acidente ocorrido em 2007 foi provocado pela posição incorreta do maneteELIANE CANTANHÊDE, COLUNISTA DA FOLHA
ALAN GRIPP, DA SUCURSAL DE BRASÍLIAO relatório da Aeronáutica sobre o voo 3054 da TAM, que se chocou com um prédio nos arredores de Congonhas, em 17 de julho de 2007, matando 199 pessoas, aponta como fator decisivo da tragédia a posição incorreta do manete direito (alavanca que controla a potência do motor), mas é inconclusivo quanto aos motivos desse erro.

Ou seja: não conseguiu esclarecer se o manete direito (que controla a turbina direita) estava na posição errada por falha humana ou mecânica.

Conforme a Folha apurou, o documento confirma que o manete estava em posição "climb" (de aceleração), quando o correto era que estivesse em "idle" (ponto morto). Por isso, o computador do avião recebeu o comando de acelerar, e não o de parar, após o pouso na pista úmida do aeroporto.

O documento não trará explicações nem deduções para o erro. Só di…

Associação de vítimas de voo da TAM descarta culpa de pilotos

Segundo relatório da Aeronáutica, aceleradores estavam em posição errada; acidente matou 199 em 2007Bruno Tavares e Fausto Macedo - O Estado de S.Paulo
SÃO PAULO - A Associação dos Familiares e Amigos das Vítimas do voo TAM JJ 3054 (Afavitam) se mostrou surpresa com a conclusão do relatório do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) sobre o acidente, revelada pelo Estado nesta terça-feira, 27. Segundo o documento, oito fatores contribuíram para a tragédia. Simulações do maior desastre aéreo do País feita pelo órgão indicaram posição errada de manetes (aceleradores) durante a aterrissagem e revelam falhas no sistema de alerta da aeronave. "Não acreditamos na culpabilidade dos pilotos, porque não há provas (...) e os outros fatores do acidente?", indagou Roberto Gomes, assessor de imprensa da Afavitam, ao estadao.com.br. Veja também:Cronologia das tragédias da aviação brasileira"Os pilotos fazem parte das 199 estrelas que estavam no voo. Eles …

Pista e até crise aérea influenciaram pilotos

Conclusão consta do relatório final do Cenipa sobre acidente em Congonhas que matou 199Bruno Tavares e Fausto Macedo - O Estado de S.Paulo
As dificuldades de operação em Congonhas, a pressão silenciosa da companhia aérea para que se evitasse pousar em aeroportos alternativos, as condições meteorológicas adversas e até a conjuntura da crise aérea tiveram influência negativa sobre os pilotos do voo 3054 da TAM. A conclusão consta do relatório final do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) sobre a maior tragédia da aviação brasileira, que deixou 199 mortos em julho de 2007. A hipótese mais provável para o acidente, segundo o Cenipa, é de que a tripulação do Airbus A320 tenha deixado de seguir o procedimento recomendado e deixado um dos manetes (aceleradores) na posição de subida e outro em "marcha lenta".Ao longo de quatro páginas do relatório, peritos do Cenipa analisam cada um dos aspectos técnicos e operacionais do voo 3054. O texto lembra que,…

Mostra lembra a vida de Santos-Dumont

Exposição começa hoje em Dumont (SP), onde ele viveu dos 7 aos 12 anosBrás Henrique, RIBEIRÃO PRETO - O Estado de S.PauloPara comemorar o Dia do Aviador, hoje, será aberta oficialmente, em Dumont, na região de Ribeirão Preto, a mostra do projeto cultural Santos-Dumont, de próprio punho, com entrada gratuita. A mostra, que termina em 20 de dezembro, foi montada no Museu Histórico e Pedagógico Alberto Santos-Dumont, instalado no prédio da prefeitura, onde o aviador passou a infância, dos 7 aos 12 anos.Centenas de fotos, vídeos, documentos, cartas, livros, jornais de época e objetos pessoais estão em exposição, além de maquetes de dirigíveis e aviões.O destaque fica para a réplica do 14-Bis. A vice-prefeita Rosiane Marin Fernandez Dias (PMDB) destaca que a réplica é acompanhada de uma plataforma multimídia, oferecendo aos visitantes a oportunidade de conhecer, de maneira interativa, os vários aspectos da vida de Santos-Dumont.O museu também exibe a tela do pintor belga George Wambach, qu…

STJ dobra indenização devida pela Gol

O Estado de S.Paulo O Superior Tribunal de Justiça mais do que dobrou o valor da indenização que a Gol terá de pagar à família de Quézia Moreira, vítima da queda do Boeing da empresa em 2006, após choque com um jato Legacy, matando 154 pessoas. O valor da indenização a ser paga à família foi aumentado de R$ 240 mil para R$ 570 mil.

Passageiros poderão avaliar aeroportos

Maria Cristina Frias - Folha de S.PauloOs usuários do sistema de transporte aéreo brasileiro terão um espaço na internet para avaliar os serviços dos aeroportos. A iniciativa será divulgada pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) amanhã, mas ainda não há definição sobre quando ela será implementada.A partir da percepção dos passageiros sobre uma série de indicadores, como acesso a embarque e entrega de bagagens, a Anac vai elaborar um ranking de qualidade entre os aeroportos do país.Desde 19 de maio, a Anac possui um sistema semelhante para avaliar as companhias aéreas, o Espaço do Passageiro, que fica hospedado no site www.anac.gov.br/passageiro. O portal recebeu 14.440 visitas até ontem.A decisão de avaliar os aeroportos agrada à Abdib (Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base), que defende o sistema de concessões nos aeroportos brasileiros e a definição de critérios de qualidade dos serviços."No sistema de concessões, a prestação de serviços passa a s…

Voo pré-pago

O Globo A Webjet quer pôr as classes C e D para voar. Hoje, na Abav 2009, lança plano de parcelamento sem análise de crédito. Funciona como um consórcio. O passageiro paga pelo trecho escolhido em até 12 parcelas fixas, mas só viaja depois de quitar a dívida. Pode também usar parte do total para voar em outra rota.

Aeroporto amplia número de voos

Bezerra terá o terminal ampliado. O atual não suporta a demanda de passageirosELIZÂNGELA SANTOS, Juazeiro do Norte - Diário do NordesteO Cariri passará a ter mais um voo a partir de dezembro. Será o quinto diário, desta vez direto para São Paulo. Segundo a gerência do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, a OceanAir começa a operar com a nova linha a partir do dia 17 do último mês do ano. Os voos sairão de Juazeiro a partir das 8h30. Atualmente esta empresa opera com dois voos para Fortaleza e Brasília, com conexões nos principais aeroportos do Sudeste do País. A Gol, com dois voos, também para a Capital do Estado. Um dos principais problemas enfrentados pelo aeroporto está relacionado, principalmente, com a atual estrutura de quase quatro décadas, não suportando o volume de passageiros. Normalmente, nos voos que chegam e saem à tarde, o terminal fica praticamente intransitável, lotado. A demora na entrega das bagagens tem sido outro agravante, por conta da esteira ser menor pela dific…

Embraer apresenta jato Legacy 650 nos EUA

O Estado de S.Paulo A Embraer apresentou ontem o novo jato Legacy 650, cujas primeiras entregas estão programadas para o segundo semestre de 2010. Segundo a empresa, dois jatos estão realizando atualmente voos de teste. O Legacy 650 foi apresentado durante a Convenção e Encontro Anual da Associação Nacional de Aviação Executiva (NBAA), em Orlando.

Gol e Iberia passarão a compartilhar voos internacionais e

Clientes também poderão usar programas de milhagens das empresasCarter Anderson Enviado especial* - O Globo MADRI. A Gol firmou ontem com a Iberia seu quarto acordo este ano de code share (compartilhamento de voo) com empresas internacionais de aviação.Em cerca de duas semanas, as duas companhias também deverão fechar uma nova parceria, que beneficiará os participantes dos programas de milhagem da Gol (Smiles) e da Iberia (Iberia Plus). Eles poderão acumular e resgatar seus bônus para voar nos aviões das duas empresas.O vice-presidente da Gol, Wilson Maciel Ramos — que anunciou o acordo ao lado da diretora de Vendas Internacionais da empresa espanhola, Silvia Cairó, em Madri — informou que a previsão é que o compartilhamento de voos comece a valer a partir de janeiro ou fevereiro de 2010.Antes, precisa ser aprovado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).(*) O jornalista viajou a convite da Iberia e da Gol.

Aviação regional

Jornal da Câmara Paes Landim (PTB-PI) defendeu a restauração da aviação regional no Brasil e lembrou que o alcance desse meio de transporte já chegou a 403 municípios brasileiros, e hoje atinge apenas 126. Entre os aspectos positivos da aviação regional, Landim citou o fortalecimento da Embraer, que, junto com a canadense Bombardier, possui os aviões mais apropriados para esses voos. O deputado ressaltou que empresas internacionais, como a TAP e a Air Canadian, utilizam aviões da Embraer para os voos regionais. Na avaliação do parlamentar, o duopólio hoje do mercado nacional tem exercido um grande lobby contra a aviação regional. O Parque Nacional da Serra da Capivara, em São Raimundo Nonato (PI), citou Landim, recebe 10 mil turistas por ano "e terá um fluxo espetacular com o restabelecimento da aviação regional".

Anulada indenização de grevistas da Vasp

Aeronautas readmitidos após greve de 88 recebiam até R$3,4 milhões da Comissão de AnistiaEvandro Éboli - O GloboBRASÍLIA. Em decisão inédita e unânime, a Comissão de Anistia anulou o pagamento de indenizações milionárias a 27 aeronautas (oito pilotos e copilotos e 19 comissários) da extinta Vasp, e reduziu a alta prestação mensal que vinham recebendo desde 2004: cerca de R$23 mil por mês, mais retroativo que chega a R$3,4 milhões, as maiores já aprovadas. A comissão suspendeu, ao todo, o pagamento de R$37,2 milhões de atrasados ao grupo. A revisão, na última sexta-feira, foi recomendada pelo Tribunal de Contas da União, que considerou abusivo e ilegal o montante pago.O grupo foi anistiado em 1994 pelo Ministério do Trabalho por ter sido demitido em 1988, após greve. Um ano depois foram readmitidos pela Vasp, o que descaracteriza perseguição política. Portanto, não teriam direito a indenização. Até hoje, os 27 profissionais acumulam salários ou aposentadoria da empresa com a prestação …

Santos Dumont: sistema contra fogo é precário

TCU constata que instalação de equipamento sofisticado de prevenção de incêndio no Aeroporto nunca foi concluídaRegina Alvarez - O GloboBRASÍLIA. Uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU), que investiga as obras inacabadas de ampliação do Aeroporto Santos Dumont, descobriu que o sistema ultrassofisticado de detecção e alarme de incêndios, adquirido há cerca de cinco anos e à prova de falha humana, está inoperante. Embora já tenha sido atingido por dois grandes incêndios, em 1998 e 2007, o Aeroporto hoje conta apenas com o apoio de brigadas e algumas câmeras de vídeo na prevenção de incêndios. Os auditores constataram que a instalação do equipamento nunca foi concluída, por isso o sistema não funciona.- O equipamento foi comprado, pago e abandonado. Nunca foi instalado - explicou o titular da 3ª Secretaria de Controle Externo do TCU, Edison Franklin Almeida.O problema foi detectado numa auditoria que investiga outras irregularidades nas obras de ampliação. A gravidade da desco…

Comprar a bordo

Ancelmo Gois - O Globo A Gol inicia hoje em 37 voos um serviço de venda de lanches e bebidas, o BOB, sigla de "Buy on Board" ("Comprar a Bordo", na língua de Lula). O projeto foi testado três meses em seis voos. A cerveja custará R$ 5. Água e café, R$ 3. Sanduíches, R$ 10. Mas o serviço comum, gratuito, vai continuarJá a TAM...A partir de hoje, nos voos nacionais com mais de 40 minutos, depois de 9h30m, a TAM substituirá os sanduíches frios de seu serviço de bordo por quentesPinto lá ou Pinto aqui?Aliás, o português "Diário Econômico" especulou ontem que o brasileiro Fernando Pinto pode trocar a TAP pela TAM. O rumor, recorrente, voltou por causa da saída de David Barioni da presidência da brasileira. Mas executivos da TAM não acreditam muito na hipótese de Pinto vir presidir a empresa.

Duas pessoas morrem na queda de avião no Norte Pioneiro

Monomotor, que havia sido recém comprado, se chocou com o solo e explodiu logo depois de ter decolado de uma fazenda, em Guapirama Gazeta do Povo Duas pessoas morreram na queda de um avião no fim da tarde de domingo (11), em Guapirama no Norte Pioneiro do Paraná. O monomotor, prefixo PTZAQ, caiu minutos depois de decolar de uma pista de pouso na Fazenda Bom Retiro. O piloto e dono da aeronave, o empresário Renato de Toledo Guimarães Vaz, 47 anos, e o técnico em eletrônica José de Oliveira da Luz, 57 anos, morreram na hora. De acordo com testemunhas, o acidente aconteceu por volta das 18 horas. Vaz e Luz deixaram a sede da fazenda, também de propriedade de Vaz, para um passeio, mas minutos depois da decolagem o avião colidiu com o solo e explodiu. Os corpos do piloto e do passageiro ficaram carbonizados.O sargento do Corpo de Bombeiros, Luiz Antônio de Souza, que atendeu a ocorrência, disse que somente a investigação feita pela Aeronáutica vai poder dizer se a causa do acidente foi uma fa…

Falta de verba paralisa 17 terminais na BA

O de Feira de Santana, 2.ª maior cidade do Estado, é um dos interditadosTiago Décimo - O Estado de S.Paulo
Dos 81 aeroportos pequenos e médios e aeródromos controlados pelo Estado da Bahia, 17 estão interditados pela Anac. De acordo com a Gerência de Terminais Aeroportuários, do Departamento de Infraestrutura e Transporte da Bahia (Derba), o motivo para a proibição de uso das pistas é a falta de verba para manutenção dos locais."Em todos eles há problemas de isolamento da área de terminais", diz um dos responsáveis técnicos da gerência, que prefere não se identificar. "As obras de reparos já estão todas licitadas, mas não temos a verba para contratar os serviços, orçados em R$ 30 milhões. O montante previsto para este ano é de R$ 8 milhões", afirma o funcionário.De acordo com fontes do Derba, os problemas de orçamento têm sido frequentes, o que leva o governo a tentar municipalizar a administração dos aeródromos da Bahia. "Quando a administração dos terminais f…

10% das pistas públicas estão fechadas, por risco de acidentes

Há mais interdições e as reaberturas demoram; faltam recursos e interesse dos governosEdna Simão - O Estado de S.Paulo
Das 748 pistas públicas de pousos e decolagens de aeronaves espalhadas por todo o País, 99 (13,2%) estão fechadas por risco de acidentes. Isso é o que mostra um levantamento feito pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Os motivos mais comuns para interdição são a falta de cerco patrimonial para evitar a entrada de animais na pista, pavimentação ruim e perigo aviário. A situação mais complicada é a da Bahia, onde 17 aeroportos pequenos ou aeródromos estão impedidos de funcionar. Também preocupam os Estados de Mato Grosso, com dez aeródromos fechados, e Tocantins, com nove. São Paulo tem apenas um nessas condições. O Brasil tem 3,5 mil aeródromos, mas os privados normalmente contam com mais recursos e apresentam melhores condições.Atualmente, 131 aeroportos públicos recebem operações regulares. Mas, segundo o diretor de Infraestrutura da Anac, Alexandre Gomes de …

Após menos de dois anos, TAM volta a trocar presidente

Empresa anuncia saída de David Barioni e nomeia vice de Finanças como interino Para analistas, decisão foi desencadeada com a entrada do banco BTG na gestão da holding e com resultado financeiro abaixo do esperadoDA REPORTAGEM LOCAL - Folha de S.Paulo
O comandante David Barioni Neto não é mais presidente da TAM, a maior companhia aérea do país. Em seu lugar assume interinamente o vice-presidente de Finanças, Líbano Miranda Barroso, que está na diretoria da companhia desde 2004.

No comunicado, a TAM informa que Barioni deixa a presidência, e a empresa, por decisão própria. Analistas consultados pela Folha dizem que ele não tinha outra opção.

Barioni foi tirado da Gol pela família Amaro, controladora da TAM, para assumir a presidência da companhia em novembro de 2007. Seu antecessor, Marco Antonio Bologna, tinha levado a empresa a resultados financeiros consistentes, mas a empresa perdeu em qualidade de serviço e ainda teve de enfrentar o acidente no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e…

Minas quer acelerar uso de Confins como 'aeroporto industrial'

Investimentos no projeto são um dos maiores contenciosos entre Aécio Neves e UniãoCésar Felício, de Belo Horizonte - Valor Um dos principais focos de atrito entre o governador mineiro , Aécio Neves (PSDB), e o governo federal, o aeroporto internacional de Confins poderá finalmente se consolidar como foco de investimentos, 25 anos depois de sua inauguração. Dentro de três meses deverá ser publicado edital de licitação, provavelmente por 15 anos, de nove áreas do aeroporto de Confins para a instalação de empresas que terão um regime tributário diferenciado para importar componentes, montá-los no local e reexportá-los.O projeto, que usa o nome de "aeroporto indústria", ficará sob gestão da Infraero, mas houve um acordo para que as obras civis, na fase de implantação, fossem tocadas pelo governo mineiro. O início da obra ficou paralisado por três meses este ano, até o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) aceitar o licenciamento ambiental anterior, na …

Promoções não atraem demanda suficiente

Apesar da queda no preço das passagens, oferta das companhias aéreas continua maior que a procuraPaola de Moura, do Rio - ValorA guerra de tarifas aéreas travada nos últimos cinco meses, após o fim da alta temporada de verão, está fazendo a festa dos passageiros: preços até 25% mais baratos e passagens para voos domésticos por R$ 39 levaram o número de pessoas transportadas por quilômetro no mercado doméstico subir 8,29%, de janeiro a agosto deste ano, se comparado ao mesmo período de 2009. Mas, para as companhias, a briga por quem oferece a tarifa menor não está trazendo um resultado tão positivo, já que, apesar das promoções, o número de assentos por quilômetro cresceu, no mesmo período, 12,12%. Ou seja, a oferta continua maior do que a demanda.De janeiro a setembro deste ano, os preços das passagens aéreas domésticas e internacionais caíram 13,4%, segundo o IPCA, o índice da inflação oficial, medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).O acumulado dos últimos…

Embraer monta uma fábrica de móveis para seus aviões

Fabricante já produz no país boa parte do interior das suas aeronavesVirgínia Silveira, para o Valor, de São José dos CamposA Embraer decidiu se especializar na produção do interior dos seus aviões. Atualmente, 100% do interior dos jatos executivos Phenom é produzido no Brasil, na fábrica de móveis da empresa, em Gavião Peixoto (SP). O Legacy 600, que até pouco tempo era totalmente feito nos Estados Unidos, teve 70% do seu interior transferido para a Embraer, dentro da estratégia da empresa de desenvolvimento desse know how no país.O envolvimento crescente da Embraer no desenvolvimento do interior de suas aeronaves tem uma explicação: trata-se de uma atividade estratégica, especialmente no segmento executivo, onde tudo é feito de maneira personalizada, de acordo com o gosto do cliente. "Esse conhecimento de como projetar o interior da aeronave é crucial para o sucesso de uma empresa na Aviação executiva", disse o diretor Inteligência de Mercado da Aviação Executiva da Embrae…

Voo da TAM segue sob sigilo para famílias

Mais de dois anos após a tragédia, parentes de vítimas são proibidos pela Justiça de ter acesso à investigação criminalJá os processos de acidentes da Gol e da Air France são públicos; na França, as famílias podem até opinar sobre os rumos da apuraçãoROGÉRIO PAGNAN DA REPORTAGEM LOCAL - Folha de S.PauloMais de dois anos depois do acidente aéreo que matou 199 pessoas no voo 3054 da TAM, as famílias ainda são proibidas pela Justiça Federal de ter acesso ao processo criminal. Já os principais suspeitos de responsabilidade no desastre, como os representantes da TAM e da Infraero, puderam acessá-lo. Com isso, familiares não sabem por que a Polícia Federal concluiu inquérito no último dia 5 sem apontar culpados.Segundo o Ministério Público Federal e as famílias das vítimas, esse sigilo foi decretado pela juíza Paula Mantovani Avelino, da 1ª Vara Criminal Federal de São Paulo, para "não atrapalhar as investigações"."Os réus [investigados] tiveram acesso ao inquérito. Mas nós, …

Queda de monomotor mata dois no Paraná

O Estado de S.Paulo Duas pessoas morreram na queda de um monomotor, na tarde de domingo, em Guapirama, a 350 km de Curitiba. O acidente ocorreu logo após a decolagem da Fazenda Bom Retiro. Segundo testemunhas, o monomotor havia desviado de eucaliptos quando bateu com as hélices no chão e explodiu. O empresário Renato de Toledo Guimarães Vaz, de 47 anos, pilotava o aparelho, que comprara na sexta-feira. Com ele estava o amigo José de Oliveira da Luz, de 57 anos. As razões da queda serão analisadas pela Aeronáutica.

Aeronaves ‘grandes’ da Trip são proibidas em Mato Grosso

Companhia estava operando aviões para até 68 passageiros à revelia das normas de segurançaANELIZE MORENO Da Editoria/Rondonópolis - Diário de Cuiabá A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) proibiu a Trip Linhas Aéreas de manter voos utilizando aeronaves do modelo ATR 72, com capacidade para até 68 passageiros. A empresa introduziu o uso dos aviões sem a autorização da Anac. Em Mato Grosso, a Trip utilizava as aeronaves em voos para Alta Floresta, Rondonópolis e Sinop, trechos onde o emprego do modelo também foi suspenso. A Anac informou, via assessoria de imprensa, que nestes destinos a Trip tinha autorização para operar somente com aviões menores, modelo ATR 42, que comportam no máximo 48 passageiros. A proibição ocorreu por motivos de segurança, uma vez que tanto em Rondonópolis como nas outras duas cidades o sistema de proteção contra incêndios não atende o número de passageiros transportados por uma aeronave maior. Ninguém da Trip foi localizado na sede da companhia, em Campinas (…

Do DF direto para Atlanta

A maior companhia aérea do planeta, a Delta Air Line, começa a operar, em dezembro, voo sem escala para os Estados UnidosMariana Flores - Correio BrazilienseBrasília terá ligação direta com os Estados Unidos em dezembro, o que promete estimular o turismo na capital federal e facilitar a vida de quem quer viajar para o exterior. A Delta Air Lines(1), maior companhia aérea do mundo, começa a operar a partir de 17 de dezembro três voos semanais entre Brasília e Atlanta, cidade norte-americana considerada atualmente o maior hub (centro de distribuição de voos) do planeta. Um boeing 757, com 170 assentos — sendo 15 de classe executiva — sairá do Aeroporto Internacional de Brasília—Presidente Juscelino Kubitschek às terças, sextas e domingos com destino aos Estados Unidos e retornará às segundas, quintas e sábados. Os brasilienses pagarão, em média, US$ 900 (R$ 1.615,50, pela cotação de ontem) por trecho. De acordo com os executivos da companhia, a viagem terá duração de pouco mais de oito …

Ibéria passará a cobrar por bagagens de passageiros

LUCIANA COELHO - FOLHA DE S.PAULO DE GENEBRAA Ibéria, uma das líderes no transporte de brasileiros para a Europa, passará a cobrar tarifas para despachar bagagem, seguindo movimento iniciado pelas empresas de baixo custo e imitado pelas aéreas americanas.A notícia foi confirmada à Folha por uma porta-voz, segundo a qual a decisão está sendo estudada. Não foram ainda definidos nem valores nem prazo para que a cobrança passe a vigorar. Mas a expectativa, segundo adiantou a porta-voz, é a de que, no caso de voos transatlânticos, a cobrança recaia somente sobre a segunda mala (hoje o passageiro da classe econômica que vai do Brasil à Europa pode levar duas peças de 23 kg). Em voos domésticos e continentais, entretanto, a taxa será cobrada já na primeira mala. A Ibéria afirma se tratar de "tendência do mercado". Empresas de baixo custo, como a EasyJet, permitem ao passageiro uma mala de mão e cobram pelos despachos. As aéreas foram alvo de golpes sucessivos. Os atentados do 11 de Se…

União encontra rombo em contrato da Infraero

Relatório da Controladoria Geral indica que estatal tem a receber quase R$10 milhões de consórcioBernardo Mello Franco - O GloboBRASÍLIA. Um relatório inédito da Controladoria Geral da União (CGU) indica um rombo de quase R$10 milhões em contrato da Infraero com o Consórcio CDN, responsável pelos serviços de abastecimento de água e tratamento de esgoto no Aeroporto Antonio Carlos Jobim. O documento, a que O GLOBO teve acesso, lista novas irregularidades em contratos de aluguel de áreas comerciais e prestação de serviços nos aeroportos Tom Jobim e Santos Dumont. A auditoria cobra "medidas enérgicas" da estatal e conclui que os problemas "implicaram prejuízo ao Erário".Contrato de água e esgoto teve sucessivos reajustesPara a CGU, sucessivos reajustes no contrato de água e esgoto do Galeão levaram a estatal a fazer pagamentos indevidos entre 2005 e 2008. A cada aumento, o consórcio teria recebido indenizações em valores retroativos, o que os auditores consideraram il…