Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2015

Alta do dólar faz Embraer ter prejuízo líquido de R$ 388 milhões no 3º trimestre

Imagem
Dívida líquida saltou de R$ 685,2 milhões para R$ 2,558 bilhões; apesar do resultado, empresa aumentou receita líquida em 62%
Estadão Conteúdo

A Embraer encerrou o terceiro trimestre de 2015 com prejuízo líquido atribuído aos acionistas de R$ 387,7 milhões, ante prejuízo de R$ 24,3 milhões apurado no mesmo período do ano passado.


Apesar do resultado, a companhia teve alta de 62% na receita líquida do período, para R$ 4,577 bilhões. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) também cresceu e chegou a R$ 570,3 milhões, ante R$ 311,3 milhões um ano antes.

O resultado da empresa mostra um forte impacto da alta do dólar. A dívida líquida da companhia saltou de R$ 685,2 milhões, no final do terceiro trimestre de 2014, para R$ 2,558 bilhões ao fim de setembro deste ano.

A Embraer entregou 21 aviões comerciais e 30 executivos no terceiro trimestre ante 19 jatos comerciais e 15 executivos no mesmo período de 2014. A carteira de pedidos firmes atingiu 22,8 bilhões de dólare…

Embraer projeta mercado para mais de 1.500 novos E-jets na Europa e na CEI

Imagem
Poder Aéreo

Berlim, Alemanha, 14 de outubro de 2015 – A Embraer divulgou hoje, durante a Assembleia Geral da Associação de Companhias Aéreas Regionais Europeias (European Regions Airline Association – ERA), realizada em Berlim, na Alemanha, as perspectivas de mercado para a Europa e a Comunidade dos Estados Independentes (CEI). A empresa prevê que estes mercados vão demandar 1.540 novas entregas de jatos no segmento de 70 a 130 assentos (no valor de aproximadamente USD 72 bilhões, a preços de lista) ao longo dos próximos 20 anos. Este é o segundo maior mercado mundial para o segmento, com a frota crescendo de 740 para 1.560 unidades até 2034.



O relatório aponta que, na Europa, o foco sobre passageiros premium de rotas longas está perto de limite – o que, por sua vez, reforça a importância de jatos no segmento de 70 a 130 lugares para alimentar voos internacionais. Companhias aéreas tradicionais estão se reestruturando a fim de aumentar a eficiência e reduzir os custos. O fraco desempenh…

STF encerra processo de pilotos envolvidos em acidente da Gol

Imagem
Pilotos nunca se apresentaram à Justiça brasileira para esclarecimentos
Diário do Poder

Oito anos depois do acidente que envolveu avião da Gol e resultou na morte de 154 pessoas, o Supremo Tribunal Federal (STF) encerrou o processo dos pilotos americanos Joseph Lepore e Jan Paul Paladino e os condenou a três anos, um mês e dez dias. Os dois pilotavam o jato Legacy que colidiu com um Boeing 737 da Gol em setembro de 2006, a 37 mil pés de altitude sobre a Serra do Cachimbo, em Mato Grosso.


O ministro da corte Gilmar Mendes já havia decidido manter essa pena, imposta pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas os advogados de defesa entraram com recurso para que o pedido fosse analisado pela turma.

Em abril deste ano, a 5ª Turma do STJ julgou os pedidos na sexta-feira, 10. O ministro e relator Félix Fischer justificou seu voto com o argumento de que não há como rediscutir os fundamentos da decisão.

Apesar de condenados, Lepore e Paladino, são considerados foragidos, pelo Ministério Público F…

Atraso em voo causa tumulto, e PF retira passageiros de avião no DF

Grupo sentou em poltronas diferentes das marcadas nos bilhetes.
Mulher passou mal; Gol diz que grupo resistiu em sair dos assentos.
Isabella Calzolari | G1 DF
Um atraso de mais de uma hora na decolagem de um voo de Brasília com destino a Recife causou confusão entre passageiros revoltados com a espera dentro de um avião da Gol no Aeroporto Juscelino Kubitschek, na capital federal, na manhã desta terça-feira (29). Um vídeo obtido pelo G1 mostra que uma mulher passou mal e chegou a ser socorrida por um médico, também passageiro, por causa do tumulto.

De acordo com a companhia aérea, o atraso se deu por causa de quatro pessoas que sentaram em poltronas diferentes das marcadas nos cartões de embarque. A Polícia Federal teve que ser acionada para retirar o grupo da aeronave. A Gol afirmou que a tripulação explicou que os assentos não poderiam ser utilizados e solicitou que eles retornassem aos lugares marcados, mas o grupo resistiu.

Autor das imagens, o analista de sistemas Rogério Luzitano Car…