Greve de funcionários da Pluna suspende voos para São Paulo e Curitiba

Montevidéu, 16 ago (EFE).- Uma greve de funcionários da companhia aérea uruguaia Pluna, iniciada hoje, obrigou a suspensão de voos de ida e volta de Montevidéu para São Paulo e Curitiba programados para amanhã, informaram fontes da companhia.

Os funcionários começarão a greve a partir das 20h, no horário de Brasília, de domingo e durante todo o dia de amanhã.

A greve foi anunciada como forma de protesto pela demissão de 14 tripulantes técnicos de cabine "o que viola o último acordo assinado pela Pluna com seu pessoal no Ministério do Trabalho e de Seguridade Social", afirmou o secretário-geral do sindicato da Pluna, Fernando Alberti.

A empresa teve que cancelar ainda o último voo da ponte aérea entre Montevidéu e Buenos Aires previsto para esta noite, um voo que sairia para a cidade argentina de Córdoba e outros para Santiago do Chile e Assunção que sairiam amanhã.

Em comunicado, a empresa qualificou a medida sindical de "irresponsável" e disse "que atenta contra os esforços realizados e conquistas obtidas nas instâncias de negociação".

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Aviação russa fará voo de observação sobre os EUA