Greve de funcionários da Pluna suspende voos para São Paulo e Curitiba

Montevidéu, 16 ago (EFE).- Uma greve de funcionários da companhia aérea uruguaia Pluna, iniciada hoje, obrigou a suspensão de voos de ida e volta de Montevidéu para São Paulo e Curitiba programados para amanhã, informaram fontes da companhia.

Os funcionários começarão a greve a partir das 20h, no horário de Brasília, de domingo e durante todo o dia de amanhã.

A greve foi anunciada como forma de protesto pela demissão de 14 tripulantes técnicos de cabine "o que viola o último acordo assinado pela Pluna com seu pessoal no Ministério do Trabalho e de Seguridade Social", afirmou o secretário-geral do sindicato da Pluna, Fernando Alberti.

A empresa teve que cancelar ainda o último voo da ponte aérea entre Montevidéu e Buenos Aires previsto para esta noite, um voo que sairia para a cidade argentina de Córdoba e outros para Santiago do Chile e Assunção que sairiam amanhã.

Em comunicado, a empresa qualificou a medida sindical de "irresponsável" e disse "que atenta contra os esforços realizados e conquistas obtidas nas instâncias de negociação".

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Avião de pequeno porte cai no mar em Paraty, na Costa Verde do Rio

American Airlines não leva brasileiros para réveillon em Nova Iorque

4 ficam feridos em pouso brusco de helicóptero na plataforma da Petrobrás