Pular para o conteúdo principal

Nova versão de software nacional de gerenciamento de tráfego aéreo entra em serviço


Software facilita atividades dos controladores


Luiz Eduardo Perez | DECEA


Com novidades como o uso de cores para facilitar a visualização das informações na tela e novos tipos de alertas e avisos automáticos, a versão 2.1 do Sistema Avançado de Gerenciamento de Informações de Tráfego Aéreo e Relatórios de Interesse Operacional (SAGITÁRIO) entrou em operação no último dia 20 de janeiro.

A primeira unidade a receber a nova versão foi o Terceiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA III), unidade sediada no Recife (PE) e responsável pelo controle e gerenciamento do espaço aéreo de uma área que totaliza 13,5 milhões de quilômetros quadrados.

A expectativa do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) é que os outros três CINDACTAs, de Brasília, Curitiba e Manaus, recebam a versão 2.1 do SAGITÁRIO antes do início da Copa do Mundo de 2014.

De acordo com o DECEA, o SAGITÁRIO incorpora toda a inteligência associada ao controle de tráfego aéreo brasileiro e irá integrar novas tecnologias, como a comunicação de dados entre os pilotos e os controladores.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia investiga acidente com helicóptero em Itupeva

A polícia começou a ouvir os funcionários da fazenda que prestaram socorro às vítimas no interior paulista. Câmeras de segurança mostram o momento do acidente. O helicóptero vinha de Paraty.


Vento pode ter causado queda de avião no Japão

Segunda-feira, 23/03/2009Um avião de carga, que estava aterrisava no Aeroporto de Narita, sofreu uma queda e explodiu. O piloto e o co-piloto, únicos ocupantes morreram no hospital. A causa do acidente pode ser o vento.

Destroços de avião desaparecido há uma semana são localizados

Em Valença, no estado do Rio de Janeiro, foram encontrados os destroços do avião que estava desaparecido desde o dia 30 de janeiro. Os corpos de um empresário e de sua família também foram vistos.