Pular para o conteúdo principal

Aérea quebra e deixa 7 mil no chão

Empresa espanhola teria vendido 1,5 mil passagens com destino ao Brasil
 
O Globo

Madri. O governo espanhol pediu a falência da empresa aérea espanhola Air Comet, o que poderá prejudicar cerca de 1,5 mil brasileiros que esperavam embarcar para o Brasil nas festas de fim de ano. A estimativa é da Federação Espanhola de Associações de Agências de Viagens, que contabiliza a emissão de passagens. Os voos semanais para Natal e Fortaleza estão na lista dos cancelados.

O ministério do Fomento da Espanha contratou dois aviões para transportar os latino-americanos que usam a companhia, que podem chegar a 7 mil. As primeiras aeronaves terão como destino Buenos Aires, na Argentina, e Lima, no Peru. Hoje, haverá dois voos até Bogotá, na Colômbia. E amanhã haverá outro para Quito, no Equador. Até ontem, não foram mencionados voos para o Brasil.

— Eu daqui não me movo até que haja voo, se for preciso farei greve de fome — disse uma passageira afetada à Rádio RTVE.

Segundo o site da BBC Brasil, a situação no aeroporto de Barajas, em Madri, era caótica.

— Um desastre para todos.

Os imigrantes pagaram suas passagens com a ilusão de estar com seus familiares — disse à BBC Brasil o presidente da Federação Espanhola de Agência de Viagens (FEEAV), Rafael Gallego.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia investiga acidente com helicóptero em Itupeva

A polícia começou a ouvir os funcionários da fazenda que prestaram socorro às vítimas no interior paulista. Câmeras de segurança mostram o momento do acidente. O helicóptero vinha de Paraty.


Destroços de avião desaparecido há uma semana são localizados

Em Valença, no estado do Rio de Janeiro, foram encontrados os destroços do avião que estava desaparecido desde o dia 30 de janeiro. Os corpos de um empresário e de sua família também foram vistos.


Vento pode ter causado queda de avião no Japão

Segunda-feira, 23/03/2009Um avião de carga, que estava aterrisava no Aeroporto de Narita, sofreu uma queda e explodiu. O piloto e o co-piloto, únicos ocupantes morreram no hospital. A causa do acidente pode ser o vento.