Pular para o conteúdo principal

Quatro mortos em queda de helicóptero no Mar do Norte

Polícia escocesa confirma quatro mortos após queda de helicóptero ao largo das ilhas Shetland.

Liliana Coelho | Expresso


Quatro homens morreram, depois de um helicóptero, que fazia o transporte de trabalhadores de plataformas petrolíferas no Mar do Norte, se ter despenhado na sexta-feira próximo das ilhas Shetland.

A confirmação foi dada hoje pela polícia da Escócia, que refere que dois corpos foram recuperados no mar, enquanto uma terceira vítima morreu no hospital. Falta encontrar o corpo da quarto morto, que se pensa estar entre os destroços do aparelho, segundo a "Sky News."

O helicóptero, um Super Puma L2, levava 18 pessoas a bordo, sendo que 14 sobreviventes foram transportados para o Hospital Gilbert Bain, na cidade de Lerwick.

"Os sobreviventes ficaram feridas em diferentes graus. Ninguém saiu ileso', declarou um porta-voz da Guarda Marítima.

De acordo com o "The Guardian", o aparelho desceu duas milhas a oeste do aeroporto Sumburgh, em Shetland, quando terá perdido o contacto com a torre de controlo.

O helicóptero pertencia à empresa CHC, que trabalha para a petrolífera francesa Total.


-->
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia investiga acidente com helicóptero em Itupeva

A polícia começou a ouvir os funcionários da fazenda que prestaram socorro às vítimas no interior paulista. Câmeras de segurança mostram o momento do acidente. O helicóptero vinha de Paraty.


Destroços de avião desaparecido há uma semana são localizados

Em Valença, no estado do Rio de Janeiro, foram encontrados os destroços do avião que estava desaparecido desde o dia 30 de janeiro. Os corpos de um empresário e de sua família também foram vistos.


Vento pode ter causado queda de avião no Japão

Segunda-feira, 23/03/2009Um avião de carga, que estava aterrisava no Aeroporto de Narita, sofreu uma queda e explodiu. O piloto e o co-piloto, únicos ocupantes morreram no hospital. A causa do acidente pode ser o vento.