Pular para o conteúdo principal

Helicóptero de presidente do Leicester cai ao deixar o estádio do clube

Imprensa inglesa diz que aeronave é propriedade do dono do clube, Vichai Srivaddhanaprabha. Segundo o "Guardian", Kasper Schmeichel foi visto chorando perto do local do acidente


Por GloboEsporte.com — Leicester, Inglaterra

Um helicóptero caiu neste sábado no estacionamento do estádio do Leicester, ao deixar o local após o empate em 1 a 1 com o West Ham. Segundo a imprensa inglesa, ele é de propriedade do dono do clube, Vichai Srivaddhanaprabha - que estaria num dos oito lugares da aeronave, segundo o jornalista Ben Jacobs, setorista do clube na "BeIN". Não há informações sobre feridos ou mesmo sobre quem estava na aeronave, mas as primeiras imagens mostram o helicóptero em chamas. 


Helicóptero em chamas após queda no estádio do leicester — Foto: Reprodução / Twitter
Helicóptero em chamas após queda no estádio do leicester — Foto: Reprodução / Twitter

Segundo informações da agência de notícia Reuters, executivos do grupo tailandês King Power, que pertence a Srivaddhanaprabha, disseram que não podem, por ora, dar qualquer informação sobre o acidente, e nem mesmo negar ou confirmar se o fundador do grupo e principal acionista do clube estava no helicóptero.

O clube se manifestou por uma breve nota oficial para dizer que está ajudando nas investigações e informou que vai se posicionar quando o acidente estiver melhor apurado.

- Estamos ajudando a polícia e os serviços de emergência diante deste grande incidente no estádio do clube. O Leicester emitirá uma declaração mais detalhada assim que mais informações forem estabelecidas - diz o clube.

Entre as informações iniciais, muitas delas desencontradas, o "Guardian" informa que o goleiro Kasper Schmeichel foi visto chorando perto do local do acidente. A polícia da cidade de Leicester informou que está lidando com um incidente nas proximidades do estádio e que os serviços de emergência envolvidos.


View image on Twitter

Segundo a Sky Sports, o helicóptero decolou do meio do campo do estádio entre 20h30 e 20h45 do horário local - 16h30 e 16h45 de Brasília -, mas teve problemas com a hélice traseira e caiu no estacionamento ao lado. O torcedor John Butcher, que estava por perto no momento do acidente, disse à "BBC" que seu sobrinho viu a aeronave sair de controle, aparentemente, devido a um defeito na hélice traseira.

- No intervalo de um segundo, caiu como uma pedra no chão... Por sorte, ficou em espiral por um tempo e todo mundo correu a tempo de dispersar. Até onde sabemos, ninguém ao redor do estacionamento ficou ferido por conta do acidente.

O tailandês Vichai Srivaddhanaprabha comprou o clube em 2010 e levou o Leicester à épica conquista da Premier League na temporada 2015/16. Ainda não há informações oficiais se ele estava no helicóptero. O jornalista Ben Jacobs, porém, falou que o presidente estava na aeronave e disse que a patrocinadora do clube, de propriedade de Vichai, divulgará um comunicado neste domingo.

Já a "Sky Sports" informou que o vice-presidente e filho do dono do clube, Aiyawatt Srivaddhanaprabha, assim como o diretor de futebol Jon Rudkin, não estavam na aeronave. De acordo com os primeiros relatos da imprensa inglesa, o local foi evacuado e, no momento do acidente, alguns jogadores, como Schmeichel , ainda estavam no estádio.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Avião cai e mata dois

A queda de um bimotor que fazia a rota Teresina-Recife, com dez pessoas a bordo, provocou pânico em San Martin. Oito passageiros ficaram feridas


Um avião bimotor, modelo King Air B200, que retornava de Teresina, no Piauí, com dez pessoas a bordo, a maioria empresários pernambucanos, caiu às 11h15 de ontem, no bairro de San Martin, na Zona Oeste do Recife, e por pouco não provocou um dos maiores acidentes aéreos da história de Pernambuco. O piloto morreu na hora e um dos passageiros, a caminho do hospital. As outras oito pessoas ficaram feridas, uma delas em estado grave. O número de mortos e feridos, entretanto, não foi maior graças à habilidade do piloto. Os 25 anos de experiência permitiram que salvasse diversas famílias que passavam o domingo em casa, nas estreitas ruas do bairro, com 23 mil habitantes.

Sete casas foram atingidas, mas havia moradores em apenas duas delas. Uma dona de casa sofreu arranhões leves. O piloto Eurico Pedrosa Neto, 47 anos, que quebrou o pescoço no acidente…

Destroços de avião desaparecido há uma semana são localizados

Em Valença, no estado do Rio de Janeiro, foram encontrados os destroços do avião que estava desaparecido desde o dia 30 de janeiro. Os corpos de um empresário e de sua família também foram vistos.


Polícia investiga acidente com helicóptero em Itupeva

A polícia começou a ouvir os funcionários da fazenda que prestaram socorro às vítimas no interior paulista. Câmeras de segurança mostram o momento do acidente. O helicóptero vinha de Paraty.