Pular para o conteúdo principal

Falha em controle aéreo cancela mais de 30 voos em Londres

Nesta sexta, milhares de passageiros foram afetados por cancelamentos.
Falha fez com que controladores não pudessem visualizar dados.


EFE

O aeroporto londrino de Heathrow, o de maior tráfego na Europa, se viu obrigado a cancelar 38 voos neste sábado (13) por causa da falha informática de ontem em um centro de controle aéreo na Inglaterra, que provocou um caos nos terminais aéreos.

O Serviço Nacional de Tráfego Aéreo britânico (NATS, na sigla em inglês) informou hoje que o sistema já está funcionando, mas muitos passageiros podem ser afetados por atrasos em alguns aeroportos até que a situação volte totalmente à normalidade.

Outros aeroportos, como de Gatwick, também em Londres, pediram hoje aos passageiros que entrem em contato com suas companhias aéreas para saber a situação de seus voos.

Milhares de passageiros se viram afetados nesta sexta-feira por cancelamentos e atrasos de voos no Reino Unido por conta desta falha em um centro de controle aéreo no sul da Inglaterra.

As aterrissagens e decolagens ficaram restringidas em Londres e no sul do país durante mais de uma hora, por um erro técnico que o NATS ainda investiga.

Vários aeroportos se viram afetados, inclusive os escoceses de Aberdeen e Edimburgo, mas os maiores problemas ocorreram nos londrinos de Heathrow e Gatwick.

O ministro de Transporte britânico, Patrick McLoughlin, qualificou o problema de 'inaceitável' e considerou que qualquer alteração no sistema de aviação do Reino Unido é 'um assunto de grande preocupação, especialmente nesta época do ano'.

"Uma alteração deste tipo é simplesmente inaceitável e pedi ao NATS uma explicação completa deste incidente. Também quero saber que passos serão tomados para impedir que isto volte a ocorrer", declarou McLoughlin aos meios de comunicação britânicos.

O NATS já descartou que a falha, que fez com que os controladores não pudessem visualizar em suas telas os dados necessários para vigiar o tráfego aéreo, tenha sido provocada por um ataque informático ou um problema no abastecimento elétrico.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Avião cai e mata dois

A queda de um bimotor que fazia a rota Teresina-Recife, com dez pessoas a bordo, provocou pânico em San Martin. Oito passageiros ficaram feridas


Um avião bimotor, modelo King Air B200, que retornava de Teresina, no Piauí, com dez pessoas a bordo, a maioria empresários pernambucanos, caiu às 11h15 de ontem, no bairro de San Martin, na Zona Oeste do Recife, e por pouco não provocou um dos maiores acidentes aéreos da história de Pernambuco. O piloto morreu na hora e um dos passageiros, a caminho do hospital. As outras oito pessoas ficaram feridas, uma delas em estado grave. O número de mortos e feridos, entretanto, não foi maior graças à habilidade do piloto. Os 25 anos de experiência permitiram que salvasse diversas famílias que passavam o domingo em casa, nas estreitas ruas do bairro, com 23 mil habitantes.

Sete casas foram atingidas, mas havia moradores em apenas duas delas. Uma dona de casa sofreu arranhões leves. O piloto Eurico Pedrosa Neto, 47 anos, que quebrou o pescoço no acidente…

Destroços de avião desaparecido há uma semana são localizados

Em Valença, no estado do Rio de Janeiro, foram encontrados os destroços do avião que estava desaparecido desde o dia 30 de janeiro. Os corpos de um empresário e de sua família também foram vistos.


Polícia investiga acidente com helicóptero em Itupeva

A polícia começou a ouvir os funcionários da fazenda que prestaram socorro às vítimas no interior paulista. Câmeras de segurança mostram o momento do acidente. O helicóptero vinha de Paraty.