Parlamentares lançam frente de apoio à aviação regional

José Romildo

Assessoria de Comunicação Social
Ministério da Defesa

Brasília, 19/08/2009 – Frente Parlamentar, formada por 290 integrantes, em apoio à aviação civil regional, será lançada no Congresso Nacional na próxima semana, informou o deputado Vital do Rêgo Filho (PMDB/PB), após reunir-se nesta quarta-feira (19/08) com o ministro da Defesa, Nelson Jobim. Também participaram da reunião o presidente da Associação Brasileira das Empresas de Transporte Aéreo Regional (Abetar), Apostole Lazaro, o presidente da NHT Linhas Aéreas, Pedro Antonio Teixeira e o diretor da Trip Linhas Aéreas, Victor Rafael Celestino.

Durante a reunião, o ministro da Defesa foi convidado pelo deputado para participar da cerimônia de lançamento da Frente. “Os parlamentares estão engajados no apoio às medidas em estudo no Ministério da Defesa em favor da aviação regional, entre elas a subvenção das empresas que operam em rotas de pouco interesse comercial”, afirmou Vital do Rêgo. Ele disse que deputados e senadores que compõem a Frente apoiam ainda medidas que venham a ser formuladas pelo Ministério da Defesa para a concessão de financiamento, em taxas favorecidas, às companhias aéreas que operam no interior do Brasil.

Jobim, que confirmou a presença na solenidade, enumerou as providências que considera essenciais para o fortalecimento do setor, entre elas a adoção de linhas sistemáticas de táxi aéreo, exclusividades de linhas, regime diferenciado de benefícios para as pequenas empresas e simplificação tributária. “A idéia é fixar linhas rentáveis de aviação regional”, disse o ministro.

O presidente da Associação Brasileira das Empresas de Transporte Aéreo Regional (Abetar), Apostole Lazaro, afirmou que o crescente apoio de parlamentares às empresas aéreas regionais se deve ao interesse dos Estados brasileiros pela criação de linhas aéreas entre cidades de pequeno porte. “O aumento de disponibilidade de voos entre as cidades do interior brasileiro é uma antiga reivindicação das populações que vivem em locais distantes do Brasil”, acrescentou.

Já o diretor da Trip, Victor Celestino, afirmou que solicitou ao ministro que reivindique junto BNDES que apoie a concessão de financiamentos para a expansão da frota da empresa. “A Trip tem planos para adquirir 25 aeronaves fabricadas pela Embraer, modelo 175, de 86 assentos, por meio desse tipo de financiamento”, afirmou.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Embraer e Japan Airlines estendem programa de peças de reposição da frota de E-Jets

Aviação russa fará voo de observação sobre os EUA