Pular para o conteúdo principal

Outro passo para expandir Confins



Alana Rizzo

Brasília – A expansão do terminal 1 do Aeroporto Internacional Tancredo Neves (Confins), na Região Metropolitana de Belo Horizonte, pode sair do papel. O governador Aécio Neves apresentou ontem ao ministro da Defesa, Nelson Jobim, a proposta de ampliação do aeroporto, incluindo a instalação de outros dois novos terminais.

“Temos 50 saídas semanais e acredito que poderemos dobrar esse número. A ideia é transformar Confins em um hub de distribuição de voos para o Brasil”, afirma o governador, que pretende ampliar a capacidade do terminal para 7 milhões de passageiros. A proposta prevê ainda a ampliação das salas de embarque e dos balcões de check-in, além de melhorias externas e a instalação de lojas free shop.

“O objetivo para 2014 (ano da Copa do Mundo no Brasil), é de que tenhamos dois terminais já em funcionamento, com uma capacidade de 14 milhões de passageiros/ano, que é a capacidade que a nossa projeção mostra que alcançaremos em 2014. Mas é preciso que isso se inicie rapidamente", defende. Para o aeroporto da Pampulha, a proposta é manter voos regionais e executivos, além da manutenção de aeronaves. Também será mantido os limites de porte de aeronaves que descem no aeroporto.

De acordo com o governador, se o governo federal não tiver os recursos necessários para a viabilização, a parceria público-privada (PPP) passa a ser uma das alternativas, assim como a concessão direta para o setor privado. “Mas cabe à Infraero fazer o projeto executivo detalhado.”

Aécio apresentou ainda o projeto de concessão do Aeroporto Regional da Zona da Mata para a iniciativa privada. Próximo aos municípios de Guaianá e Rio Claro, a unidade possui uma pista de pouso e decolagem com cumprimento de 2,6 mil metros, e com 25 metros de largura. A proposta é transformar a estrutura em uma central de distribuição de cargas da região.
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia investiga acidente com helicóptero em Itupeva

A polícia começou a ouvir os funcionários da fazenda que prestaram socorro às vítimas no interior paulista. Câmeras de segurança mostram o momento do acidente. O helicóptero vinha de Paraty.


Destroços de avião desaparecido há uma semana são localizados

Em Valença, no estado do Rio de Janeiro, foram encontrados os destroços do avião que estava desaparecido desde o dia 30 de janeiro. Os corpos de um empresário e de sua família também foram vistos.


Vento pode ter causado queda de avião no Japão

Segunda-feira, 23/03/2009Um avião de carga, que estava aterrisava no Aeroporto de Narita, sofreu uma queda e explodiu. O piloto e o co-piloto, únicos ocupantes morreram no hospital. A causa do acidente pode ser o vento.