Outro passo para expandir Confins



Alana Rizzo

Brasília – A expansão do terminal 1 do Aeroporto Internacional Tancredo Neves (Confins), na Região Metropolitana de Belo Horizonte, pode sair do papel. O governador Aécio Neves apresentou ontem ao ministro da Defesa, Nelson Jobim, a proposta de ampliação do aeroporto, incluindo a instalação de outros dois novos terminais.

“Temos 50 saídas semanais e acredito que poderemos dobrar esse número. A ideia é transformar Confins em um hub de distribuição de voos para o Brasil”, afirma o governador, que pretende ampliar a capacidade do terminal para 7 milhões de passageiros. A proposta prevê ainda a ampliação das salas de embarque e dos balcões de check-in, além de melhorias externas e a instalação de lojas free shop.

“O objetivo para 2014 (ano da Copa do Mundo no Brasil), é de que tenhamos dois terminais já em funcionamento, com uma capacidade de 14 milhões de passageiros/ano, que é a capacidade que a nossa projeção mostra que alcançaremos em 2014. Mas é preciso que isso se inicie rapidamente", defende. Para o aeroporto da Pampulha, a proposta é manter voos regionais e executivos, além da manutenção de aeronaves. Também será mantido os limites de porte de aeronaves que descem no aeroporto.

De acordo com o governador, se o governo federal não tiver os recursos necessários para a viabilização, a parceria público-privada (PPP) passa a ser uma das alternativas, assim como a concessão direta para o setor privado. “Mas cabe à Infraero fazer o projeto executivo detalhado.”

Aécio apresentou ainda o projeto de concessão do Aeroporto Regional da Zona da Mata para a iniciativa privada. Próximo aos municípios de Guaianá e Rio Claro, a unidade possui uma pista de pouso e decolagem com cumprimento de 2,6 mil metros, e com 25 metros de largura. A proposta é transformar a estrutura em uma central de distribuição de cargas da região.
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Avião de pequeno porte cai no mar em Paraty, na Costa Verde do Rio

American Airlines não leva brasileiros para réveillon em Nova Iorque

4 ficam feridos em pouso brusco de helicóptero na plataforma da Petrobrás