Superlotado, avião que caiu no PA levava 3 pessoas além da capacidade

Especificações do avião indicam que ele podia levar apenas quatro pessoas.

Sete vítimas estavam na aeronave; quatro morreram.


Do G1 PA

O avião que caiu em Novo Progresso na tarde de quinta-feira (15) matando quatro pessoas estava superlotado. De acordo com as especificações da aerovane, o monomotor de prefixo PT-NCJ, podia transportar apenas quatro pessoas, sendo o piloto e três passageiros. No momento do acidente, porém, sete pessoas estavam a bordo.


Resultado de imagem para acidente avião novo progresso

Segundo a Polícia Civil, o acidente teria ocorrido durante a tentativa de pouso da aeronave, que decolou de um garimpo da região rural do município com destino à sede da cidade.

Além dos quatro mortos, três ocupantes ficaram feridos e foram encaminhados para o Hospital Municipal de Novo Progresso, de onde foram transferidos para o estado do Mato Grosso a pedido da família nesta sexta-feira (16).

Além da superlotação, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que o monomotor não tinha permissão para voar. Uma equipe do Seripa foi deslocada para o local para investigar o acidente.




Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Embraer e Japan Airlines estendem programa de peças de reposição da frota de E-Jets

Aviação russa fará voo de observação sobre os EUA