Pular para o conteúdo principal

Uso do bioquerosene em aviões ajudará a combater o efeito estufa

Combustível verde abasterecerá voos que sairem do Rio durante a Copa


LUCAS TOLENTINO | MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE

A aviação comercial brasileira entrou na agenda de adaptação às mudanças climáticas. Com o objetivo de reduzir as emissões de gases de efeito estufa, ocorreu, nesta quarta-feira (04/06), o primeiro voo com bioquerosene em território nacional. Ao todo, 83 passageiros estavam a bordo no trecho entre o Rio de Janeiro e Brasília. Além disso, foi assinada carta de intenções entre o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e o empresariado com o objetivo de promover o uso do biocombustível. A iniciativa integra a programação da Semana do Meio Ambiente, comemorada até a próxima sexta-feira (06/06).

Os voos verdes fazem parte de uma série de medidas de sustentabilidade adotadas com foco na Copa do Mundo FIFA 2014. Produzido a partir da fermentação da cana de açúcar, o bioquerosene será usado em 200 voos operados pela empresa aérea Gol entre junho e julho. Além da Seleção Brasileira de Futebol, serão transportados, com o biocombustível, os torcedores que saírem do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, em direção às demais cidades-sede do campeonato.

MISTURA

A redução das emissões decorre de uma mistura de 4% de bioquerosene de aviação produzido a partir de óleo de milho não-comestível proveniente do etanol, o ICO, e de óleos e gorduras residuais, o OGR. Nos 200 voos verde, a GOL usará cerca de 2 milhões de litros de mistura de bioquerosene. O uso do biocombustível evitará a liberação de 218 toneladas de gás carbônico (CO2), o que representa a absorção de CO2 decorrente de 1.335 árvores da Mata Atlântica.

A cooperação entre o governo e o setor produtivo possibilitará o aumento desses números. Com a carta de intenções firmada entre o MMA e as entidades da Plataforma Brasileira do Bioquerosene, todas as etapas do ciclo de produção e consumo do biocombustível serão contempladas. Entre as ações previstas, estão a identificação de ações necessárias, o fomento mútuo ao conhecimento, a promoção de reuniões e seminários e a realização de visitas de campo.

TRANSFORMAÇÃO

A medida resulta do envolvimento do setor econômico com o desenvolvimento sustentável. "É a transformação da agenda ambiental diante de sua envergadura ambiental", declarou a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. Segundo ela, a ação é essencial para o cumprimento das metas voluntárias brasileiras de redução das emissões de carbono. "Esse processo demanda o envolvimento do governo e o engajamento do setor financeiro.”

O uso do biocombustível representa oportunidades de crescimento para o setor aéreo. "A implantação de uma cadeia integrada no sentido de acelerar a introdução do bioquerosene no país trará benefícios para o desenvolvimento econômico e sustentável", avaliou o diretor-executivo de Operações da Gol, Sérgio Quito. De acordo com ele, é preciso de incentivos para difundir a medida. “A intenção é dar continuidade aos voos verdes”, acrescentou.

O setor produtivo pretende promover ações de fomento dos biocombustíveis. Para o presidente da União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio), Odacir Klein, os voos verdes programados para a Copa são o pontapé para ações de sustentabilidade. “As empresas tomaram a iniciativa e a credibilidade da ação é dada pela participação do governo no processo”, avaliou. “Os projetos têm de avançar.”

SAIBA MAIS

Apesar de ser considerado um fenômeno natural, o efeito estufa tem sido intensificado nas últimas décadas, acarretando mudanças climáticas. Essas alterações são ocasionadas pelo aumento descontrolado das emissões de substâncias como o dióxido de carbono e o metano. A emissão desses gases na atmosfera ocorre por conta de diversas atividades humanas, entre elas o transporte, o desmatamento, a agricultura, a pecuária e a geração e consumo de energia.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia investiga acidente com helicóptero em Itupeva

A polícia começou a ouvir os funcionários da fazenda que prestaram socorro às vítimas no interior paulista. Câmeras de segurança mostram o momento do acidente. O helicóptero vinha de Paraty.


Destroços de avião desaparecido há uma semana são localizados

Em Valença, no estado do Rio de Janeiro, foram encontrados os destroços do avião que estava desaparecido desde o dia 30 de janeiro. Os corpos de um empresário e de sua família também foram vistos.


Vento pode ter causado queda de avião no Japão

Segunda-feira, 23/03/2009Um avião de carga, que estava aterrisava no Aeroporto de Narita, sofreu uma queda e explodiu. O piloto e o co-piloto, únicos ocupantes morreram no hospital. A causa do acidente pode ser o vento.