Pular para o conteúdo principal

Air France confirma cancelamento de 60% de seus voos nesta terça-feira

Na segunda, a companhia teve que suprimir 52% de seu programa.
Greve gera perdas de 15 milhões de euros por dia, diz presidente do grupo.


EFE

A companhia área Air France confirmou que terá que cancelar 60% de seus voos em todo o mundo nesta terça-feira (16), na segunda jornada de greve de seus pilotos. O presidente do grupo Air France-KLM, Alexandre de Juniac, afirmou que a porcentagem de grevistas era de 60%, a mesma de segunda (15), e que isso vai se traduzir na manutenção de 40% de seu programa de voos.

Aviões da companhia parados no Aeroporto de Roissy Charles de Gaulle. (Foto: Dominique Faget / AFP Photo)Aviões da companhia parados no Aeroporto de Roissy Charles de Gaulle. (Foto: Dominique Faget / AFP Photo)
"Para amanhã, segundo nossas estimativas, deveríamos garantir um pouco mais de 40% dos voos da quarta-feira, portanto deve melhorar ligeiramente", disse Juniac.

Na primeira jornada de greve, a Air France teve que suprimir 52% de seu programa e Juniac advertiu que isto poderia comprometer suas previsões de obter lucro este ano, levando em conta que cada dia de greve gera perdas de até 15 milhões de euros.

Os três sindicatos de pilotos que convocaram a greve - que pode prolongar-se até o dia 22 - protestam pelos planos da empresa francesa de desenvolver a filial de baixo custo Transavia, e em particular pelo fato de que as condições trabalhistas na filial sejam menos favoráveis.

O presidente da Air France, Frédéric Gagey, indicou em entrevista à emissora "Europe 1" que a direção propôs aos pilotos limitar a frota da Transavia como garantia que a filial de baixo custo não substitua as linhas exploradas pela marca Air France.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia investiga acidente com helicóptero em Itupeva

A polícia começou a ouvir os funcionários da fazenda que prestaram socorro às vítimas no interior paulista. Câmeras de segurança mostram o momento do acidente. O helicóptero vinha de Paraty.


Avião cai e mata dois

A queda de um bimotor que fazia a rota Teresina-Recife, com dez pessoas a bordo, provocou pânico em San Martin. Oito passageiros ficaram feridas


Um avião bimotor, modelo King Air B200, que retornava de Teresina, no Piauí, com dez pessoas a bordo, a maioria empresários pernambucanos, caiu às 11h15 de ontem, no bairro de San Martin, na Zona Oeste do Recife, e por pouco não provocou um dos maiores acidentes aéreos da história de Pernambuco. O piloto morreu na hora e um dos passageiros, a caminho do hospital. As outras oito pessoas ficaram feridas, uma delas em estado grave. O número de mortos e feridos, entretanto, não foi maior graças à habilidade do piloto. Os 25 anos de experiência permitiram que salvasse diversas famílias que passavam o domingo em casa, nas estreitas ruas do bairro, com 23 mil habitantes.

Sete casas foram atingidas, mas havia moradores em apenas duas delas. Uma dona de casa sofreu arranhões leves. O piloto Eurico Pedrosa Neto, 47 anos, que quebrou o pescoço no acidente…

Destroços de avião desaparecido há uma semana são localizados

Em Valença, no estado do Rio de Janeiro, foram encontrados os destroços do avião que estava desaparecido desde o dia 30 de janeiro. Os corpos de um empresário e de sua família também foram vistos.