Erupções de vulcão forçam fechamento de aeroportos na Indonésia

Gamalama prejudicou o funcionamento do aeroporto de Ternate.
Voos do aeroporto de Denpasar foram cancelados após erupção do Rinjani.


EFE

Erupções vulcânicas nos últimos dias forçaram o fechamento de aeroportos e provocaram transtornos em aeroportos na Indonésia.


Vulcão Sinabung, na província de Sumatra do Norte, entrou em erupção e lançou uma fumaça e cinzas a mais de dois quilômetros de distância da cratera (Foto: YT Haryono / AFP)
Vulcão Sinabung, na província de Sumatra do Norte, entrou em erupção e lançou uma fumaça e cinzas a mais de dois quilômetros de distância (Foto: YT Haryono / AFP)

Nesta quarta-feira, o aeroporto de Ternate, nas Ilhas Molucas, fechou depois que o vulcão Gamalama entrou em erupção. A cinza expelida pelo vulcão em pouco tempo cobriu as pistas do aeroporto, informa o jornal "The Jakarta Globe". O fenômeno natural foi provocado por um terremoto de 4,6 graus na escala Richter, segundo a Efe.

Na noite de terça (2), o vulcão Sinabung, na província de Sumatra do Norte, lançou uma fumaça e cinzas a mais de dois quilômetros de distância da cratera.

Na segunda-feira (1º), vários voos do Aeroporto de Denpasar, na capital da ilha de Bali, foram cancelados por conta da erupção do Rinjani, situado na vizinha ilha de Lombok, segundo a Efe.

A Indonésia abriga mais de 400 vulcões. Pelo menos 129 deles continuam ativos e 65 são considerados como perigosos.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Embraer e Japan Airlines estendem programa de peças de reposição da frota de E-Jets

Aviação russa fará voo de observação sobre os EUA