Erupções de vulcão forçam fechamento de aeroportos na Indonésia

Gamalama prejudicou o funcionamento do aeroporto de Ternate.
Voos do aeroporto de Denpasar foram cancelados após erupção do Rinjani.


EFE

Erupções vulcânicas nos últimos dias forçaram o fechamento de aeroportos e provocaram transtornos em aeroportos na Indonésia.


Vulcão Sinabung, na província de Sumatra do Norte, entrou em erupção e lançou uma fumaça e cinzas a mais de dois quilômetros de distância da cratera (Foto: YT Haryono / AFP)
Vulcão Sinabung, na província de Sumatra do Norte, entrou em erupção e lançou uma fumaça e cinzas a mais de dois quilômetros de distância (Foto: YT Haryono / AFP)

Nesta quarta-feira, o aeroporto de Ternate, nas Ilhas Molucas, fechou depois que o vulcão Gamalama entrou em erupção. A cinza expelida pelo vulcão em pouco tempo cobriu as pistas do aeroporto, informa o jornal "The Jakarta Globe". O fenômeno natural foi provocado por um terremoto de 4,6 graus na escala Richter, segundo a Efe.

Na noite de terça (2), o vulcão Sinabung, na província de Sumatra do Norte, lançou uma fumaça e cinzas a mais de dois quilômetros de distância da cratera.

Na segunda-feira (1º), vários voos do Aeroporto de Denpasar, na capital da ilha de Bali, foram cancelados por conta da erupção do Rinjani, situado na vizinha ilha de Lombok, segundo a Efe.

A Indonésia abriga mais de 400 vulcões. Pelo menos 129 deles continuam ativos e 65 são considerados como perigosos.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Avião de pequeno porte cai no mar em Paraty, na Costa Verde do Rio

American Airlines não leva brasileiros para réveillon em Nova Iorque

4 ficam feridos em pouso brusco de helicóptero na plataforma da Petrobrás