No RN, Receita Federal libera voos internacionais no novo aeroporto

Autorização temporária, publicado no DOU, vale de 2 a 8 de junho.
Novo terminal começou a operar dia 31 com voos nacionais.


Fernanda Zauli
Do G1 RN

A Receita Federal autorizou, de forma excepcional e temporária, a entrada e saída de voos internacionais no Aeroporto Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante. O novo terminal do Rio Grande do Norte começou a operar no sábado (31) com voos nacionais, mas não podia receber voos internacionais porque não tinha o alfandegamento. O ato declaratório autorizando voos internacionais foi publicado no Diário Oficial da União nesta terça-feira (3).

De acordo com o documento, a autorização é válida de 2 a 8 de junho. "É um ato declaratório autorizando temporariamente o recinto não aldfandegado a receber voos internacionais", explicou inspetor-chefe da Inspetoria da Receita Federal em Natal, Jorge Luiz da Costa. Ele explicou que o ato declaratório não é o alfandegamento do novo aeroporto, mas disse que as equipes da Receita estarão no novo terminal nos horários de embarque e desembarque internacionais. "O trâmite do alfandegamento tem um prazo e optamos pela autorização temporária para superar essa fase burocrática", disse.

No entanto, segundo ele, o ato declaratório da Receita Federal não é suficiente para que os voos internacionais sejam operados no novo aeroporto. "Esse ato declaratório não é soberano. Existem outros órgãos que se manifestam nesse processo, como a Anvisa, por exemplo. Não é a Receita que vai dizer se os voos internacionais vão ser operados no novo aeroporto ou no Augusto Severo a partir de agora. A Receita deu condições para que o aeroporto receba os voos no que diz respeito à competência da Receita", explicou.

O G1 tentou falar com o representante da Anvisa no aeroporto, mas as ligações não foram atendidas. O Ministério Público Federal, que acompanha as providências em relação às pendências do novo aeroporto, informou que a Anvisa também concedeu uma licença temporária de 60 dias para o novo terminal.

A pendência em relação ao alfandegamento do novo terminal fez com que o voo da TAP Linhas Aéreas que veio de Lisboa no último domingo (1º) pousasse no Aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim. Passageiros reclamaram da falta de informações sobre o local de pouso e decolagem do voo.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Avião de pequeno porte cai no mar em Paraty, na Costa Verde do Rio

American Airlines não leva brasileiros para réveillon em Nova Iorque

4 ficam feridos em pouso brusco de helicóptero na plataforma da Petrobrás