FAB adota nova estratégia para localizar avião desaparecido no Pará

90% de área de 1.630 quilômetros já foi percorrida em três dias de buscas.

Aeronave está desaparecida desde a última terça-feira, 18.


Do G1 PA

As buscas pelo avião desaparecido em Jacareacanga, no sudoeste do Pará, foram retomadas nesta sexta-feira (21), mas segundo a Força Aérea Brasileira (FAB) serão adotadas novas estratégias para tentar localizar a aeronave. Uma área de cerca de 1.630 quilômetros já foi percorrida em três dias de buscas, porém, o mesmo território será varrido pelos aviões, que desta vez vão focar em locais específicos, ainda não informados pelo órgão.

O bimotor desapareceu perto de Jacarecanga, sudoeste do Pará, na última terça-feira (18). Segundo o Ministério da Saúde, os passageiros estavam viajando para fazer substituição de equipes que prestavam atendimento de saúde nas aldeias da etnia munduruku. Entre os tripulantes estava a técnica de enfermagem Rayline Campos, que chegou a mandar um SMS para o tio falando dos problemas enfrentados na aeronave.

A busca pelo bimotor iniciou no mesmo dia do desaparecimento, e envolve, além de três aviões oficiais, uma equipe de mais de 60 pessoas que realizam buscas terrestres.

A FAB informou que até às 18h da última quinta cerca de 90% da área apontada como provável localização da aeronave foi percorrida, mas será novamente vasculhada. "A ideia é agora buscar em pontos mais prováveis de ter caído a aeronave e tentar refazer a busca por outros ângulos que tenham passado despercebido na primeira varredura. A nossa área de busca é maior que Jacareacanga", relatou o tenente Hugo Silva.

Segundo o secretário municipal de assuntos indígenas, Ivânio Nogueira, os trabalhos de busca aéreo e terrestre foram interrompidos às 18h. "Foi mais um dia improdutivo. A extensão da mata é muito grande e a gente ouve muita especulação. Já está todo mundo esgotado, são muitas horas dentro do mato, são informações desencontradas dadas pela população local. Seria melhor se tivéssemos orientação de pontos estratégicos para vasculhar por terra".

Ainda de acordo com Nogueira, nesta sexta, outros pontos na mata serão alvo das buscas "A nossa equipe vai procurar nos igarapés, nas lagoas dentro da mata. São algumas com mato por cima, então, se o avião tiver caído dentro, estará camuflado. Hoje saiu um avião de prospecção de Brasília para sobrevoar a área. A aeronave detecta metal da fuselagem. Pelo mato, se nós não tivermos ajuda, fica mais difícil", conclui.

jacareacanga bimotor (Foto: Reprodução/ TV Liberal)Área de busca por terra é de 15 quilômetros adentro de mata fechada. (Foto: Reprodução/TV Liberal)


Entenda o caso

O avião de pequeno porte que transportava uma equipe de profissionais da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) até uma aldeia indígena de Jacareacanga, no sudoeste do Pará desapareceu na última terça-feira (18). Aeronaves de Manaus e Campo Grande estão ajudando nos trabalhos de localização do bimotor, modelo Beechcraft BE 58 Baron.

De acordo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a situação da aeronave desaparecida, de matrícula PR-LMN, estava regular. A Inspeção Anual de Manutenção (IAM) e o Certificado de Aeronavegabilidade (CA) estavam em dia.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Aviação russa fará voo de observação sobre os EUA