Para manter preço em real, cai valor de passagem em dólar

MARIANA BARBOSA
DE SÃO PAULO - FOLHA DE SP

Para não afugentar a procura com a alta do dólar, algumas companhias aéreas estão reduzindo o preço das passagens em dólar para manter o valor em real.

Isso está acontecendo principalmente nos voos que tem como destino os Estados Unidos, segundo o sócio fundador da agência de viagens online Viajanet, Bob Rossato.

O mesmo movimento foi captado pelo site de comparação de preços Melhores Destinos.

"A gente acha que o mercado vai se retrair, mas isso não está acontecendo, a demanda está muito estável", diz Rossato.

Nas últimas semanas, com o fim das férias, as companhias também lançaram algumas promoções. Até a semana passada, havia passagens para Buenos Aires por US$ 80,00 e para Orlando por US$ 369.

As agências que vendem pacotes turísticos também estão congelando o câmbio para manter as vendas.

"A volatilidade é o que afugenta os consumidores", diz o diretor de assuntos internacionais da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), Leonel Rossi Jr.

"As pessoas ficam na expectativa para ver o que vai acontecer. Mas, na hora em que o câmbio se fixa, as pessoas se acostumam e a vida continua."

Atualmente, as agências estão oferecendo pacotes com câmbio congelado em torno de R$ 2,20. Ontem, depois de seis altas seguidas, o dólar fechou em R$ 2,39, queda de 0,30%.

Desde janeiro, enquanto o câmbio subiu 17,4%, os pacotes subiram em média 10%, segundo a Abav. Para compensar a diferença, hotéis 4 estrelas estão sendo substituídos por 3 estrelas.

Para o ano, a expectativa da Abav é de estabilidade no mercado de viagens internacionais. "Devido ao baixo crescimento da economia, devemos repetir o ano de 2012, que foi um ano muito bom", diz Rossi Jr.

Já para o turismo doméstico, as agências preveem crescimento de 7%."O dólar alto pode ajudar o mercado interno, mas não é a principal motivação. As vendas estão maiores porque as pessoas estão viajando mais e há mais facilidades, como parcelamento em dez vezes", diz.

Maior operadora turística do país, a CVC segurou o câmbio em R$ 1,99 no mês de julho e diz ter conseguido um aumento de vendas da ordem de 10%, na comparação com julho do ano passado.

Hoje o câmbio da CVC está em R$ 2,29, mas, nas últimas duas semanas até segunda-feira, pacotes com passagem da American Airlines estavam sendo vendidos com câmbio a R$ 2,09.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Aviação russa fará voo de observação sobre os EUA