Pular para o conteúdo principal

Este é o estrago que acontece na colisão de um drone com um avião

Os órgãos de aviação de todo o mundo têm alertado para o perigo de operar drones em áreas próximas a aeroportos. Não é à toa, pois quando um veículo aéreo desses colide com um avião a coisa pode ficar feia. Prova disso é este Boeing 737 da imagem que abre o post.


Guilherme Tagiaroli | Gizmodo

Na semana passada, durante a aterrissagem de um voo em Tijuana (México), vindo de Guadalajara, houve uma colisão da aeronave com um drone bem no bico do Boeing 737. O avião estava cheio e, segundo relata o Gizmodo ES, os passageiros apenas ouviram um forte barulho, que não comprometeu a redução de velocidade nem no desembarque das pessoas.


Reprodução

Por parte da Aeroméxico, a companhia informou que “ainda está investigando a causa exata do acidente, mas que tudo indica que foi um drone mesmo; além disso, o avião aterrissou normalmente e a segurança dos passageiros não foi comprometida”. Menos mal, né?

No Brasil, a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) define que o drone deve ficar a pelo menos 5,4 km do aeroporto para voos de até 30 metros. Para voos mais altos, a distância do aeroporto deve ser de pelo menos 9 km. Fora isso, só com permissão da Aeronáutica. Além disso, alguns softwares de controle de drone têm a localização de aeroportos e impedem que as aeronaves circulem por esses ambientes de risco.

O avião, que estava em atividade por quase 17 anos, agora está em manutenção. E o drone, por ora, não foi encontrado para dar sua versão da história. Pelo jeito, ele virou sucata.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Avião cai e mata dois

A queda de um bimotor que fazia a rota Teresina-Recife, com dez pessoas a bordo, provocou pânico em San Martin. Oito passageiros ficaram feridas


Um avião bimotor, modelo King Air B200, que retornava de Teresina, no Piauí, com dez pessoas a bordo, a maioria empresários pernambucanos, caiu às 11h15 de ontem, no bairro de San Martin, na Zona Oeste do Recife, e por pouco não provocou um dos maiores acidentes aéreos da história de Pernambuco. O piloto morreu na hora e um dos passageiros, a caminho do hospital. As outras oito pessoas ficaram feridas, uma delas em estado grave. O número de mortos e feridos, entretanto, não foi maior graças à habilidade do piloto. Os 25 anos de experiência permitiram que salvasse diversas famílias que passavam o domingo em casa, nas estreitas ruas do bairro, com 23 mil habitantes.

Sete casas foram atingidas, mas havia moradores em apenas duas delas. Uma dona de casa sofreu arranhões leves. O piloto Eurico Pedrosa Neto, 47 anos, que quebrou o pescoço no acidente…

Avião colide com ave em pleno voo e assusta passageiros (vídeo)

Com a colisão, o vidro do pára-brisas da aeronave ficou destruído, deixando o co-piloto com ferimentos leves
O Dia

Fortaleza - Um avião de pequeno porte que fazia a rota entre Fortaleza e Teresina, no último domingo, colidiu com uma ave durante o voo. Com a colisão, o vidro do para-brisa da aeronave ficou destruído, deixando o copiloto com alguns ferimentos leves no rosto.

Vidro do para-brisa de avião quebrou ao bater em ave
De acordo com o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáutico (Cenipa), a aeronave manteve a rota e pousou com segurança no destino.


Destroços de avião desaparecido há uma semana são localizados

Em Valença, no estado do Rio de Janeiro, foram encontrados os destroços do avião que estava desaparecido desde o dia 30 de janeiro. Os corpos de um empresário e de sua família também foram vistos.