Sobrevivente de acidente aéreo no AM está em Manaus e passa bem, diz empresa

Roberval Moraes Jardim chegou em Manaus na tarde desse domingo (25). Ele é o único sobrevivente da queda de uma aeronave que caiu na última sexta, próximo a Tabatinga


Girlene Medeiros | D24am

Manaus - O único sobrevivente do acidente aéreo com uma aeronave, que caiu próximo a Tabatinga (distante 1.108 quilômetros de Manaus), na última sexta-feira (23), Roberval Moraes Jardim, foi trazido para Manaus na tarde de domingo (25). Ele teve apenas ferimentos leves, passa bem e está com familiares, segundo informou, na tarde desta segunda-feira (26), a empresa Parintins Táxi Aéreo, proprietária do avião que caiu.


A aeronave de matrícula PT-ICU, modelo BE-58, foi encontrada por volta de 15h30 de sexta-feira, com três mortos. Foto: Reprodução/Facebook

Conforme a empresa, os corpos do restante da tripulação, vítima da queda do avião, foram transportados, em três aeronaves diferentes, para Manaus, para o Distrito Federal (DF), e para Cruzeiro do Sul (AC), onde foram sepultados.

Segundo o soldado Denis Wilson, do Corpo de Bombeiros, os índios transportaram o sobrevivente, de rabeta, até a estrada do Urumutum, comunidade próxima a Tabatinga, horas após a queda do avião. Ainda de acordo com o soldado, a vítima pegou um mototáxi e chegou ao Aeroporto Internacional de Tabatinga, pois era o único ponto de referência que ele conhecia. Roberval foi encaminhado ao Hospital de Guarnição de Tabatinga, pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do município.

A Parintins Táxi Aéreo informou que Roberval foi trazido para Manaus em uma Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) aérea, e está com familiares. Por meio de nota à imprensa, o diretor-geral da empresa, Maurício Paulino, informou que os corpos do piloto Wellington Mendes Faustino, do também piloto Atilon Bezerra Alencar e do passageiro Luiz Jorge Souza de Oliveira foram resgatados, por um helicóptero da empresa Táxi Aéreo Ltda (TARP), cedido para o resgate, a pedido da empresa.

De acordo com Maurício Paulino, os corpos de Wellington e Luiz Jorge foram transferidos, de Tabatinga para Manaus, em uma aeronave Caravan, da empresa Cleiton Táxi Aéreo (CTA). Segundo o diretor-geral da Parintins Táxi Aéreo, o corpo de Luiz Jorge foi sepultado em Manaus. Já o corpo de Wellington, segundo Maurício Paulino, foi recebido, em Manaus, por familiares do piloto que acompanharam a transferência do corpo dele para o Distrito Federal, onde foi sepultado.

Ainda segundo Maurício Paulino, o corpo de Atilon foi transportado pela empresa aérea Aeroban, também a pedido da Parintins Táxi Aéreo, para Cruzeiro do Sul, no Acre, onde foi sepultado. “Informamos que todas as providências de apoio aos familiares foram adotadas, inclusive as relacionadas às apólices de seguro”, informou o diretor-geral da empresa, acrescentando que a Parintins Táxi Aéreo irá aguardar as investigações que estão sendo feitas pelo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa VII).

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou, por meio de nota à imprensa, que a aeronave havia decolado de Tefé (distante 523 quilômetros de Manaus) com quatro passageiros a bordo, às 10h32 (horário Manaus) da última sexta-feira. O destino era Tabatinga e, conforme a FAB, o piloto fez o último contato com o controle de tráfego aéreo pouco antes do horário previsto para pouso, que era 11h30 local.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Embraer e Japan Airlines estendem programa de peças de reposição da frota de E-Jets

Aviação russa fará voo de observação sobre os EUA