Avião que caiu no Paraná por pouco não atingiu igreja, diz empresário

Acidente aconteceu na noite de domingo (31), em Cambé, no Paraná.

Aeronave caiu em cima de uma transportadora, a 20 metros da igreja.


Adriana Justi | G1 PR

O dono da empresa Excellence Transportes, atingida por um avião de pequeno porte no início da noite de domingo (31) em Cambé, no norte do Paraná, Sérgio Tupo da Silva, disse ao G1 que por pouco a tragédia, que matou oito pessoas, não foi maior. "Cerca de 20 metros de distância dali estava tendo um culto em uma igreja. Acho que tinham umas 300 pessoas mais ou menos", relatou o empresário.


Aeronave caiu em cima de barracão de transportadora e explodiu  (Foto: Sérgio Pupo Silva/Arquivo pessoal )
Aeronave caiu em cima de barracão de transportadora e explodiu (Foto: Sérgio Tupo Silva/Arquivo pessoal )

O avião caiu no barracão da transportadora e atingiu um caminhão, que explodiu na sequência. No local, não foram registradas vítimas. Todos os ocupantes da aeronave, sendo duas crianças e o piloto e o copiloto, morreram na hora. As vítimas são parentes do presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores Celetistas nas Cooperativas do Brasil (Fenatracoop), Mauri Viana.

"O avião deu no meio do barracão e bateu no nosso veículo. Então, eu acredito que se o caminhão não tivesse no local, a aeronave poderia ter atravessado o barracão e talvez ter atingido parte da igreja, que fica ao lado da transportadora", contou Silva.

O dono da transportadora contou ainda que não havia ninguém dentro do local. "Que tristeza esse tipo de coisa. Que susto tremendo. Agora é rezar para que a família das vítimas seja forte", argumentou o empresário.

Avião emprestado

 
A assessoria de imprensa da Fenatracoop disse que a aeronave tinha passado por manutenção há pouco tempo e a documentação estava em dia.

A federação informou ainda que o avião estava cedido por empréstimo ao presidente da entidade Mauri Viana Pereira. A família saiu de Cuiabá, no Mato Grosso, com destino a Londrina.

A Fenatracoop divulgou, por volta das 8h30, os nomes das vítimas que estavam no avião que caiu em Cambé:

- Antônio Viçoti, piloto
- Maria Candida Castro Viana Pereira, de 15 anos (filha de Mauri Viana)
- Maria Clara Castro Viana, de 8 anos (filha de Mauri Viana)
- Miguel Viana Barion, de 9 anos (neto de Mauri Viana)
- Marilene Ribeiro dos Santos (ex-esposa de Mauri Viana)
- Joceli Ribeiro Santos Costa (cunhado de Marilene)
- Cleonisa Madriolo (irmã de Marilene)

O nome do copiloto não tinha sido divulgado pela Federação até as 8h30. A Fenatracoop também divulgou que os velórios e sepultamentos serão realizados em duas cidades do Paraná e no interior de São Paulo.

Os corpos das duas crianças e da adolescente serão velados em Campo Mourão, na região centro-oeste. Os corpos da ex-mulher do presidente da Fenatracoop e do casal serão velados em Pato Branco, na região sudoeste. O piloto e copiloto serão velados em São José do Rio Preto, em São Paulo.

O serviço de prevenção de acidentes, ligado à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), investiga as causas do acidente.

Sem luz

 
O rompimento de cabos de energia na região onde ocorreu o acidente aéreo deixou 8.400 imóveis sem luz na noite de domingo. De acordo com a Copel, equipes de manutenção estiveram no local regularizando a situação.

A energia será regularizada completamente na manhã desta terça-feira (2), quando as equipes retornarão ao local. A manutenção será realizada com a rede ligada, e por isso, há previsão de duas interrupções o que afetará 40 domicílios.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Avião de pequeno porte cai no mar em Paraty, na Costa Verde do Rio

American Airlines não leva brasileiros para réveillon em Nova Iorque

4 ficam feridos em pouso brusco de helicóptero na plataforma da Petrobrás