Pular para o conteúdo principal

Gol faz 1º voo internacional com biocombustível

Voo de Orlando para São Paulo utilizou combustível derivado da cana-de-açúcar


AeroMagazine

A GOL em parceria com a Amyris, que atua no segmento de combustíveis e químicos renováveis, se tornou a primeira companhia aérea brasileira a realizar um voo internacional com biocombustível.

O voo operado por um Boeing 737-800 utiliza o primeiro bioquerosene produzido no Brasil, recém certificado após revisão da norma D7566, desenvolvida pela ASTM International sobre produtos petrolíferos, combustíveis líquidos e lubrificantes.




O abastecimento utilizou um “blending” na proporção de 10% do combustível renovável, obtido a partir da cana-de-açúcar e produzido pela Amyris, e 90% de combustível fóssil.


O voo 7725 partiu de Orlando (Estados Unidos) para Santo Domingo (República Dominicana), seguindo posteriormente para São Paulo.

A expectativa é realizar outros voos ainda este ano, já que estas operações fazem parte da assinatura de um memorando de entendimento, realizada em outubro de 2013. O acordo prevê que GOL e Amyris trabalharão juntas para estruturar um programa de uso de combustível de aviação renovável derivado de cana-de-açúcar.

O trabalho em conjunto estabelecido nos últimos anos tem como parceiros a Plataforma Brasileira do Bioquerosene, Boeing, Amyris, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), entre outros.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia investiga acidente com helicóptero em Itupeva

A polícia começou a ouvir os funcionários da fazenda que prestaram socorro às vítimas no interior paulista. Câmeras de segurança mostram o momento do acidente. O helicóptero vinha de Paraty.


Avião cai e mata dois

A queda de um bimotor que fazia a rota Teresina-Recife, com dez pessoas a bordo, provocou pânico em San Martin. Oito passageiros ficaram feridas


Um avião bimotor, modelo King Air B200, que retornava de Teresina, no Piauí, com dez pessoas a bordo, a maioria empresários pernambucanos, caiu às 11h15 de ontem, no bairro de San Martin, na Zona Oeste do Recife, e por pouco não provocou um dos maiores acidentes aéreos da história de Pernambuco. O piloto morreu na hora e um dos passageiros, a caminho do hospital. As outras oito pessoas ficaram feridas, uma delas em estado grave. O número de mortos e feridos, entretanto, não foi maior graças à habilidade do piloto. Os 25 anos de experiência permitiram que salvasse diversas famílias que passavam o domingo em casa, nas estreitas ruas do bairro, com 23 mil habitantes.

Sete casas foram atingidas, mas havia moradores em apenas duas delas. Uma dona de casa sofreu arranhões leves. O piloto Eurico Pedrosa Neto, 47 anos, que quebrou o pescoço no acidente…

Destroços de avião desaparecido há uma semana são localizados

Em Valença, no estado do Rio de Janeiro, foram encontrados os destroços do avião que estava desaparecido desde o dia 30 de janeiro. Os corpos de um empresário e de sua família também foram vistos.