Pular para o conteúdo principal

Costa do Marfim suspende voos de países afetados pelo ebola

Libéria e Guiné, Serra Leoa e Nigéria são afetadas por epidemia da doença.
Passageiros destes países estão proibidos de irem para a Costa do Marfim.


France Presse

A Costa do Marfim anunciou nesta segunda-feira (11) a suspensão de todos os voos de sua companhia nacional para e a partir dos países afetados pelo vírus ebola.

Além disso, o governo proibiu que as companhias transportem passageiros dos países envolvidos para o território da Costa do Marfim.

Em um comunicado, o governo anunciou a suspensão dos voos da companhia Air Côte d'Ivoire para e a partir dos países afetados pela febre hemorrágica.

A Costa do Marfim, vizinha da Libéria e de Guiné, onde a epidemia de ebola provocou centenas de mortes, apresenta um nível de alerta elevado, segundo as autoridades do setor de saúde.

O país adotou um pacote de medidas para evitar a entrada do ebola em seu território, sobretudo de vigilância comunitária.

Também decidiu reforçar a segurança no aeroporto de Abidjan, onde todos os passageiros serão examinados após o desembarque.

Até o momento nenhum caso suspeito de ebola foi registrado na Costa do Marfim.

O governo de Ruanda anunciou no domingo que colocou em quarentena um estudante alemão, internado em Kigali, que apresenta os sintomas do vírus ebola.

O paciente foi submetido a exames e os resultados devem ser conhecidos em 48 horas.

Além de Libéria e Guiné, Serra Leoa e Nigéria também são afetados pela epidemia que já provocou 960 mortes em 1.800 casos confirmados, prováveis ou suspeitos desde o início do ano.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou na sexta-feira uma emergência de saúde pública mundial pelo ebola.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Avião da TAM retorna após decolagem

Jornal do Commercio SÃO PAULO – Um avião da TAM, que partiu de Nova Iorque em direção a São Paulo na noite de anteontem, teve que retornar ao aeroporto de origem devido a uma falha. Segundo a TAM, o voo JJ 8081, com 196 passageiros a bordo, teve que voltar para Nova Iorque devido a uma indicação, no painel, de mau funcionamento de um dos flaps (comandos localizados nas asas) da aeronave.De acordo com a TAM, o avião passou por manutenção corretiva e o voo foi retomado à 1h28 de ontem, com pouso normal em Guarulhos (SP) às 10h38 (horário de Brasília). O voo era previsto para chegar às 6h45. A companhia também informou que seu sistema de check-in nos aeroportos ficou fora do ar na manhã de ontem, provocando atrasos em 40% dos voos. O problema foi corrigido.

STJ define foro de ação contra Varig

Zínia Baeta, de São Paulo

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, pela primeira vez, que cabe à Justiça do Trabalho julgar um processo de uma ex-funcionária da antiga Varig que pede no Judiciário o pagamento de verbas trabalhistas - como salário, férias e FGTS - ao grupo econômico do qual faz parte a companhia aérea Gol. Até então, em conflitos de competência similares, o STJ vinha entendendo que esses casos deveriam ser remetidos à Justiça estadual - no caso, a 1ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, responsável pela recuperação judicial da velha Varig. Apesar de o STJ não entrar na discussão sobre a responsabilidade da Gol pelas dívidas trabalhistas da Varig, comprada por ela em 2007, a decisão é apontada como um importante precedente por advogados trabalhistas, pois o entendimento poderia, de alguma forma, influenciar o Supremo Tribunal Federal (STF), que também está para julgar um conflito de competência envolvendo uma ex-funcionária da antiga Varig.

Em março de 2007, a Gol com…

Avião colide com ave em pleno voo e assusta passageiros (vídeo)

Com a colisão, o vidro do pára-brisas da aeronave ficou destruído, deixando o co-piloto com ferimentos leves
O Dia

Fortaleza - Um avião de pequeno porte que fazia a rota entre Fortaleza e Teresina, no último domingo, colidiu com uma ave durante o voo. Com a colisão, o vidro do para-brisa da aeronave ficou destruído, deixando o copiloto com alguns ferimentos leves no rosto.

Vidro do para-brisa de avião quebrou ao bater em ave
De acordo com o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáutico (Cenipa), a aeronave manteve a rota e pousou com segurança no destino.