Pular para o conteúdo principal

Ucrânia e Holanda assinam acordo sobre investigação da queda do Boeing

Voz da Rússia

O Ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Pavel Klimkin, e seu homólogo da Holanda, Frans Timmermans, assinaram esta quinta-feira um memorando sobre a investigação do acidente do Boeing 777 da Malásia, na região de Donetsk, informou esta quinta-feira a administração presidencial ucraniana na sua página no Twitter.


Ucrânia, Holanda, investigação, boeing

"Os ministros das Relações Exteriores da Ucrânia e da Holanda assinaram, na presença do presidente da Ucrânia, um memorando sobre a investigação da tragédia. A Ucrânia delega na Holanda a investigação do acidente", afirma o comunicado.

A maioria dos passageiros do avião eram cidadãos da Holanda. Ontem, o país recebeu dois aviões com restos mortais de passageiros. Esta quarta-feira, a Holanda está em luto.

O Boeing 777 da Malaysia Airlines, que decolou de Amsterdã em direção a Kuala Lumpur, caiu em 17 de julho, no leste da Ucrânia. A Rússia acredita que o acidente deve ser investigado por um grupo internacional de peritos, sob os auspícios da ICAO.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia investiga acidente com helicóptero em Itupeva

A polícia começou a ouvir os funcionários da fazenda que prestaram socorro às vítimas no interior paulista. Câmeras de segurança mostram o momento do acidente. O helicóptero vinha de Paraty.


Destroços de avião desaparecido há uma semana são localizados

Em Valença, no estado do Rio de Janeiro, foram encontrados os destroços do avião que estava desaparecido desde o dia 30 de janeiro. Os corpos de um empresário e de sua família também foram vistos.


Vento pode ter causado queda de avião no Japão

Segunda-feira, 23/03/2009Um avião de carga, que estava aterrisava no Aeroporto de Narita, sofreu uma queda e explodiu. O piloto e o co-piloto, únicos ocupantes morreram no hospital. A causa do acidente pode ser o vento.