Pular para o conteúdo principal

Aeronautas e aeroviários recusam proposta das empresas aéreas e decretam estado de greve

A decisão foi tomada em assembleias realizadas nesta sexta-feira (13) em várias cidades do país


Do UOL, em São Paulo

Os aeronautas -- pilotos, co-pilotos, comissários de bordo -- e aeroviários --que trabalham em terra -- decidiram decretar estado de greve, após rejeitarem a proposta de reajuste salarial feita pelas empresas aéreas.
A decisão foi tomada em assembleias realizadas nesta sexta-feira (13) em várias cidades do país. Durante as reuniões, as duas categorias aprovaram indicativo de paralisação para a próxima sexta-feira (20).

Na quarta-feira (18), será realizada uma nova rodada de negociações entre as categorias e os sindicatos patronais.

Os aeronautas pedem aumento de 8%, além de folgas fixas anuais, folgas regulamentares, duração mínima da jornada de trabalho, previdência privada, plano de saúde, entre outras reivindicações.

Os aeroviários também querem reajuste de 8%, além de aumento de 20% na cesta básica, no vale-alimentação, no vale-refeição e nas diárias, e a criação de piso salarial para as funções de atendente de check-in e despachante.

As empresas aéreas ofereceram reajuste salarial de 5,6%. De acordo com os dois sindicatos, há atualmente cerca de 84 aeronautas e aeroviários em todo o país.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia investiga acidente com helicóptero em Itupeva

A polícia começou a ouvir os funcionários da fazenda que prestaram socorro às vítimas no interior paulista. Câmeras de segurança mostram o momento do acidente. O helicóptero vinha de Paraty.


Destroços de avião desaparecido há uma semana são localizados

Em Valença, no estado do Rio de Janeiro, foram encontrados os destroços do avião que estava desaparecido desde o dia 30 de janeiro. Os corpos de um empresário e de sua família também foram vistos.


Vento pode ter causado queda de avião no Japão

Segunda-feira, 23/03/2009Um avião de carga, que estava aterrisava no Aeroporto de Narita, sofreu uma queda e explodiu. O piloto e o co-piloto, únicos ocupantes morreram no hospital. A causa do acidente pode ser o vento.