Pular para o conteúdo principal

Guarulhos já pode receber super jumbo da Boeing

Mariana Barbosa | Folha de SP

O Aeroporto de Guarulhos já está certificado para receber o super jumbo 747-8, da Boeing. A autorização foi publicada ontem no Diário Oficial.

Desde 2008 a Boeing tenta convencer a Infraero a fazer adaptações no aeroporto para poder receber o avião. Mas, a Infraero alegava não ter recursos para fazer as adaptações necessárias. Com a concessão para a iniciativa privada, o novo operador do aeroporto fez as adaptações e solicitou a certificação.

O demora na certificação fez com que a Lufthansa, primeira companhia a operar o jato na versão passageiro, adiasse os planos de voar com o equipamento para o Brasil.

Com 362 assentos, o 747-8 polui 20% menos e é 13% mais econômico que o 747-4, usado atualmente pela Lufthansa na rota para o Brasil.

A empresa alemã recebeu o primeiro 747-8 em maio do ano passado. O Brasil iria ser o sexto destino a receber o avião caso a certificação tivesse saído no início deste ano.

Não há previsão de quando a companhia iniciará as operações com o avião. A expectativa é de que na Copa do Mundo o avião entre na rota São Paulo-Frankfurt.

O 747-8 já voa para o Brasil, mas apenas na versão cargueira. Viracopos foi o primeiro aeroporto certificado para receber o avião.

A certificação de Guarulhos não permite a operação do Airbus A380, um avião categoria F. O processo de certificação da categoria F está prevista para a Copa.

Apesar de o 747-8 ser classificado como categoria F, em todo o mundo, aeroportos categoria E conseguem receber o avião desde que sejam feitas algumas modificações.

O B 747-8 tem 76,3 m de comprimento e 68,5 de envergadura. O A-380 tem 72,77 de comprimento e 79,8 de envergadura.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia investiga acidente com helicóptero em Itupeva

A polícia começou a ouvir os funcionários da fazenda que prestaram socorro às vítimas no interior paulista. Câmeras de segurança mostram o momento do acidente. O helicóptero vinha de Paraty.


Destroços de avião desaparecido há uma semana são localizados

Em Valença, no estado do Rio de Janeiro, foram encontrados os destroços do avião que estava desaparecido desde o dia 30 de janeiro. Os corpos de um empresário e de sua família também foram vistos.


Vento pode ter causado queda de avião no Japão

Segunda-feira, 23/03/2009Um avião de carga, que estava aterrisava no Aeroporto de Narita, sofreu uma queda e explodiu. O piloto e o co-piloto, únicos ocupantes morreram no hospital. A causa do acidente pode ser o vento.