Pular para o conteúdo principal

Embraer tem prejuízo de R$ 83,8 milhões no 3º trimestre

Resultado foi afetado principalmente pela entrega de menos jatos comerciais no período.


Por G1

A Embraer registrou um prejuízo líquido atribuído aos acionistas de R$ 83,8 milhões no terceiro trimestre, ante um lucro de R$ 331,9 milhões no mesmo período do ano passado, informou a fabricante brasileira de aeronaves nesta terça-feira (30). O prejuízo, entretanto, foi menor que o registrado no 2º trimestre (R$ 467 milhões).

Embraer E175 — Foto: Embraer/ Divulgação
Embraer E175 — Foto: Embraer/ Divulgação

Com o resultado, a Embraer passa a acumular prejuízo de R$ 590,9 milhões no ano.

Segundo o balanço, no 3º trimestre foram entregues 15 jatos comerciais e 24 executivos, ante 25 jatos comerciais e 20 executivos entregues no mesmo período do ano passado.

O valor dos aviões vendidos, mas ainda a serem entregues, atingiu uma mínima de cinco anos neste trimestre, destaca a agência Reuters. A empresa também foi afetada pela perda de pedidos da Jet Blue para a rival Airbus, e teve que cortar 100 jatos comerciais de suas previsões de vendas devido a incertezas se pilotos concordariam em comandar aviões E175-E2 nos Estados Unidos.

O resultado ficou abaixo da previsão consensual para lucro líquido trimestral de 4,2 milhões de

A receita líquida por sua vez cresceu 11% na comparação anual, somando R$ 4,58 bilhões.

Parceria com a Boeing

No balanço, a Embraer afirma que continua a negociar com a Boeing, mas que "não há garantia quanto à conclusão dos documentos finais ou a consumação da transação, ou o tempo ou termos destes".

O acordo de união dos negócios da Boeing e Embraer para a criação de uma nova empresa na área de aviação comercial foi anunciado em julho. Pelo memorando, a companhia americana terá 80% de participação e a brasileira, 20% na joint venture. A transação ainda depende do aval dos acionistas – entre os quais está o governo brasileiro – e dos órgãos reguladores do mercado brasileiro e americano.

A venda, no entanto, significaria que a Embraer teria que sustentar a companhia em grande parte com suas divisões de jatos executivos e de defesa, ambas operando com prejuízo nos últimos trimestres, destaca a Reuters.

A divisão de jatos executivos registrou prejuízo operacional de R$ 32 milhões nos primeiros nove meses do ano, enquanto a divisão de defesa teve prejuízo operacional de R$ 443 milhões.

A empresa informou que o resultado negativo da divisão de defesa foi por causa de um evento isolado quando o protótipo do KC-390 saiu da pista durante um teste em solo, atrasando a entrega e aumentando os custos de desenvolvimento.

A divisão comercial, por sua vez, obteve um lucro operacional de R$ 355 milhões nos nove meses até 30 de setembro.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Avião cai e mata dois

A queda de um bimotor que fazia a rota Teresina-Recife, com dez pessoas a bordo, provocou pânico em San Martin. Oito passageiros ficaram feridas


Um avião bimotor, modelo King Air B200, que retornava de Teresina, no Piauí, com dez pessoas a bordo, a maioria empresários pernambucanos, caiu às 11h15 de ontem, no bairro de San Martin, na Zona Oeste do Recife, e por pouco não provocou um dos maiores acidentes aéreos da história de Pernambuco. O piloto morreu na hora e um dos passageiros, a caminho do hospital. As outras oito pessoas ficaram feridas, uma delas em estado grave. O número de mortos e feridos, entretanto, não foi maior graças à habilidade do piloto. Os 25 anos de experiência permitiram que salvasse diversas famílias que passavam o domingo em casa, nas estreitas ruas do bairro, com 23 mil habitantes.

Sete casas foram atingidas, mas havia moradores em apenas duas delas. Uma dona de casa sofreu arranhões leves. O piloto Eurico Pedrosa Neto, 47 anos, que quebrou o pescoço no acidente…

Avião colide com ave em pleno voo e assusta passageiros (vídeo)

Com a colisão, o vidro do pára-brisas da aeronave ficou destruído, deixando o co-piloto com ferimentos leves
O Dia

Fortaleza - Um avião de pequeno porte que fazia a rota entre Fortaleza e Teresina, no último domingo, colidiu com uma ave durante o voo. Com a colisão, o vidro do para-brisa da aeronave ficou destruído, deixando o copiloto com alguns ferimentos leves no rosto.

Vidro do para-brisa de avião quebrou ao bater em ave
De acordo com o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáutico (Cenipa), a aeronave manteve a rota e pousou com segurança no destino.


Helicóptero quase encosta no gelo em resgate nos Alpes Franceses (VIDEO)

Esquiador com o joelho ferido precisou de ajuda em Chamonix. Piloto afirmou que manobra é frequente.
Por G1

Um helicóptero quase encostou no gelo no resgate de um esquiador com o joelho ferido em uma alta montanha de Chamonix, nos Alpes Franceses, na quarta-feira (2).
O piloto Jean-François Martin, de 46 anos, explicou à emissora France Bleu que se trata de uma manobra utilizada frequentemente pois permite que as pessoas embarquem ou desembarquem rapidamente da aeronave. “Não há nada de extraordinário”, afirmou.

O segredo, segundo ele, é observar se há ângulo suficiente para que as hélices não encostem na neve. O piloto acumula 5000 horas de voo e atua há seis anos em Chamonix.