Rússia quer localizar produção de aviões anfíbios Be-200 na China

A produção de aviões anfíbios russos Be-200 poderá ser localizada na China, escreveu na quarta-feira o jornal Kommersant, citando o diretor-geral da fabricante de aviões russa Beriev Aircraft Company, Yuri Grudinin.


Sputnik

Os chefes da Beriev Aircraft Company, juntamente com a Agência Federal de Transporte Aéreo russa e a Administração da Aviação Civil da China, apresentaram um pedido para certificação do avião anfíbio russo Be-200 na China, contou Grudinin à edição Kommersant.


Avião Be-200 (foto de arquivo)
Beriev Be-200 © Sputnik/ Roman Denisov

Segundo ele, "foi tomada uma decisão de princípio" para promover o avião Be-200 nessa região. Num ambiente de grande interesse do lado chinês, no futuro "a produção do avião pode ser localizada na China", disse Grudinin, acrescentando que primeiro é preciso "discutir a questão cuidadosamente com as autoridades da Rússia".

O avião anfíbio Beriev Be-200 foi criado especialmente para combater incêndios florestais e é capaz de receber até 12 toneladas de água de cada vez, que pega em qualquer rio ou lago sem necessidade de regressar à base.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Embraer e Japan Airlines estendem programa de peças de reposição da frota de E-Jets

Aviação russa fará voo de observação sobre os EUA