Rússia quer localizar produção de aviões anfíbios Be-200 na China

A produção de aviões anfíbios russos Be-200 poderá ser localizada na China, escreveu na quarta-feira o jornal Kommersant, citando o diretor-geral da fabricante de aviões russa Beriev Aircraft Company, Yuri Grudinin.


Sputnik

Os chefes da Beriev Aircraft Company, juntamente com a Agência Federal de Transporte Aéreo russa e a Administração da Aviação Civil da China, apresentaram um pedido para certificação do avião anfíbio russo Be-200 na China, contou Grudinin à edição Kommersant.


Avião Be-200 (foto de arquivo)
Beriev Be-200 © Sputnik/ Roman Denisov

Segundo ele, "foi tomada uma decisão de princípio" para promover o avião Be-200 nessa região. Num ambiente de grande interesse do lado chinês, no futuro "a produção do avião pode ser localizada na China", disse Grudinin, acrescentando que primeiro é preciso "discutir a questão cuidadosamente com as autoridades da Rússia".

O avião anfíbio Beriev Be-200 foi criado especialmente para combater incêndios florestais e é capaz de receber até 12 toneladas de água de cada vez, que pega em qualquer rio ou lago sem necessidade de regressar à base.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Avião de pequeno porte cai no mar em Paraty, na Costa Verde do Rio

American Airlines não leva brasileiros para réveillon em Nova Iorque

4 ficam feridos em pouso brusco de helicóptero na plataforma da Petrobrás