Pular para o conteúdo principal

Após reforma, aeroporto de Rio Branco volta a operar voos diurnos

Pista estava interditada desde outubro para reforma.
Segunda etapa das obras está prevista o 2º semestre de 2015.


Do G1 AC

Quase três meses sem realizar voos diurnos, devido a uma reforma na pista, iniciada em 6 de outubro, o Aeroporto Plácido de Castro, em Rio Branco, voltou a realizar voos das 8h às 23h (horário do Acre) neste sábado (20). Ao todo, foram 1.200 metros reformados dos 2.158 metros da pista. De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), as obras estão previstas para terminar em 2016.

Avião teve problemas durante o pouso em Rio Branco  (Foto: Aline Vieira/ Arquivo pessoal )Pista volta a operar voos diurnos a partir desse sábado (20) Rio Branco (Foto: Aline Vieira/ Arquivo pessoal )

De acordo com a Infraero, durante a primeira fase da reforma foi regularizado o sistema de pista e operação tapa buraco. A pista apresentava ondulações, rachaduras, trechos com afundamentos e acúmulo de água. A segunda etapa da reforma está prevista para começar em junho de 2015.

O engenheiro responsável pela obra, Awny Mustafa, explicou ao Jornal do Acre que durante o período em que a obra estiver parada, os serviços de drenagens devem continuar para manter a pista funcionando novamente. "Os serviços de drenagens serão permanentes durante esse período de inverno, onde as chuvas são previstas, garantindo estabilidade no sistema como um todo", afirma.

Durante a reforma, apenas cinco voos na madrugada estavam atendendo a demanda do aeroporto, o que correspondia a apenas 80% da passageiros. A partir deste sábado, o aeroporto volta a operar com dois voos diurnos em Rio Branco.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia investiga acidente com helicóptero em Itupeva

A polícia começou a ouvir os funcionários da fazenda que prestaram socorro às vítimas no interior paulista. Câmeras de segurança mostram o momento do acidente. O helicóptero vinha de Paraty.


Avião cai e mata dois

A queda de um bimotor que fazia a rota Teresina-Recife, com dez pessoas a bordo, provocou pânico em San Martin. Oito passageiros ficaram feridas


Um avião bimotor, modelo King Air B200, que retornava de Teresina, no Piauí, com dez pessoas a bordo, a maioria empresários pernambucanos, caiu às 11h15 de ontem, no bairro de San Martin, na Zona Oeste do Recife, e por pouco não provocou um dos maiores acidentes aéreos da história de Pernambuco. O piloto morreu na hora e um dos passageiros, a caminho do hospital. As outras oito pessoas ficaram feridas, uma delas em estado grave. O número de mortos e feridos, entretanto, não foi maior graças à habilidade do piloto. Os 25 anos de experiência permitiram que salvasse diversas famílias que passavam o domingo em casa, nas estreitas ruas do bairro, com 23 mil habitantes.

Sete casas foram atingidas, mas havia moradores em apenas duas delas. Uma dona de casa sofreu arranhões leves. O piloto Eurico Pedrosa Neto, 47 anos, que quebrou o pescoço no acidente…

Destroços de avião desaparecido há uma semana são localizados

Em Valença, no estado do Rio de Janeiro, foram encontrados os destroços do avião que estava desaparecido desde o dia 30 de janeiro. Os corpos de um empresário e de sua família também foram vistos.