Pular para o conteúdo principal

Buscas de Boeing desaparecido não foram feitas no lugar certo

As buscas do avião malaio desaparecido foram feitas não no lugar certo, declarou a companhia britânica de satélites Inmarsat.


Voz da Rússia

Segundo informa a BBC, até agora nenhum navio de salvamento chegou ao lugar indicado pelos dados iniciais da Inmarsat. Os socorristas consideraram o lugar provável da queda outro devido à semelhança dos sinais emitidos alí com os sinais das caixas-pretas do avião.

Sinais do Boeing desaparecido chegavam ao satélite Inmarsat de hora em hora. Segundo esses dados, os funcionários da companhia conseguiram determinar aproximadamente o lugar mais provável – no sul do oceano Índico. Porém, as buscas foram realizadas mais ao norte – segundo um cientista da Inmarsat, "em um local mais bem realista, mas contudo mais para o norte da área que nós identificamos como a mais provável".



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia investiga acidente com helicóptero em Itupeva

A polícia começou a ouvir os funcionários da fazenda que prestaram socorro às vítimas no interior paulista. Câmeras de segurança mostram o momento do acidente. O helicóptero vinha de Paraty.


Destroços de avião desaparecido há uma semana são localizados

Em Valença, no estado do Rio de Janeiro, foram encontrados os destroços do avião que estava desaparecido desde o dia 30 de janeiro. Os corpos de um empresário e de sua família também foram vistos.


Vento pode ter causado queda de avião no Japão

Segunda-feira, 23/03/2009Um avião de carga, que estava aterrisava no Aeroporto de Narita, sofreu uma queda e explodiu. O piloto e o co-piloto, únicos ocupantes morreram no hospital. A causa do acidente pode ser o vento.