Avião faz pouso de emergência no aeroporto JK, em Brasília

Avião pousou de barriga, porque trem de pouso dianteiro não abriu.
Aeronave vinha de Petrolina com 49 passageiros a bordo; não há feridos.


Do G1 DF

Um avião da Avianca fez um pouso de emergência na tarde desta sexta-feira (28) no aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília. O avião, que vinha de Petrolina com destino à capital federal, pousou de barriga no chão – o trem de pouso dianteiro não abriu. De acordo com a Inframerica, concessionária que administra o terminal, ninguém ficou ferido.



Um avião da Avianca fez um pouso de emergência na tarde desta sexta-feira (28) no aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília, segundo a Inframerica, concessionária que administra o terminal (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)Um avião da Avianca fez um pouso de emergência na tarde desta sexta-feira (28) no aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília, segundo a Inframerica, concessionária que administra o terminal (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)


Em nota, a Avianca diz que o avião "pousou de forma segura" e que a empresa prestou atendimento a todos os passageiros (veja íntegra do comunicado ao final deste texto). A empresa informou que havia 49 pessoas a bordo – 44 passageiros e 5 tripulantes.

Todos os ocupantes tiveram de deixar o avião, um modelo Fokker 100, por uma rampa inflável na porta dianteira da aeronave. De acordo com a empresa, 20 passageiros seguiram para outros destinos em voos da própria companhia, 14 foram para suas residências em Brasília e nove adultos e uma criança foram acomodados em um hotel.

Sem o trem de pouso dianteiro aberto, o piloto fez o avião andar centenas de metros apenas sobre as rodas traseiras até o avião perder velocidade e tocar com a ponta da aeronave no chão, que foi se arrastando até parar. Antes do pouso, o piloto deu voltas sobre Brasília para gastar o combustível e reduzir o risco de explosão.

Bombeiros do aeroporto despejaram jatos de espuma na aeronave para evitar um eventual incêndio. A pista onde o avião pousou foi fechada. Os voos e decolagens programados a partir das 18h estavam sendo direcionadas para a segunda pista do aeroporto.

O engenheiro agrônomo Roque Marinato, que estava no avião, relatou que o piloto avisou que faria um pouso de emergência e que todos os ocupantes da aeronave se prepararam para o choque da aeronave no solo. "Estava todo mundo tranquilo, não houve nenhum tumulto. Claro que tem pessoas que são mais suscetíveis a ficarem nervosas, mas o clima estava tranquilo", disse.





Veja a nota da Avianca

"Sobre o ocorrido nesta sexta-feira, 28 de março de 2014, a Avianca informa que a aeronave MK-28, Prefixo OAF 6393, procedente de Petrolina com destino a Brasília, com 44 passageiros e 5 tripulantes a bordo, pousou de forma segura no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitscheck às 17h42. Todos os passageiros foram desembarcados e transportados, em ônibus, até o terminal de passageiros. Após o desembarque, alguns passageiros optaram por seguir em suas conexões. Durante toda a ocorrência, priorizamos a assistência aos passageiros.

A Avianca informa que dos 44 passageiros a bordo do voo 6393 20 seguiram viagem em voos da própria companhia; 14 com destino a Brasília seguiram para suas residências e 9 adultos e uma criança foram acomodados em hotel."


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Avião de pequeno porte cai no mar em Paraty, na Costa Verde do Rio

American Airlines não leva brasileiros para réveillon em Nova Iorque

4 ficam feridos em pouso brusco de helicóptero na plataforma da Petrobrás