TAM poderá cortar mais voos se dólar seguir em alta

Desde 2011, a empresa reduziu em 12% sua capacidade doméstica para fazer frente à alta de custos com o querosene de aviação e a valorização do dólar.

Brasil Econômico
- Por Roberta Vilas Boas/ Reuters

A empresa aérea TAM poderá rever sua estratégia de redução de oferta de voos ou de reajuste de tarifas caso o dólar continue subindo ante o real, afirmou um executivo da empresa nesta terça-feira (20/08).

Desde 2011, a empresa reduziu em 12% sua capacidade doméstica, segundo o diretor de vendas da empresa, Klaus Kühnast, para fazer frente à alta de custos com o querosene de aviação e a valorização do dólar.

"A gente acredita que já fez a lição de casa em relação a voos e a gente acreditava até a semana passada que isso era suficiente. Neste momento não existe uma nova estratégia, mas se dólar continuar neste patamar ou subir, poderá ter impacto no futuro, porque é um custo muito forte e a empresa acaba tendo que tomar uma ação, ou nos preços ou nas rotas", disse ele a jornalistas.

Na véspera o dólar encerrou cotado a R$ 2,41. "O dólar e o combustível são os fatores variáveis mais complicados para uma empresa aérea. Mais de 60% dos nossos custos são em dólar e o impacto (da valorização) é muito grande. Cada centavo que vai aumentando a gente vai ficando mais preocupado", disse.

A TAM também anunciou uma redução no quadro de funcionários, com o corte de cerca de 800 postos de trabalho de tripulantes, para reduzir custos. O programa de demissão voluntária se encerra na quarta-feira (21/08).

Nesta terça-feira, representantes das maiores empresas aéreas brasileiras se reuniram com o ministro da Secretaria Aviação Civil, Wellington Moreira Franco, para discutir a situação do setor.

A Abear, associação que reúne TAM, Gol, Avianca e Azul, pediu desoneração de PIS/Confins para o setor aéreo, ampliação de subsídio a tarifas aeroportuárias e unificação da alíquota de ICMS sobre o querosene de aviação. O ministro afirmou que iria avaliar a situação e tomar uma decisão em 10 dias.



-->
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Avião de pequeno porte cai no mar em Paraty, na Costa Verde do Rio

American Airlines não leva brasileiros para réveillon em Nova Iorque

4 ficam feridos em pouso brusco de helicóptero na plataforma da Petrobrás